Petistas ensaiam apoio a Fruet

Daqui a pouco, à s 10 horas, o ex-deputado federal Gustavo Fruet anunciará desfiliação do PSDB.

O ex-tucano não deverá anunciar imediatamente o partido que escolheu para disputar a prefeitura de Curitiba no ano que vem. Entrará em “quarentena” política.

Gustavo Fruet ingressará no PDT de Osmar Dias com as bênçãos dos ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo.

A vinda do ex-deputado para o campo político da presidenta Dilma anima uma ala do PT, que já pensa inclusive numa vice do moço.

A questão é: será que Fruet buscaria uma composição com os petistas no primeiro turno? A resposta é não.

Correligionários garantem que o pré-candidato a prefeito tem interesse nos companheiros somente no segundo. Eles avaliam que essa união poderia gerar uma possível rejeição, pois, quando deputado, Fruet foi um dos que mais combateu o governo Lula.

Portanto, Fruet e PT só serão vistos juntos no segundo turno.

Comentários encerrados.