Estudantes adiam protesto contra Derosso

As lideranças do movimento estudantil – UPE e UPES – decidiram nesta noite adiar a manifestação que ocorreria amanhã pela investigação do presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Cláudio Derosso (PSDB), acusado de cometer irregularidades em contratos de publicidade.

Os dirigentes das duas entidades estudantis dizem que querem ampliar o movimento envolvendo outras organizações da sociedade civil.

As condições climáticas também contribuíram para o adiamento do protesto. A metereologia prevê mais chuva e frio nas próximas horas.

UPE e UPES devem se reunir ainda nesta semana com a coordenação do Movimento Fora Derosso para definir nova data. Tudo indica que ficará para depois do feriadão.

Derosso agradece.

Comentários encerrados.