Campagnolo agradece votos obtidos na eleição da Fiep

* Presidente eleito pede união do setor industrial paranaense

O industrial Edson Campagnolo, presidente eleito da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), enviou nesta sexta-feira (5) uma carta a todos os 99 sindicatos empresariais filiados à  entidade. Eleito com ampla maioria !“ 76,6% dos votos válidos !“ Campagnolo agradece o apoio recebido e pede a união de todas as instituições sindicais para a defesa dos interesses do setor industrial paranaense.

Foi uma vitória de todos nós, sindicatos empresariais, pela independência e autonomia de nossa entidade!, diz o novo presidente da Fiep, eleito na última quarta-feira (3).

Campagnolo agradece as sugestões e contribuições feitas pelos sindicatos durante o processo eleitoral e, principalmente, ressalta a importância de os filiados terem escolhido pela manutenção de uma Fiep democrática, profissionalizada, livre, articulada e independente.

Sinto-me feliz, honrado e extremamente satisfeito com essa conquista. Principalmente pelo que ela representa: um caminho amplo para a defesa dos interesses da indústria e fortalecimento de nossos sindicatos!, declara Campagnolo para, em seguida, pedir a união de todos os sindicatos em torno do trabalho que será realizado pela próxima gestão da Fiep.

Logo será a hora de entrarmos em ação e colocarmos nossas propostas em prática. Uma vez mais contarei com a sua presença e envolvimento. Afinal, seremos nós, juntos, os que estaremos no comando da Federação, pelos próximos quatro anos!, conclui.

Cooperação com o governo !“ Após a eleição, Edson Campagnolo também tem deixado claro, em todas as suas declarações públicas, que em seu mandato a Fiep manterá uma relação de estreita cooperação com as diferentes esferas de governo !“ federal, estadual e municipais. Mas o industrial reforça que a Federação, acima de tudo, manterá sua independência.

Queremos ser parceiros e cooperar com o poder público, mas sem subordinação!, afirmou.

Campagnolo lembrou que a Fiep já mantém uma série de ações em parceria com diferentes secretarias do governo do Estado. A intenção, nos próximos quatro anos, é não só mantê-las como ampliá-las.

Nossa entidade vai ser sempre parceira deste governo e dos próximos. As pessoas passam, mas as instituições ficam!, destacou o industrial.

Edson Campagnolo assume a presidência da Fiep em solenidade marcada para 3 de outubro. Até lá, o industrial se ocupará da transição da diretoria da entidade. Assim que for empossado, Campagnolo começará a colocar em prática o Plano de Gestão proposto pela chapa Fiep Independente, construído em conjunto com os sindicatos empresariais filiados à  Federação.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Parabens para o companheiro Edson Campagnolo pela vitoria maiuscula, ganha a FIEP,a INDUSTRIA do Nosso Estado, ganha os SINDICATOS. Um recado foi dado = A FIEP é dos empresarios =