Vanhoni prefere consenso a prévias no PT

por Elizabete Castro, via O estado do Paraná

Deputado federal à‚ngelo Vanhoni visitou ontem a Assembleia. Foto: Everson Bressan.

Apontado como pré-candidato do PT à  prefeitura de Curitiba, o deputado federal à‚ngelo Vanhoni disse nesta segunda-feira, 8, que o partido deve esgotar todas as negociações para um consenso antes de realizar uma prévia para escolher o nome que o representará nas eleições do próximo ano. “Mesmo defendendo a prévia como um valor democrático, entendo que o melhor é buscar a unidade em torno de uma candidatura”, disse Vanhoni.

Ele acha que a prévia, prevista no estatuto do PT quando há mais de um candidato para um determinado cargo eletivo, em algumas situações, acaba enfraquecendo o partido.

“O setor que perde tem dificuldade para superar o processo e apenas um setor do partido se envolve integralmente na eleição”, observou.

Vanhoni disse que não há consenso sobre a candidatura própria no PT de Curitiba e que, nesta fase, o que se tem são “conversas” e as pré-candidaturas dos deputados Dr. Rosinha e Tadeu Veneri. Embora resista em se declarar como pré-candidato, Vanhoni é partidário da tese da candidatura própria. Ele observou que terá tempo para decidir já que o processo de definição sobre os rumos do partido na eleição de 2012 ainda não foi aberto oficialmente e que estão à  mesa outras teses.

Entre elas, uma aliança para apoiar uma possível candidatura do deputado federal Ratinho Junior pelo PSC, ou ainda, o apoio a Gustavo Fruet, se ele se filiar ao PDT para concorrer à  prefeitura. E até mesmo há uma ala que defende um acordo com o PMDB, que acena com a candidatura do ex-deputado estadual Rafael Greca. “O quadro político é complexo”, definiu o deputado, que disputou a prefeitura de Curitiba por três vezes.

Na próxima quinta-feira, 19, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, virá a Curitiba para conversar com filiados e lideranças sobre o processo eleitoral de 2012. No dia seguinte terá uma conversa com todos os pré-candidatos, em Curitiba.

Comentários encerrados.