PT divulga documento com apoio a medidas de Dilma contra corrupção

do G1

O PT divulgou neste domingo (7) no site do partido a resolução política aprovada na reunião do diretório nacional do partido, realizada na última sexta (5), no Rio de Janeiro.

Intitulado “O Brasil frente à  crise atual do capitalismo: novos desafios”, o documento atribui ao “ideário e ao programa neoliberal” a crise econômica e o desemprego nos Estados Unidos e na Europa e afirma que o Brasil construiu uma “alternativa ao neoliberalismo”.

No plano interno, o partido defende uma reforma política capaz de “modernizar nosso sistema político”; o “compromisso com a abertura de arquivos [do regime militar] e o direito à  verdade”; a “democratização dos meios de comunicação”; e o apoio “à s medidas que o Governo Dilma – dando continuidade ao que fazia o governo Lula – adota contra a corrupção”.

Crise internacional

A resolução do diretório nacional do PT afirma que o aumento do desemprego e da exclusão social no mundo é resultado de políticas que, segundo o partido, provocam desregulamentação e reduzem a influência do Estado na economia.

“A crise, cujos desdobramentos ainda precisam ser mais bem conhecidos, está associada ao ideário e ao programa neoliberal que, em linhas gerais, nos últimos 40 anos construiu hegemonia preconizando a redução do papel do Estado na economia, a desregulamentação financeira, a redução de direitos sociais e reformas fiscais coerentes com essa perspectiva, voltadas a ampliar a chamada liberdade de mercado e os lucros”, diz o texto.

Segundo a resolução, “a conseqà¼ência disso é o aumento do desemprego, da exclusão social e da xenofobia. O conjunto de medidas adotadas na Europa, e agora nos EUA, para salvar os bancos, aprofunda esse ideário e essa crise, e por isso, além de não trazer soluções duradouras, ainda aumenta a incerteza social e política”, diz o texto.

“Outra parte do mundo, na qual se inclui o Brasil, rejeitou o neoliberalismo como perspectiva para seus povos e nações. Com vitórias históricas contra a direita, a maior parte dos governos latino-americanos !“ sobretudo na América do Sul – tem percorrido orientações progressistas, visando promover crescimento econômico, geração de empregos e distribuição de renda, justiça social e democracia, fortalecendo a um só tempo a soberania dessas nações e a integração latino-americana.”

Brasil

A resolução assinala ações do governo que, de acordo com o partido, resultaram em crescimento econômico, controle da inflação, ampliação do mercado interno e distribuição de renda.

Segundo o diretório nacional, o partido defende o fortalecimento da indústria nacional e dá apoio ao Plano Brasil Maior, lançado na última terça (2) pela presidente Dilma Rousseff. O plano oferece incentivos à  produção de setores da indústria.

O partido afirma que, em um congresso extraordinário, pretende traçar uma tática eleitoral, definir uma política de alianças e estabelecer um calendário para a escola de candidatos para as eleições municipais de 2012.

A reforma do estatuto do partido, segundo o documento, será discutida no Congresso do PT, programado para o período entre 2 e 4 de setembro, em Brasília.

Comentários encerrados.