Rangel e Plauto estão empatados em Ponta Grossa, diz Paraná Pesquisas

Plauto e Rangel devem polarizar a disputa em Ponta Grossa.

Um levantamento da Paraná Pesquisas sobre a disputa eleitoral em Ponta Grossa, realizado entre os dias 11 e 14 de julho, aponta empate técnico entre os deputados estaduais Marcelo Rangel (PPS) e Plauto Miró (DEM).

Rangel tem 25,36% das intenções de votos e Plauto alcançou 22,86%, o que configura empate técnico dentro da margem de erro de 4% da pesquisa que entrevistou 560 eleitores do município.

Num eventual confronto no segundo turno, Rangel venceria Plauto por 47,14% a 39,64%.

A Paraná Pesquisas também simulou o enfrentamento de Plauto com o deputado federal Sandro Alex (PPS), irmão de Rangel, mas, segundo informações coletadas pelo blog, o parlamentar teria dificuldades políticas de abandonar a Câmara para disputar a prefeitura de Ponta Grossa.

“Sandro Alex foi eleito deputado federal porque havia um clamor na cidade para que tivéssemos um genuíno representante em Brasília. Se ele deixar o mandato para tentar a prefeitura o desgaste será muito grande”, avalia uma fonte do blog no município.

Num dos cenários, Alex aparece com 26,17% e Plauto com 22,5%. No segundo turno, o deputado federal do PPS bateria o primeiro-secretário da Assembleia por 48,4% a 39,11%.

O deputado estadual Péricles Mello está em terceiro lugar nos dois cenários pesquisados pela Paraná Pesquisa. Quando o candidato é Rangel, o petista atinge 19,11%, mas cai para 18,21% se o nome do PPS for Alex.

A ausência do ex-deputado estadual Jocelito Canto (sem partido) na disputa, declarado inelegível pela Justiça Eleitoral, beneficia Plauto.

Clique aqui para ver a pesquisa na íntegra.

Comentários encerrados.