Amanhã à s 13 horas tem marcha contra a venda da Copel

* Concentração do protesto será na Praça Santos Andrade

Em 2001, estudantes ocuparam a Assembleia contra a venda da Copel.

Dirigentes de movimentos sociais, partidos políticos e funcionários de empresas públicas se concentram amanhã, terça-feira, dia 16, a partir das 13 horas, na Praça Santos Andrade (UFPR), de onde partirão em marcha rumo à  Assembleia Legislativa do Paraná contra a privatização da Copel — a estatal de energia.

A data é emblemática aos paranaenses. Há exatos dez anos, no dia 16 de agosto de 2001, a sociedade civil organizada saiu à s ruas e conseguiu impedir a venda da mais rentável e eficiente empresa de energia do país.

Na época, estudantes e sindicalistas ocuparam a Assembleia durante votação da lei que permitiria a doação do patrimônio público à s empresas estrangeiras.

Neste ano, sob a regência do governador Beto Richa (PSDB), o tema voltou à  baila. Um projeto de lei foi encaminhado à  Assembleia — e retirado momentaneamente da pauta — criando a agência privatizadora dos serviços públicos, tais como Sanepar, Celepar e a estratégica Copel.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. o beto richa quer vender o que não e dele. cassio amigo do ex governador que foi preso em brasilia. não e so o peru que tem fujimore, o parana tambem tem. liberdade de explessão nada pessoal ,mas politico..

  2. A COPEL É DO POVO PARANAENSE, FORA QUEM QUER VENDER O NOSSO PATRIMONIO.

    ESTAMOS NESTA LUTA TAMBÉM-

    LONDRINA-PARANÁ.

    CONSEG-LESTE-LONDRINA E ONG MOPNIB

  3. Não podemos admitir vendas de empresas, que como a COPEL, só nos dão lucro, qual a desculpa, falta de investimentos? É falta de vergonha na cara desses politicos corruptos que com certeza, ganham muito atrás de uma privatização dessas.