Câmara nega 1!º pedido de afastamento de Derosso

* Femotiba também protocolou pedido de impeachment

A procuradoria jurídica da Câmara Municipal de Curitiba negou pedido da vereadora Renata Bueno (PPS) para afastar o presidente da Casa, João Cláudio Derosso (PSDB), pelo período de 90 dias.
O parecer divulgado ontem à  noite diz que o afastamento é ilegal porque a parlamentar baseou o pedido em lei da época da ditadura militar.

Além do pedido de Renata Bueno negado ontem, a Câmara tem ainda que analisar outro de impeachment formulado pelo presidente Federação dos Moradores de Curitiba (Femotiba), Edson Feltrin.

No último dia 21 de julho, a Femotiba protocolou pedido de impeachment na Câmara. Cópia do documento foi entregue ao vereador Sabino Picoli (DEM), que estava no exercício da presidência do legislativo.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. enquanto meia duzia que tem brios e carater tentam justificar a vontade popular, os canalhas continuam barrando a tudo e a todos.

  2. Essa Câmara é uma piada. Não acredito que a maioria governista queira de fato apurar as denuncias que pesam contra Derosso…

  3. Tá dominado, tá tudo dominado. Pôneis Malditos!