Veja essa. Deputado Rangel quer impor “ficha limpa” para candidatos a grêmio estudantil

Rangel quer impor ficha limpa a grêmios estudantis, mas esquece de cuidar da própria Casa.

Parece que os deputados da base de apoio do governador Beto Richa (PSDB) estão perdidinhos da silva. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

O deputado Marcelo Rangel, do PPS, vai apresentar na Assembleia um projeto de lei que impede estudantes que tenham fichas sujas! (advertências, suspensões, etc.) de se candidatarem ao grêmio estudantil.

Esse projeto vai contra o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) porque criminaliza uma questão pedagógica, a indisciplina, e a transforma em penalidade.

Segundo o deputado, o projeto tem como um dos objetivos criar! futuros políticos mais conscientes.

Ao contrário do que pensa o deputado do PPS, a participação da juventude nas organizações ajuda no convívio social.

O problema do projeto do deputado Marcelo Rangel é que os deputados não são os mais indicados para cobrar nada de ninguém, haja vista que são vários os detentores de mandato naquela Casa que respondem a diversos processos, inclusive criminais.

Melhor seria se o deputado se empenhasse mais nas questões da própria ALEP que, como todo mundo sabe, tem problemas enormes.

Comentários encerrados.