Câmara de Campinas cassa o mandato do prefeito

da Agência Brasil

A Câmara Municipal de Campinas decidiu, na madrugada de hoje (20), cassar o mandato do prefeito Hélio de Oliveira Santos, do PDT. Em sessão que durou mais de 44 horas, 32 vereadores votaram pela cassação e apenas um foi contra: Sérgio Benassi (PCdoB).

Os vereadores entenderam que o prefeito Hélio de Oliveira Santos está envolvido nas fraudes descobertas em contratos da Sociedade de Abastecimento de àgua e Saneamento de Campinas (Sanasa), em irregularidades em loteamentos imobiliários e em ilegalidades no modelo de operação das antenas de celulares da cidade. Todos esses casos estão sendo investigados pelo Ministério Público (MP).

Ao final da sessão, por volta das 5h, o presidente da Câmara, Pedro Serafim Junior (PDT), assinou o decreto que afastou o prefeito e nomeou o vice-prefeito, Demétrio Villagra, do PT.

Não estou feliz com o que aconteceu, porque isso não se faz com ninguém. Mas tenho confiança de que a cidade vai se recuperar!, disse Serafim Junior, de acordo com comunicado da Câmara. “Campinas é muito maior que essa crise.!

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O nosso amigo é azarado mesmo….