Em Brasília o PSDB é tigrão e no Paraná é tchutchuquina?

O PSDB afirma que conseguiu as 27 assinaturas necessárias para abrir uma CPI no Senado para investigar supostas irregularidades no Ministério dos Transportes.

O senador Alvaro Dias, líder tucano na Casa, teve papel destacado no trabalho de coleta de apoios.

Até aí tudo bem, faz parte do jogo democrático. Oposição tem que fazer barulho mesmo. Quem não tem nada a esconder não precisa nada temer.

O que chama a atenção é que o mesmo PSDB que age como tigrão em Brasília se comporta como uma tchutchuquinha no Paraná, especialmente em Curitiba, onde os tucanos chafurdam na lama.

Quero aqui reconhecer que Alvaro Dias não comunga na mesma paróquia do governador Beto Richa e do presidente da Câmara Municipal, João Cláudio Derosso, embora todos eles do mesmo ninho, mas trata-se de um partido nacional.

Que tal o senador, líder do PSDB, defender publicamente a instalação da CPI na Câmara de Curitiba? Indícios de irregularidades há aos montes.

Seria uma baita diferenciação, uma espécie de separação do joio do trigo, um gesto contra a bandalheira.

Com a palavra o senador Alvaro Dias.

Comentários encerrados.