TRE livra Richa da inelegibilidade, mas mantém processo de cassação contra Ducci

Prefeito Luciano Ducci (PSB) não consegue se livrar do processo de cassação.

A juíza Luciane do Rocio Custódio Ludovico, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), decidiu em sentença na última sexta-feira (22) excluir o governador Beto Richa e o PSDB do processo de investigação de caixa 2 na reeleição de 2008.

Na mesma representação feita por cinco partidos (PT, PMDB, PSC, PCdoB e PRTB), a juíza manteve a investigação contra o prefeito Luciano Ducci (PSB), que assumiu o cargo com a renúncia de Richa em abril de 2010.

Em 2009, o programa Fantástico, da Rede Globo, divulgou um vídeo que mostrava a campanha reeleitoral (Comitê Lealdade) de Richa/Ducci supostamente comprando apoios de candidatos a vereador do PRTB.

Para a juíza, a demanda contra o tucano perdeu o objeto porque ele não tem mais mandato de prefeito. Richa renunciou a prefeitura para concorrer ao governo do Paraná no ano passado.

O Ministério Público havia dado parecer pela exclusão apenas de Richa do processo, no entanto, a magistrada considerou que “não há sentido em se excluir o candidato sem se excluir o seu partido.”

“Se o candidato não pode ser cassado porque não detém mais mandato, obviamente o partido tem ainda menos interesse em permanecer no polo passivo da ação”, registrou a juíza Luciane do Rocio Custódio Ludovico.

Embora Beto Richa tenha sido livrado do processo de inelegibilidade, a juíza enxergou indícios de crime praticado pelo então candidato do PSDB à  reeleição na prefeitura. Por isso, ela remeteu os autos para as providências do Ministério Público Federal.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. AHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Será que existe ainda algum orgão nessa provincia que não tenha sido corrompido?

    Quer melhor prova CONTRA Chefe da gang (anarfaBETO), veja no YOUTUB.

    Curitiba capital da mentira e agora da impunidade.

    VERGONHA.

  2. Essa visão da juíza é mais ou menos assim, o cara matou, mais na epóca ele era sargento, agora como ele é Coronel não precisa responder pelos seus erros , que visão mais rídicula.

  3. beto e o dono do parana ,essa devolução de documentose a forma de extição do processo ,opinião. mas se beto fosse do pt tava em mal lençóis.