Derosso depõe no TJ sobre os fantasmas da Câmara

O presidente da Câmara de vereadores de Curitiba, João Cláudio Derosso (PSDB), está depondo nesta tarde (26) na Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público, do Tribunal de Justiça (TJ), desde à s 14 horas.

Derosso está tentando explicar ao promotor de Justiça, Dr. Paulo Ovídio dos Santos Lima, como foram as contratações de quatro funcionários fantasmas da Assembleia do Paraná pelo Legislativo municipal.

Entre os contratados pela Câmara está João Leal de Mattos, acusado pelo Ministério Público do Paraná (MP) de ser um dos operadores do esquema de desvio de dinheiro da Assembleia que ficou conhecido como Diários Secretos. O esquema, segundo o MP, desviou pelo menos R$ 200 milhões dos cofres públicos.

Da Câmara de Curitiba, Mattos teria recebido salários totais R$ 400 mil.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. de………so……..cu……..pem…..a…..rei……to…..ria…………pauta do negocio e cacetete companheiros não acreditem!!!

  2. E o Betour mandando prender o Oliveira da Ambulância…