Petistas vão à  Justiça contra as fotocópias mais caras do mundo

A bancada do PT na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) anunciaram nesta tarde que vão acionar o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado contra o que considera “as fotocópias mais caras do mundo” contratadas, sem licitação, pelo governo Beto Richa (PSDB).

A bronca dos petistas é com o contrato n!º 01/2011, da Secretaria de Administração, assinado em 18 de maio de 2011, que contratou serviços de fotocópia pelo período de seis meses, em caráter emergencial, sem licitação pela bagatela de R$ 5, 7 milhões.

Os deputados do PT estranham o fato de o Estado pagar R$ 0,11 por fotocópia monocromática o estado paga R$ 0,11 enquanto a ALEP paga R$ 0,04 pelo mesmo serviço.

Os deputados Enio Verri, Luciana Rafagnin, Tadeu Veneri, Péricles de Mello, Toninho Wandscheer, Professor Lemos e Elton Welter suspeitam de superfaturamento, que favorece a empresa Hprint Reprografia e Automação de Escritórios Ltda.

Comentários encerrados.