Candidatura de Barros à  Fiep naufraga

A bola era a única companhia de Tom Hanks no filme 'O náufrago".

O político Ricardo Barros, do PP, ao que parece, não está conseguindo êxito na empreitada de tomar a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Na quinta-feira (21), o ex-deputado e secretário da Indústria e Comércio deslocou-se até Ponta Grossa, nos Campos Gerais, com o objetivo de arregimentar apoios.

Pois bem. Cinco pessoas atenderam ao chamado de Barros. Dessas, apenas uma era presidente de sindicato, portanto, com direito a voto na eleição da entidade no dia 3 de agosto.

Você acha que acabou? Nada. Na quarta (20), um jantar da chapa “Nova Fiep”, no buffet Ilha do Mel, na capital, reuniu a impressionante quantia de quatro pessoas.

Do outro lado da rua, o presidente da Fiep, Rodrigo Rocha Loures, vai fechando a gestão com chave de ouro. Logo mais, à s 20 horas, ele recebe 500 empresários em jantar de homenagem à  ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil).

Pelo jeito, a candidatura de Barros já naufragou.

Comentários encerrados.