PMDB de Londrina decide que é oposição ao prefeito Barbosa Neto

por Alexandre Sanches, via O Diário

Após mais de três horas de debates e discussão em torno de um requerimento do deputado estadual Luiz Eduardo Cheida, o PMDB decidiu que é oposição ao governo Barbosa Neto (PMDB) na noite desta quarta-feira (10). Também ficou definido que o vereador Tito Valle, único representante do partido na Câmara Municipal, deverá votar, a partir de agora, favoravelmente a todas as matérias que investiguem irregularidades.

De acordo com o Cheida, em entrevista à  reportagem de odiario.com, através de ofício encaminhado na última semana ao diretório municipal em Londrina, ele solicitou a reunião para que fosse definido o posicionamento político do PMDB em Londrina e, principalmente, do vereador Tito Valle.

“Até então, alguns filiados defendiam um PMDB independente nas questões da cidade. Só que ela está caindo aos pedaços. E independência neste momento significa ficar em cima do muro”, afirmou o deputado que vê nesta posição o futuro do partido nas eleições municipais de 2012. Ele, inclusive, seria um dos pré-candidatos do partido ao cargo de prefeito.

Cheida informou que a reunião foi demorada, pois houve um amplo debate em torno da proposta de resolução apresentada por ele. Entre os filiados presentes, o presidente do diretório municipal, Leonilson Jaqueta, e o vereador Tito Valle.

“Todos puderam falar e colocar o seu ponto de vista. Mas no final ficou definido que o partido é oposição e que o vereador terá que votar favorável à s matérias que investiguem denúncias de irregularidades, sob pena de ser enquadrado nas questões regimentais do partido”, salientou, lembrando que Tito Valle pode até perder o mandato caso contrarie a decisão do diretório.

A reportagem procurou o vereador Tito Valle para comentar a decisão do partido, mas ele não atendeu aos telefonemas.

Comentários encerrados.