31 de julho de 2011
por esmael
8 Comentários

Justiça do Paraná é a que mais censura no País

* Em dois anos, 17 casos de censura judicial no País

via O Estado de S. Paulo

Richa é o maior beneficiário com a censura no Paraná.

Nos últimos dois anos, desde que foi decretada a mordaça contra o Estado, houve no Brasil ao menos mais 17 casos de censura judicial a veículos de comunicação, de acordo com dados da Associação Nacional de Jornais (ANJ), da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). Em sua maioria, a censura atinge jornais ou blogs de jornalistas na internet. Leia mais

30 de julho de 2011
por esmael
3 Comentários

Dilma cogita demitir ministro Jobim

da Folha.com

A presidente Dilma Rousseff constrangeu ontem o ministro da Defesa, Nelson Jobim, ao tratá-lo de forma protocolar durante evento oficial no Palácio do Planalto.

Ela avalia a possibilidade de demiti-lo da pasta após Jobim declarar publicamente à  Folha e ao UOL ter votado no tucano José Serra na eleição presidencial de 2010.

Dilma ficou irritada com a declaração. Cogitou demitir Jobim, mas preferiu não fazer isso já. No governo avalia-se que, se o ministro tivesse pedido demissão, ela teria aceito na hora.

30 de julho de 2011
por esmael
1 Comentário

Gleisi diz que chorou ao receber convite de Dilma

por Marina Caruso, na Marie Claire

Tailleur de tweed, colar de pérolas, escarpim de verniz. São 8 horas da quinta-feira 28 de julho, e a ministra Gleisi Hoffmann está sendo maquiada em seu gabinete, no Palácio do Planalto. à‰ o início de mais um dia na agenda da mulher que assumiu a Casa Civil do governo Dilma, em meio a sua primeira grande crise, provocada pela demissão do ex-ministro Antonio Palocci. Convite feito, Gleisi conversou com o marido, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. “Eu dizia: “Paulo, tenho dúvidas. Não me sinto preparada”. Mas ele me pedia para refletir”, afirma a ministra. “Naquela noite, eu chorei. Chorei mesmo. Era muita responsabilidade.” Decidida a recusar o cargo, Gleisi foi então se encontrar com a presidente Dilma Rousseff. Saiu do gabinete presidencial como a ministra mais poderosa do governo Dilma, função que exerce há quase dois meses.

O que foi fundamental em sua trajetória para transformá-la em chefe da Casa Civil?
Gleisi Hoffmann !“ Duas características foram essenciais na minha vida: determinação e disciplina. Meus pais me deram isso. Eles sempre foram rígidos na educação e nos impuseram humildade. Minha mãe criou a mim e a meus três irmãos (Bertoldo, Juliano e Francis) praticamente sozinha. Meu pai era comerciante e viajava muito. Não tínhamos empregada e éramos uma família de classe média baixa. Para que a casa ficasse em ordem, todo mundo ajudava.

“O DIABO MORA NOS DETALHES”

Quais são as virtudes femininas em cargo de comando?
Gleisi !“
Acho bárbaro quando os homens dizem que nós nos preocupamos muito com os detalhes. Essa é uma avaliação crítica recorrente, inclusive que alguns fazem à  própria presidente. Dizem que a gente fica muito preocupada com detalhe e que temos de pensar no macro. Só que o diabo mora nos detalhes. Então se dedicar para que a coisa dê certo desde o início até o final, cuidando, acompanhando, é uma característica das mulheres. Eu não tenho dúvida que isso vai fazer uma diferença importantíssima na vida pública do país.

Como a cúpula feminina do governo pode ajudar a sanar problemas de gênero como a violência doméstica, a desigualdade salarial, a falta de políticas públicas para a saúde da mulher?
Gleisi !“
Com estímulo a políticas públicas e interlocução com a iniciativa privada. As conquistas nesse campo farão parte de um processo que já está acontecendo. Podemos acelerá-lo e é o que pretendemos.

A presidente Dilma disse ironicamente que está cercada de “homens meigos”. Como a senhora lida com esses homens?
Gleisi !“
Ela fez uma brincadeira por acusarem-na de ser dura e firme. Aliás, esses atributos são considerados normais em um homem. Por que as mulheres têm de ser frágeis e meigas no comando? Liderança exige determinação e firmeza, independentemente do sexo.

“NàƒO ME ATRAI UMA ATITUDE HEROICA”

Com sua nomeação, as atribuições da Casa Civil diminuíram. Sente-se desprestigiada em relação aos antecessores?
Gleisi

29 de julho de 2011
por esmael
17 Comentários

Derosso reforça a segurança e critica “traíras” tucanos

Para Derosso, PSDB virou um ninho de cobras.

O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), decidiu que pedirá reforço à  Polícia Militar para fazer a segurança da Casa na segunda-feira (1), quando será realizada uma manifestação organizada por seis partidos (PT, PMDB, PSC, PV, PCdoB e PDT) e movimentos sociais. Leia mais

29 de julho de 2011
por admin
3 Comentários

Vinte novos partidos buscam registro na Justiça Eleitoral, diz TSE

Do G1

Ao menos 20 partidos políticos buscam registro na Justiça Eleitoral, informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base em levantamento realizado em parceria com os tribunais regionais eleitorais (TREs) e divulgado nesta sexta-feira (29).

Segundo o TSE, a legislação exige que os partidos obtenham o registro ao menos um ano antes das eleições à s quais pretendem concorrer. Para os partidos que pretendem concorrer à s eleições de 2012, marcadas para 7 de outubro, o registro deve ser concedido pelo TSE nos próximos 70 dias.

De acordo com a legislação que regulamenta os partidos políticos, a nova legenda deve ter apoio de no mínimo 0,5% dos eleitores, em pelo menos nove estados, que tenham votado para deputado federal nas últimas eleições.

O apoio deve ser comprovado por assinatura acompanhada do número do título eleitoral. Se considerada a eleição de 2010, o número de assinaturas que a nova legenda deve arregimentar é de aproximadamente 490 mil.

Novas legendas

29 de julho de 2011
por esmael
4 Comentários

Vereadores reunidos para avaliar denúncias contra Derosso

O líder do governo municipal na Câmara, vereador João do Suco (PSDB), convocou nesta sexta (29) uma reunião de emergência com a base. Está acontecendo neste momento. Um dos pontos na pauta são as recentes denúncias contra o presidente da Casa, João Cláudio Derosso (PSDB), acusado de favorecer a esposa em contrato de publicidade. Coisa de R$ 30 milhões. Leia mais

29 de julho de 2011
por esmael
Comentários desativados em Governo vai pedir ajuda de hackers para não ter mais sites atacados

Governo vai pedir ajuda de hackers para não ter mais sites atacados

da Agência Estado

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, anunciou hoje que o governo vai procurar a comunidade de hackers para pedir ajuda na construção do projeto Aquarius, que se destina a promover segurança cibernética de dados no Brasil. De acordo com Mercadante, há mais de 21 bilhões de operações financeiras que transitam na rede no País.

O tráfego aéreo também necessita de segurança constante. Em vez de criminalizar os hackers, o governo tentará um acordo para que colaborem na construção desse projeto, que será desenvolvido no Centro de Defesa Cibernética do Comando do Exército.

“Não podemos confundir hackers éticos com os crackers, que são piratas destruidores que atuam na rede. Os hackers, ao contrário, são colaboradores do País. O que eles querem é mais transparência e mais eficiência do governo, e isso nós também queremos. Eles são jovens talentosos, não podemos criminalizá-los”, disse o ministro.