No Paraná, registro do PSD bate na trave

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não acatou o registro do Partido Social Democrático (PSD) no Paraná. O pedido de impugnação partiu do DEM e PTB, que questiona as assinaturas coletas para a fundação do novo partido. Além disso, argumentam que a legenda de Kassab não pode ser recriada porque já existiu na década de 40 e foi extinto na ditadura militar.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. aqui em pato branco tinha um cidadão chamado guto silva se gabando que seria presidente do psd agora ta com uns papo que o
    governador beto richa não que que ele saia do dem o povo não e burro seu guto pare de menti e feio teu pai e tua mãe são ´professor fica feio

  2. KALUNGA!!!!! quer dizer netao que a justiça terá q avaliar quais sao verdadeiras e quais sao falsas? vc diz q coletou 4x mais…. um partido que ‘começa’ assim , imagine o que acontecerá depois…… lamento por pessoas como o dep Sciarra ter embarcado numa canoa furada dessas….

  3. ola Esmael, quer dizer que o tao falado PSD nao vai ser criado para as eleicoes de 2012, isso e definitivo

  4. Tudo o que começa aparentando que não vai dar certo, dá errado…

  5. O PSD do Paraná apresentou ao TRE o número de assinaturas 4 vezes maior do que a legislação exige. Sendo assim, o registro será tranquilo. O TRE de Santa Cataria já registrou o PSD e desconsiderou essas mesmas alegações do DEM e do PTB