Picler luta para manter PDT no campo político de Dilma e Gleisi

Picler quer PDT na base de Gleisi.

O presidente em exercício do PDT de Curitiba, professor Wilson Picler, tem se destacado por rechaçar quaisquer tentativas de aproximação do partido ao PSDB.

A luta de Picler chegou esta semana aos ouvidos da superministra Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná em 2014, e aos do presidente nacional da agremiação Carlos Lupi, ministro do Trabalho.

Para manter o PDT curitibano no campo político da presidenta Dilma Rousseff e da ministra Gleisi, o ex-deputado Picler mostrou disposição de buscar a vice de Ratinho Júnior, pré-candidato a prefeito de Curitiba pelo PSC, caso Gustavo Fruet permaneça no PSDB.

A atitude do Grandalhão causou azia em alguns militantes do PDT, que juram preferir uma candidatura própria em qualquer hipótese.

Como é sabido por todos, os vereadores do PDT da capital preferem a companhia do prefeito Luciano Ducci (PSB), que buscará a reeleição ano que vem; a maioria dos deputados estaduais do partido, por sua vez, está apaixonada! pelo governador Beto Richa (PSDB) !“ aliado de Ducci.

Alguns pedetistas ainda sonham tirar Fruet para dançar uma valsa. No entanto, o moço se faz de difícil. à€s vezes dá uma piscadela para cá, outras vezes joga um charme para lá, e assim segue no baile à  espera de um par perfeito.

Enquanto isso, na política real, o mundo gira e lusitana roda.

Comentários encerrados.