O real motivo da fuga de Derosso: os “malditos” oficiais de Justiça

Derosso foge da notificação do deputado federal Rubens Bueno.

Estupefato, o mundo político quis saber esta semana o motivo das ausências de João Cláudio Derosso (PSDB) nas sessões da Câmara Municipal de Curitiba — entidade que ele preside com mão de ferro há 14 anos.

Seria medo de enfrentar o debate com os colegas que o investigarão numa CPI? Não, caro leitor, não se trata disso.

Derosso estaria fugindo de oficiais de Justiça que tentam notificá-lo desde o dia 18 de agosto de um mandado de segurança concedido ao deputado federal Rubens Bueno (PPS).

Segundo o advogado Luiz Fernando Pereira, que representa Bueno, o mandado de segurança obriga Derosso abrir os procedimentos licitatórios que resultaram na contratação das agências de publicidade Oficina da Notícia Ltda! e Visão Publicidade!, cópia de contratos, de aditivos e empenhos, notas fiscais de fornecedores e demais documentos.

A Justiça havia concedido cinco dias para que o vereador tucano fornecesse os documentos ao homem do voto limpo.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ser citado e horrivel,fugir da justiça e pior ainda vereador presidente…