Assembleia aprova ampliação da Região Metropolitana de Curitiba

Deputado Toninho (PT).

A Assembleia aprovou nesta quarta-feira (17) em primeira discussão o projeto que amplia a RMC. O projeto de autoria dos deputados Toninho Wandscheer (PT), Reinhold Stephanes Júnior (PMDB) e Anibelli Neto (PMDB), inclui os municípios de Campo do Tenente, Piên e Rio Negro na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Por não fazerem parte da Região Metropolitana, Rio Negro, Piên e Campo do Tenente acabam sendo prejudicados no repasse de verbas federais e deixam de ter o mesmo atendimento que os outros municípios que compõe a RMC, hoje composta por 26 cidades!, disse o deputado Toninho.

A proposta precisa passar por mais uma votação. Se o projeto for aprovado e sancionado pelo Governo do Estado, a RMC será composta por 29 cidades: Curitiba, Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Quitandinha, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu concordo, pois esses 03 municipios estão esquicidos, então são os ultimos da divisa do estado, precisam ser incluidos pela sua geografia e pela necessidade financeiras, pois precisa no minimo de um pouco mais de visão e atenção do estado!

  2. Com todo respeito seu porva e sapobarbudo,mas vossa senhoria não tem nenhum conhecimento,do quanto esses tres municipios que estavam fora da regiao metropolitana estavam sendo prejudicados inúmeros programas sociais do governo federal subsidios altos do programa minha casa minha vida,programas voltados para saude educação e agricultura sómente para municipios da região metropolitana,portanto parabens aos deputados Stephanes,Toninho e Anibelli e demais deputados que votaram a favor dos nossos municipios.

  3. Chiiiiiiiiiiiiiiii !!!, esqueceram de Mafra (SC), já que lá tem Copel ou Sanepar. Ah, também Turvo (SP), onde tem aquela pousada barbuda(só conferir).
    Bom, quem sabe se unir todo o sul do Brasil (RMC do Sul do Brasil) pode- se pensar em um novo País, governado por toda essa “gente decente”.
    Onde é mesmo que caiu uma ponte? Por que não instalam cirenes em toda essa Região Metropolitana de Caos, quem sabe eles vão saber porque devem governar.

  4. Tudo errado!
    Alguém aí acha mesmo que Adrianópolis ou Dr. Ulysses e agora Pien tem alguma coisa a ver com a Região Metropolitana de Curitiba?
    Por favor! Deveriam é ter tirado os municípios que não são conurbados, restringindo a RMC ao que hoje se denomina NUC – Núcleo Urbano Central.
    A RMC deveria ser composta por estes 14 municípios que circundam Curitiba, Almirante Tamandaré, Colombo, Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo e Campo Magro, Itaperuçu e Rio Branco do Sul e só!

  5. Esmael
    Isso é uma tremenda Piada de Mal Gosto.
    Rio Negro está a 100 km de Curitiba.
    Então pq não incluir São Luiz do Purunã e Palmeira, que são bem mais proximo?
    Esse Stephanes JR está de brincadeira, só para proteger sua base!