Ratinho Júnior diz ‘não’ a Beto Richa

Ratinho Júnior (PSC) reafirma candidatura.

O deputado federal Ratinho Júnior, presidente do PSC do Paraná, esteve reunido ontem à  tarde com o governador Beto Richa (PSDB).

O tucano sondou sobre a possibilidade de Júnior compor a vice na chapa do prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB), que concorrerá à  reeleição em 2012.

O deputado do PSC, também pré-candidato, deixou claro ao governador que não pretende abrir da disputa eleitoral do ano que vem.

O grupo de Beto e Ducci cogitou a possibilidade de oferecer a vice para Ratinho Júnior para tirá-lo da disputa e dar um importante reforço político para a chapa de Ducci.

Deixei claro que não passa pela minha cabeça ser candidato a vice e que estou trabalhando para ser o candidato da base da presidente Dilma Rousseff, buscando o apoio de PT e PDT, entre outros partidos!, disse Ratinho Júnior, colocando-se, consequentemente, como adversário de Beto para o pleito do ano que vem.

Ao descartar a possibilidade de ser vice, Ratinho diz que atende à  orientação da direção nacional do partido e da base municipal da legenda, que pretende lançar chapa completa para a Câmara Municipal, o que necessita de um candidato a prefeito para garantir a eleição de vereadores!. Ele diz que vê espaço para lançar seu nome mesmo com as pré-candidaturas já colocadas de Ducci e de Gustavo Fruet (sem partido).

Há espaço. Não é saudável que o debate, em uma cidade importante como Curitiba, fique restrito a duas candidaturas de peso. Vou falar com o Osmar Dias (PDT) e com a Gleisi Hoffmann e o Paulo Bernardo (PT), pois sei que posso representar bem como candidato do governo federal. Mas isso não depende só de mim, então, vou viabilizar minha candidatura independentemente disso!, disse o deputado.

Apesar de estarem em caminhos opostos na capital. Ratinho disse que PSC e PSDB podem ser aliados em outros municípios, como Cascavel, Londrina e Foz do Iguaçu.

Em Brasília, PSC e PSDB estão em lados opostos, mas em muitas cidades poderemos estar juntos. As características regionais permitem isso. Em Cascavel, por exemplo, nosso deputado Leonaldo Paranhos pode ser candidato com apoio do PSDB!, disse.

Com informações de Roger Pereira, via O Estado do Paraná.

Comentários encerrados.