“Derosso não tem condições éticas de conduzir a Câmara”, diz presidenta do PT

A presidenta do PT de Curitiba, Roseli Isidoro, disse nesta segunda-feira (29) que os partidos de oposição vão pedir o afastamento do vereador João Cláudio Derosso (PSDB) da presidência da Câmara porque “ele não tem mais condições éticas de continuar no cargo”.

Segundo Roseli, de acordo com o regimento interno da Câmara, é o presidente quem indica os membros e os critérios para a proporcionalidade na CPI.

“Como Derosso vai interferir na constituição de uma comissão que vai investigá-lo?”, questiona a petista.

A dirigente informa que, caso o tucano não saia espontaneamente, os partidos vão recorrer à  Justiça. O ex-vereador André Passos está advogando nesta causa para o Movimento Fora Derosso.

Comentários encerrados.