Blog do Esmael Blog do Esmael Blog do Esmael

9 de julho de 2013
por esmael
17 Comentários

Por que a CPI dos Pedágios somente no apagar das luzes?

Diversas entidades e partidos políticos planejam um marcha, em agosto, para pressionar a instalação da CPI do Pedágio na Assembleia; a mãe de todas as CPIs tem o apoio da poderosa Fiep, que também defende a instalação do "Pedagiômetro" nas praças de arrecadação; no embate travado entre Luersen e Cheida, venceu o bom senso, ou seja, a abertura da comissão de inquérito para investigar a principal caixa-preta! no governo do tucano Beto Richa.

Diversas entidades e partidos políticos planejam um marcha, em agosto, para pressionar a instalação da CPI do Pedágio na Assembleia; a mãe de todas as CPIs tem o apoio da poderosa Fiep, que também defende a instalação do “Pedagiômetro” nas praças de arrecadação; no embate travado entre Luersen e Cheida, venceu o bom senso, ou seja, a abertura da comissão de inquérito para investigar a principal caixa-preta! no governo do tucano Beto Richa.

Vários setores bateram bumbo e soltaram foguetes ontem, em todo o Paraná, diante da notícia de que, finalmente, a Assembleia Legislativa do Paraná abriria a principal “caixa-preta” do governo do estado ao instalar a CPI do Pedágio.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), anunciou a contragosto que instalará a comissão de investigação no próximo dia 17 de julho — o último dia de sessão antes do recesso parlamentar.

Por que a CPI dos Pedágios somente no apagar das luzes? Só Deus sabe e o bruxo Chik Jeitoso não quis se manifestar sobre isso…

Não era somente o presidente da Assembleia que estava contra a CPI dos Pedágios. O governador Beto Richa (PSDB) também havia fincado ao afirmar a “desnecessidade” da comissão de inquérito.

à‰ certo que os deputados se sentiram pressionados nós últimos dias pelas ruas, invasão de praças de pedágio, protestos com fechamento de rodovias, cobrança do setor produtivo, ameaça de novas manifestações na Assembleia, enfim, tudo conspirou a favor da CPI.

Some-se a isso tudo o questionamento formal do deputado Nelson Luersen (PDT), que coletou 24 assinaturas para a abertura da CPI, acerca do recuo do colega Luiz Eduardo Cheida (PMDB), licenciado da Casa para exercer a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que retirou a subscrição sem poder fazê-lo legalmente.

O pedetista havia levantado em plenário a ilegalidade na dupla função de Cheida, pois, argumentou na tribuna, se o deputado não tinha cadeira, não tinha como retirar. A resposta da mesa tem que ser por escrito, daí vamos avaliar as próximas medidas!, disse no final do mês passado Luersen, adiantando que formularia uma questão de ordem à  mesa executiva da Casa.

Como se vê, o bom senso e a vigilância de Nelson Luersen prevaleceram. Os tucanos e governistas não foram “bonzinhos” ao concordar com a CPI dos Pedágios. Pelo contrário. Foram entubados. Perderam a maioria política na Casa. Portanto, alvíssaras!

9 de julho de 2013
por esmael
29 Comentários

Avaaz avança das petições online para manifestações favoráveis a um novo golpe militar no país

do Brasil 247

A comunidade de petições online Avaaz, que tem entre seus membros no Brasil o ex-secretário Nacional de Justiça Pedro Abramovay, abriga mais de um manifesto que clama por ação das Forças Armadas no país, ainda no calor das manifestações por melhorias no país; "Declaro que é de minha vontade a intervenção das forças armadas na atual crise nacional com fins de restaurar a ordem", diz um dos textos, que quer até declaração de guerra a Cuba "cujo regime é a raiz de todos os problemas que o Brasil atravessa hoje"; Avaaz é a mesma comunidade que coletou milhões de assinaturas pelo impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros, com apoio da velha mídia; a comunidade também colocou no ar, recentemente, uma petição online pela deposição da presidenta Dilma Rousseff.

A comunidade de petições online Avaaz, que tem entre seus membros no Brasil o ex-secretário Nacional de Justiça Pedro Abramovay, abriga mais de um manifesto que clama por ação das Forças Armadas no país, ainda no calor das manifestações por melhorias no país; “Declaro que é de minha vontade a intervenção das forças armadas na atual crise nacional com fins de restaurar a ordem”, diz um dos textos, que quer até declaração de guerra a Cuba “cujo regime é a raiz de todos os problemas que o Brasil atravessa hoje”; Avaaz é a mesma comunidade que coletou milhões de assinaturas pelo impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros, com apoio da velha mídia; a comunidade também colocou no ar, recentemente, uma petição online pela deposição da presidenta Dilma Rousseff.

A expectativa é alta, mas, até a noite desta segunda-feira, das 150 milhões assinaturas esperadas, a proposta por uma intervenção das Forças Armadas “já” no Brasil reunia menos de 200 pessoas. O manifesto publicado pelo site Avaaz menciona o Clube Militar, mas não deixa claro sua origem. Em outro manifesto, que mira apenas 100 mil assinaturas, o número de apoiadores chega perto de 500. Continue lendo →

9 de julho de 2013
por esmael
1 Comentário

O que diz a velha mídia nesta terça

correioJornais do Paraná

Gazeta do Povo: EXPANSàƒO – Alunos de Medicina terão de trabalhar dois anos pelo SUS

Bem Paraná: Governo determina corte de R$ 200 milhões em gastos

Jornal Metro: Richa quer cortar 25% dos gastos

Jornal de Londrina: Devedores de IPTU e ISS começam a ser protestados

Folha de Londrina: PROPOSTA POLàŠMICA – Estudante de Medicina terá que trabalhar no SUS por diploma

O Diário (Maringá): Demissões espontâneas batem recorde em Maringá

Diário dos Campos: Acidentes matam cinco pessoas no fim de semana

Jornal da Manhã: Câmara de Ponta Grossa cobra explicações sobre fura fila na Prolar

Tribuna do Interior: Começa a Festa Nacional do Carneiro no Buraco

O Paraná: Manifestações renovam o ânimo de gestores de sensibilizar União

Jornal Hoje: Crianças são abusadas; uma pode estar grávida

Gazeta do Iguaçu: Dilma confirma curso de Medicina para Foz

Diário do Noroeste: Aluno de medicina terá de trabalhar dois anos no SUS para receber diploma

Tribuna de Cianorte: Promotora desmente prefeitura sobre matéria do PA 24 horas

Umuarama Ilustrado: Governo confirma o curso de Medicina para Umuarama

Tribuna do Norte: Aluno de medicina terá de trabalhar dois anos no SUS

Jornais de outros estados

Globo: “Invasão” americana: Brasil vai à  ONU contra espionagem dos EUA

Folha: Formando de medicina terá de trabalhar dois anos no SUS

Estadão: Estudante de Medicina terá de atuar no SUS; médicos reagem

Correio: Médicos vão à  Justiça e ameaçam com greve

Valor: Cardápio caro derruba receita de restaurantes

Estado de Minas: Receita polêmica para curar o SUS

Zero Hora: Tarso negocia com banco antecipação de R$ 1 bilhão ao RS

8 de julho de 2013
por esmael
11 Comentários

Até o tucano àlvaro Dias defende que o Brasil conceda asilo político a Edward Snowden

àlvaro e Requião se unem em apoio à  concessão de asilo político, pelo governo federal, ao ex-agente da CIA, Edward Snowden, que vazou informação de que os brasileiros eram espionados pelos norte-americanos. Foto: Cadu Gomes.

àlvaro e Requião se unem em apoio à  concessão de asilo político, pelo governo federal, ao ex-agente da CIA, Edward Snowden, que vazou informação de que os brasileiros eram espionados pelos norte-americanos. Foto: Cadu Gomes.

Hoje pela manhã, no meu perfil do Facebook, escrevi que na política, assim como na vida, à s vezes os idiotas cumprem uma função social. Citei o caso dos norte-americanos, que espionavam brasileiros até 2002. O país apoia a presidenta Dilma Rousseff em retaliação à  bisbilhotagem.

Embora os EUA cumpram na atual conjuntura verde-amarela o papel que sempre coube aos idiotas, não acredito que eles sejam tão imbecis.

Agora veja essa: até o tucano paranaense àlvaro Dias, vice-líder do PSDB no Senado, defende que o Brasil conceda asilo político ao ex-agente da Agência Central de Inteligência (CIA), Edward Snowden, que vazou a informação de que Brasília sediava uma central de espionagem norte-americana.

àlvaro faz coro aos também senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Roberto Requião (PMDB-PR), que, em plenário, haviam pedido à  presidenta Dilma concessão de asilo político ao ex-agente da CIA.

De acordo com documentos vazados por Snowden, equipes da CIA e da NSA (Agência de Segurança Nacional) trabalharam em conjunto na capital federal para o monitoramento de milhões de brasileiros via comunicações eletrônicas e telefônicas.

8 de julho de 2013
por esmael
2 Comentários

Pesquisa Gallup mostra que “pau que bateu em Chico também bateu em Francisco”

Mundo político ainda não sabe exatamente porque ocorreram os protestos em todo o país, mas uma coisa é certa: todos os políticos perderam; o pau que bateu em Chico também atingiu Francisco na moringa; uma das manifestantes dá o recado dizendo que não cairá no conto da petição online e avisa que a juventude saiu definitivamente do Facebook para as ruas. (Foto: Freddy Pinheiro).

Mundo político ainda não sabe exatamente porque ocorreram os protestos em todo o país, mas uma coisa é certa: todos os políticos perderam; o pau que bateu em Chico também atingiu Francisco na moringa; uma das manifestantes dá o recado dizendo que não cairá no conto da petição online e avisa que a juventude saiu definitivamente do Facebook para as ruas. (Foto: Freddy Pinheiro).

O instituto de pesquisa Gallup, dos Estados Unidos, divulgou uma sondagem no último dia 26 de junho, em seu site oficial, imediatamente após as manifestações que sacudiram o Brasil.

Os números do Gallup mostram que o “pau que bateu em Chico também bateu em Francisco”, isto é, todos os políticos saíram perdendo com os protestos iniciados pelo reajuste no preço das tarifas de ônibus.

A aprovação das lideranças políticas caiu de 68% em 2010 para 47% em 2012. A curva mostra que a frente política e os partidos não se atentaram para essa insatisfação vista nas ruas.

Ao mesmo tempo a percepção de que a corrupção aumentou no governo subiu de 61% em 2010 para 63% em 2011 e 70% em 2012.

Esses dados acima foram prospectados e compilados pelo cientista político e historiador Luiz Felipe de Alencastro, em seu blog no UOL.

Professor titular da Universidade de Paris-Sorbonne, na França, e professor convidado na FGV-Escola de Economia de São Paulo, Luiz Felipe registra que o Brasil vive seu pior índice de satisfação desde 2005.

Para fechar, ainda de acordo com o professor, a sensação de segurança nas cidades brasileiras declinou de 48% em 2011 para 36% em 2012. Na América Latina, o índice é inferior somente ao da Venezuela.

8 de julho de 2013
por esmael
15 Comentários

André Vargas anuncia novas vagas de medicina no Paraná e importação de médicos cubanos

Deputado André Vargas confirma importação de médicos cubanos e latinos pelo governo federal e anuncia abertura de novas vagas de medicina nos municípios paranaenses de Umuarama, Foz do Iguaçu, Guarapuava e Curitiba.

Deputado André Vargas confirma importação de médicos cubanos e latinos pelo governo federal e anuncia abertura de novas vagas de medicina nos municípios paranaenses de Umuarama, Foz do Iguaçu, Guarapuava e Curitiba.

O deputado federal André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, em contato com este blog, nesta segunda-feira (8), informou que o governo federal vai autorizar 11.447 vagas na graduação de medicina em todo o país.

Segundo Vargas, novas vagas para a formação de médicos serão ofertadas nos municípios paranaenses de Foz do Iguaçu, Umuarama, Guarapuava e Curitiba.

De acordo com o petista, a presidenta Dilma Rousseff deverá editar uma Medida Provisória prevendo a ampliação e a mesma deverá ser regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação, num prazo de 180 dias.

André Vargas também confirmou a decisão do governo federal de importar médicos de Cuba e de outros países latinos.

O curso de medicina passará de seis para 8 anos a partir de 2015.

Concluído o curso de seis anos, o estudante passará para um segundo ciclo, de dois anos, onde terá de atuar em serviços públicos de saúde. A exigência do segundo ciclo será universal: tanto para estudantes de instituições da rede pública quanto privada de ensino.

8 de julho de 2013
por esmael
30 Comentários

“Choque de Gestão 2”, a revanche: Richa corta a marmelada para economizar no PR

O comitê anticrise do governo Beto Richa se reuniu em outubro de 2012, véspera do anúncio do "Choque de Gestão 1". Foto: Jonas Oiveira / ANPr.

O comitê anticrise do governo Beto Richa se reuniu em outubro de 2012, véspera do anúncio do “Choque de Gestão 1”. Foto: Jonas Oiveira / ANPr.

Se o governo federal colocou culpa no cafezinho pelos protestos nas ruas e a consequente crise política, o governo de Beto Richa (PSDB) não ficou atrás. Para o tucano, o problema está na marmelada (que na hora da morte mata, segundo o filósofo e senador Roberto Requião).

Nesta segunda-feira (8), Richa, mais uma vez, coloca seu mirabolante “Choque de Gestão” em prática. A parte 2, a revanche. Anunciou que “determinou” redução de R$ 200 milhões nas despesas de custeio de toda a estrutura de governo. A economia deve ser atingida até o fim do ano, prevê.

No Choque de Gestão parte 1, anunciada em outubro de 2012, o governador do PSDB também havia “determinado” corte de 20% nas despesas da administração estadual com pessoal e encargos, materiais de consumo, serviços de terceiros e manutenção.

Neste ano, além da marmelada, pelo Twitter, Richa ampliou os cortes: “R$ 6 milhões em energia elétrica, água e esgoto, telefonias fixa e móvel. Mais R$ 8,3 mi serão suprimidos em despesas com viagens”.

“Economia de R$ 174 mi na gestão e aquisição de veículos, com cortes de carros de representação. Redução de R$ 12 mi em horas extras. Não está descartado anúncio de novas medidas nos próximos meses”, completou o tucano.

Richa apenas promove uma nova jogada de marketing político, que já falei aqui (clique aqui para relembrar). No anúncio de hoje, nenhuma palavra sobre a farra publicitária de R$ 240 milhões e muito menos do cabidaço no governo do estado com generosas 4,3 mil tetas comissionadas.

O problema central nos governos (municipal, estadual e federal) não está simplesmente localizado nas despesas maiores que as receitas ocasionadas pelo cabidão, pela teta pública, mas no modelo gestão e nos serviços essenciais e estratégicos (lucrativos) delegados a terceiros.

8 de julho de 2013
por esmael
22 Comentários

Depois de muita pressão, tucanos recuam e anunciam CPI do Pedágio no Paraná

Governador Beto Richa havia dito que CPI era "desnecessária", mas presidente da Assembleia, o também tucano Valdir Rossoni, confirmou nesta segunda-feira a investigação das concessionárias; presidente da Fiep, Edson Campagnolo, comemora decisão, entretanto, não descarta a instalação do pedagiômetro! online para descobrir quanto arrecadam as empresas no Paraná.

Governador Beto Richa havia dito que CPI era “desnecessária”, mas presidente da Assembleia, o também tucano Valdir Rossoni, confirmou nesta segunda-feira a investigação das concessionárias; presidente da Fiep, Edson Campagnolo, comemora decisão, entretanto, não descarta a instalação do pedagiômetro! online para descobrir quanto arrecadam as empresas no Paraná.

A bancada governista na Assembleia Legislativa do Paraná admitiu, nesta segunda-feira 8, que a CPI para investigar as empresas de pedágio será aberta no próximo dia 17 de julho. O presidente da Casa, Valdir Rossoni (PSDB), confirmou a inexorabilidade da comissão diante do aumento de protestos contra o pedágio no estado.

A abertura da CPI do Pedágio vai se concretizar graças a mobilização externa à  Assembleia, que relutava em investigar o lucro exorbitante das concessionárias.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, comemorou a notícia sobre a instalação da comissão de investigação. Segundo ele, a sociedade e as ruas clamam por transparência nas coisas públicas. “Há um desconforto nessa questão do pedágio que incomoda a sociedade e o setor produtivo”, disse o empresário, um dos principais defensores da instalação da CPI.

Nas últimas semanas, várias manifestações pipocaram pelo interior do Paraná contra o pedágio. Houve invasão de praças, furo nas cancelas de cobrança e, para amanhã, terça-feira 9, um grupo de londrinenses se dirige até a Assembleia cobrando pela CPI.

Além da CPI, proposta originalmente pelo deputado Nelson Luersen (PDT), também existe a de instalação de “pedagiômetros” em tempo real nas 27 praças de pedágio para auferir a quantidade que as concessionárias lucram e redefinir o preço da tarifa. Há quem defenda R$ 1 — e nada mais.

8 de julho de 2013
por esmael
10 Comentários

Espionagem norte-americana faz Câmara votar Marco Civil da Internet nesta terça

A revelação do ex-agente da CIA Edward Snowden, de que brasileiros são monitorados pelo governo dos EUA, apressou a votação do Marco Civil da Internet; amanhã, terça 9, a Câmara Federal vota relatório sobre o tema; segundo João Arruda, presidente da Comissão Especial que analisa a nova lei, o objetivo é proteger os usuários e sua privacidade; todas as legislações anteriores tinham o sentido de criminalizar e punir os internautas.

A revelação do ex-agente da CIA Edward Snowden, de que brasileiros são monitorados pelo governo dos EUA, apressou a votação do Marco Civil da Internet; amanhã, terça 9, a Câmara Federal vota relatório sobre o tema; segundo João Arruda, presidente da Comissão Especial que analisa a nova lei, o objetivo é proteger os usuários e sua privacidade; todas as legislações anteriores tinham o sentido de criminalizar e punir os internautas.

O deputado federal João Arruda (PMDB-PR), presidente da Comissão Especial do Marco Civil, afirmou ao blog que a Câmara deverá votar amanhã, em regime de urgência, o relatório que protege os usuários de internet no país.

A votação saiu da gaveta como uma das respostas do governo Dilma Rousseff à  espionagem que o governo dos Estados Unidos mantinha no Brasil nos últimos dez anos, conforme denúncia publicada no jornal O Globo.

De acordo com documentos vazados pelo ex-agente da CIA Edward Snowden, equipes da CIA e da NSA (Agência de Segurança Nacional) trabalharam em conjunto na capital federal para o monitoramento de milhões de brasileiros via comunicações eletrônicas e telefônicas.

Para o deputado peemedebista, o projeto que irá a votação amanhã, conforme relatório da Comissão, por ele presidida, representa um grande avanço na regulamentação internet ao priorizar o usuário. Será a melhor legislação do mundo voltada à  internet, garantia da privacidade e liberdade de expressão!.

Dentre os temas polêmicos que vão à  votação estão:

1- Guarda de logs – guarda dos registros de conexão;
2- Neutralidade da rede – obriga os provedores a tratar de maneira igual todos os usuários; e
3- Definição do órgão que vai regulamentar a lei (Anatel/Ministério da Justiça).

8 de julho de 2013
por esmael
17 Comentários

Insistir no erro é… continuidade, falta de criatividade ou burrice?

Propaganda de Fruet, ainda sem licitação, copia formato e conteúdo do tucano Beto Richa; falta de criatividade ou burrice, como creem os petistas?

Propaganda de Fruet, ainda sem licitação, copia formato e conteúdo do tucano Beto Richa; falta de criatividade ou burrice, como creem os petistas?

Os governos de Beto Richa (PSDB) e Gustavo Fruet (PDT), no estado e na prefeitura de Curitiba, utilizam as mesmas agências de publicidade. Até aí tudo bem, nada de mais.

O que chama a atenção de todo o país é que Fruet continua com os mesmos cacoetes da comunicação tucana. Se antes a propaganda do ex-prefeito Luciano Ducci (PSB) utilizava como slogan “Tudo para a família” agora o lema é “A família cresceu”. Uma pérola.

Com médicos da família, cada cidadão sabe quem é o seu médico e cada médico conhece melhor seus pacientes!, diz um trecho da propaganda, que se refere à  ampliação para 229 equipes do programa Saúde da Família e prometendo chegar a 500. Coisa para o Procon, como registrou semana passada este blog (clique aqui para relembrar).

Compare o "antes" (Ducci) e o "depois" (Fruet) na propaganda da prefeitura de Curitiba; seria um governo de continuidade?

Compare o “antes” (Ducci) e o “depois” (Fruet) na propaganda da prefeitura de Curitiba; seria um governo de continuidade?

Na propaganda veiculada novamente em página inteira no jornal Gazeta do Povo, edição de domingo (7), houve uma pequena alteração para continuar tudo do mesmo jeito. De “A prefeitura trabalha para tornar a saúde em Curitiba melhor a cada dia” para “A prefeitura trabalha para melhorar o atendimento à  saúde da população”. Seis por meia dúzia, portanto, pois o foco é o mesmo da gestão anterior: “A família”.

Diz um petista da equipe de Fruet que insistir no erro é…

Assista ao vídeo e relembre a propaganda de Ducci, que inspira a propaganda de Fruet:

8 de julho de 2013
por esmael
14 Comentários

Petista e comunista disputam bandeira LGTB no Paraná

O comunista Ricardo Gomyde, novo líder de Toni Reis, e o petista Milton Alves, disputam bandeira LGTB no Paraná.

O comunista Ricardo Gomyde, novo líder de Toni Reis, e o petista Milton Alves, disputam bandeira LGTB no Paraná.

Não convidem para o mesmo chope o ex-presidente do PCdoB, Milton Alves, hoje agasalhado no PT, e o atual presidente da legenda vermelha no estado, o interventor Ricardo Gomyde.

A relação entre os dois anda bastante conturbada por causa de recente incursão do comunista no movimento LGTB no Paraná.

Gomyde lidera agora o presidente do Grupo Dignidade, Toni Reis, que vai disputar uma cadeira na Câmara Federal. O PCdoB entrou num vácuo que era pretendido pelo PSOL, que no estado comanda a Marcha das Vadias.

O petista Milton Alves milita na frente LGTB, direitos humanos, e sindical. Ele não gostou nem um pouquinho da concorrência de Gomyde.

8 de julho de 2013
por esmael
36 Comentários

Professora Marlei e Flávio Arns estudam dobradinha na Educação

O leitor deste blog sempre soube do "approach" existente entre o tucano Flávio Arns, secretário da Educação, e a presidente da APP-Sindicato, a petista Marlei Fernandes; ele, considerado pelos próprios educadores como pior secretário da história, vai disputar uma cadeira na Assembleia; ela tentará a Câmara Federal, em dobradinha informal; o maior feito de Arns no governo, segundo orelha seca do Palácio Iguaçu, foi arranjar contratos milionários no governo para seu sobrinho, Marlus Arns, que advoga para o homem da sogra.

O leitor deste blog sempre soube do “approach” existente entre o tucano Flávio Arns, secretário da Educação, e a presidente da APP-Sindicato, a petista Marlei Fernandes; ele, considerado pelos próprios educadores como pior secretário da história, vai disputar uma cadeira na Assembleia; ela tentará a Câmara Federal, em dobradinha informal; o maior feito de Arns no governo, segundo orelha seca do Palácio Iguaçu, foi arranjar contratos milionários no governo para seu sobrinho, Marlus Arns, que advoga para o homem da sogra.

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), é candidato a deputado estadual em 2014. O governador Beto Richa (PSDB) não quer mais a companhia do correligionário de ninho a partir do ano que vem. Prefere Ratinho Júnior (PSC), hoje secretário do Desenvolvimento Urbano.

Educadores dizem que Arns foi o pior secretário que a Educação do Paraná já teve. Segundo eles, na ruindade, empata com a ex-secretária Alcione Salyba, da época de Jaime Lerner.

O maior feito do tucano nesses últimos três anos foi arranjar contratos milionários para seu sobrinho, Marlus Arns, sem licitação, na Copel e na Sanepar.

O sobrinho do secretário da Educação advoga criminalmente a favor de Ezequias Moreira, o homem da sogra, promovido recentemente por Richa ao status de secretário Especial do Cerimonial.

Paralelamente, a presidenta da APP-Sindicato — o poderoso sindicato dos professores e educadores do Paraná — Marlei Fernandes (PT) será candidata a deputada federal.

A APP atravessou esses últimos anos passando mel no secretário Arns. Não criticou acidamente o tucano e fugiu de uma greve geral, no começo deste ano letivo, como o diabo foge da cruz — mesmo reunindo todas as condições subjetivas e objetivas para a paralisação.

Na prática, mesmo que informal, Marlei e Flávio Arns estudam uma dobrinha em 2014 na Educação.

O secretário já foi deputado federal e senador pelo PT da presidenta da APP.

A relação entre Marlei e Arns é antiga, por isso, entre os membros da diretoria do sindicato, o acordo eleitoral não soa estranho. Já entre os educadores… Bem, isso aí é outra história.

Por fim, segundo um graduado dirigente do PT, não descarta a possibilidade de retorno de Flávio Arns à s hostes petistas. Quem viver verá.

8 de julho de 2013
por esmael
Comentários desativados em O que diz a velha mídia nesta segunda

O que diz a velha mídia nesta segunda

manchetesJornais do Paraná

Gazeta do Povo: GRAMPO NORTE-AMERICANO – Policia Federal e Anatel vão investigar espionagem dos EUA

Bem Paraná: Doença cardiovascular é o que mais causa mortes de curitibanos

Jornal Metro: Espera por especialista do SUS pode demorar um ano

Jornal de Londrina: Maioria dos eleitores desconhece o que o vereador faz

Folha de Londrina: GESTàƒO DE CRISE – Transparência é fundamental

Jornal Hoje: Analfabetismocriminoso

Gazeta do Iguaçu: Chuvas provocaram mais de R$ 7 milhões em prejuízos em Foz

Jornais de outros estados

Globo: Exclusivo !“ Brasília abrigou base dos EUA de espionagem por satélite

Folha: Itamaraty cobra explicação dos EUA sobre espionagem

Estadão: Planalto reage a espionagem de brasileiros pelos EUA

Correio: Dilma busca médicos para salvar a saúde

Valor: Manifestações aceleram a redução do consumo

Estado de Minas: As dores do crescimento

Zero Hora: Fogo na alma da Capital

7 de julho de 2013
por esmael
13 Comentários

Por causa de Richa, universidade suspende aula de Medicina; que venham os cubanos ao PR

O governador Beto Richa pode ser contra a importação de médicos cubanos por uma questão de oportunismo político, mas, na prática, concorda quando não contrata professores; a UEPG, por exemplo, suspendeu aulas de Medicina devido à  lentidão na contratação de docentes aprovados em concursos; nos postos e nos hospitais o povo: Queremos médicos!!; e agora?

O governador Beto Richa pode ser contra a importação de médicos cubanos por uma questão de oportunismo político, mas, na prática, concorda quando não contrata professores; a UEPG, por exemplo, suspendeu aulas de Medicina devido à  lentidão na contratação de docentes aprovados em concursos; nos postos e nos hospitais o povo: Queremos médicos!!; e agora?

Em tese, o tucanato e a extrema direita são contra a vinda dos médicos cubanos ao Brasil. Na prática, a conversa é outra. Eles gostam de um barbudo. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), não agilizou a contratação de professores para o curso de Medicina para a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), na região dos Campos Gerais, a 110 km, de Curitiba.

A velocidade de “tartaruga” do governo de Richa levou a universidade a suspender aulas do curso de Medicina.

O governo tucano está louco por uma cafungada na nuca de um barbudo cubano. Ou estou errado?

A seguir, leia a íntegra da notícia publicada no site oficial da UEPG: Continue lendo →

7 de julho de 2013
por esmael
40 Comentários

Dia 11 vai começar a 2!ª onda de protestos que promete elevar a pressão sobre o poder central

do Brasil 247

A que promete ser a mãe de todas as manifestações realizadas até aqui !“ na próxima quinta-feira, dia 11 !“ já pauta as preocupações dos ocupantes do poder. O que as ruas irão pedir mais? Novos conflitos acontecerão? Concessões feitas foram suficientes? Haverá sobreviventes entre os políticos queimados no Dia Nacional de Lutas com Greves e Manifestações que vai sendo maciçamente convocado pela internet? Na terça-feira, dia 9, em Curitiba, todas as centrais sindicais se reunirão para organizar os protestos no Paraná.

A que promete ser a mãe de todas as manifestações realizadas até aqui !“ na próxima quinta-feira, dia 11 !“ já pauta as preocupações dos ocupantes do poder. O que as ruas irão pedir mais? Novos conflitos acontecerão? Concessões feitas foram suficientes? Haverá sobreviventes entre os políticos queimados no Dia Nacional de Lutas com Greves e Manifestações que vai sendo maciçamente convocado pela internet? Na terça-feira, dia 9, em Curitiba, todas as centrais sindicais se reunirão para organizar os protestos no Paraná.

A que promete ser a mãe de todas as manifestações, marcando uma segunda onda de protestos coordenados nacionalmente, já pressiona os mais altos ocupantes da estrutura de poder no País. Do Palácio do Planalto ao Congresso Nacional, passando pelas sedes de governos estaduais e prefeituras de grandes cidades, quem têm cargo eletivo têm medo. Continue lendo →

7 de julho de 2013
por esmael
25 Comentários

Deputados “temem” invasão do plenário da Assembleia na votação do Tribunal de Contas do Paraná

Segundo o vidente Chik Jeitoso, os deputados querem que manifestantes invadam o plenário da Assembleia para justificar sessão secreta para a escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas; o bruxo dá a dica: "acampem em frente o prédio, mas não invadam"; deputados governistas dizem estar preocupados com a inquietação das ruas; Assembleia já foi invadida várias vezes, a reação mais violenta da PM ocorreu em 2001, quando manifestantes conseguiram interromper a sessão que autorizava a privatização da Copel.

Segundo o vidente Chik Jeitoso, os deputados querem que manifestantes invadam o plenário da Assembleia para justificar sessão secreta para a escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas; o bruxo dá a dica: “acampem em frente o prédio, mas não invadam”; deputados governistas dizem estar preocupados com a inquietação das ruas; Assembleia já foi invadida várias vezes, a reação mais violenta da PM ocorreu em 2001, quando manifestantes conseguiram interromper a sessão que autorizava a privatização da Copel.

Deputados governistas revelaram a este blogueiro que “temem” a invasão do plenário da Assembleia Legislativa do Paraná durante a votação, entre os dias 15 e 17 de julho, para a escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Nada mais nada menos que 45 pessoas se inscreveram para a disputa do cargo vitalício com salário mensal de R$ 25 mil. Entretanto, três nomes despontam nessa lista: os deputados Fábio Camargo (PTB) e Plauto Miró (DEM) e o professor e advogado Tarso Cabral Violin.

Um desses parlamentares da base de sustentação ao governo de Beto Richa (PSDB) admitiu que a preocupação com a invasão do plenário é grande porque ela é “real”. “Eu tenho recebido muitas mensagens de eleitores, apoiadores, financiadores da minha campanha, pedindo para não votar nos dois deputados”, revelou ao blog, sem querer se identificar.

Na verdade, a invasão do plenário é tudo que os deputados querem. O roteiro é mais ou menos esse, segundo o vidente Chik Jeitoso: 1- a sessão seria interrompida; 2- a polícia de choque seria chamada para esvaziar o plenário; 3- o presidente da Assembleia convocaria uma entrevista coletiva para espinafrar os “vândalos”; 4- uma nova sessão, agora secreta, seria convocada para eleição do TC; e 5- um deputado seria o eleito.

Segundo o bruxo mais famoso do Hemisfério, que nunca errou uma previsão política, os deputados estaduais — de todos os partidos — temem mesmo é que os manifestantes acampem em frente ao prédio da Assembleia, no Centro Cívico. “Eles querem que invadam o plenário, eles estão pedindo ‘invadam, invadam, invadam’ o prédio, mas isso seria burrice de quem organiza esses protestos”.

O grupo RPC/Gazeta do Povo, que tem a emissora de TV afiliada à  Rede Globo no Paraná, tem feito sistemática campanha pela não eleição de um deputado para o cargo de conselheiro. Esse movimento ajuda — e muito — Tarso Cabral Violin, que parte na disputa com sete votos da bancada petista.

Assista ao vídeo da manifestação contra a privatização da Copel (15/08/2001) que terminou em invasão do plenário da Assembleia:

7 de julho de 2013
por esmael
21 Comentários

Blogueiro das estradas fura pedágio no Paraná; assista aos vídeos

O blogueiro Cesár Minotto, do município de Laranjeiras do Sul, na região Centro-Sul, a 360 km de Curitiba, resolveu furar o pedágio. O dono do blog “Olho Aberto Paraná” disse que não paga mais pedágio rodovias em protesto contra o preço abusivo das tarifas nas rodovias concessionadas.

O blog é aluno do deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), atual secretário de Estado Trabalho, o mais famoso pula catraca do país.

Minotto é da primeira turma do professor Romanelli. A ideia do blogueiro é que até o final deste ano todos os paranaenses, em ato de revolta, também furem o pedágio.

Ao furar o pedágio, César Minotto explicou ao atendente que estava fazendo porque o preço era caro. Logo em seguida, como você pode perceber no vídeo, um sirene é soada para chamar a polícia rodoviária (trabalha como empregada das empresas de pedágio, pode isso?). O blogueiro não foi detido nem multado.

“Exerci o meu direito de ir e vir, como prega o Artigo 5!º da Constituição Federal”, explicou o blogueiro das estradas.

Os furões de pedágio — todos eles alunos de Romanelli e agora do professor Minotto — são mais comuns do que se imagina no Paraná.

No começo de junho, por exemplo, eu publiquei informação de que os usuários das rodovias paranaenses, conhecidos como fura-pedágios, estavam aterrorizando a indústria pedageira no estado; na postagem, eu publiquei um vídeo divulgado pelo canal Catv.tv sobre o tema. As concessionárias ameaçam dizendo que vão caçar os furões (clique aqui para relembrar).

Minotto torce o nariz para a ameaça das concessionárias que cobram o pedágio mais caro do mundo: “Ai que meda”.

Apesar o extorsivo preço cobrado pelos pedágio nas rodovias privatizadas em 1998, no governo Jaime Lerner, segundo relatórios do Crea e do pelego Tribunal de Contas do Estado, as empresas concessionárias deixaram de investir em melhorias das estradas como previam os contratos. Na prática, elas ficaram roubando os usuários com a conivência do poder público nesses últimos 15 anos. Quem diz isso não é este blogueiro, mas a entidade técnica chamada Crea-PR (clique aqui para relembrar).

Se as empresas pedagiadoras descumprem o contrato e agem fora da lei, que moral elas têm de cobrar que os usuários cumpram a legislação?

Nesse caso, o blogueiro da estrada e o deputado Romanelli têm razão. A indignação deles é santa, digna de canonização pelo Vaticano.

Relembre a aula do professor! Romanelli:

7 de julho de 2013
por esmael
2 Comentários

Câmara deve votar nesta semana projeto que destina royalties do petróleo à  saúde e educação

da Agência Brasil

Entidades ligadas à  educação, como a UNE, ainda lutam pelos 100% dos recursos do pré-sal na área; debate será retomado esta semana na Câmara.

Entidades ligadas à  educação, como a UNE, ainda lutam pelos 100% dos recursos do pré-sal na área; debate será retomado esta semana na Câmara.

A Câmara dos Deputados deve votar nesta semana a proposta sobre os recursos da exploração do petróleo para a educação e saúde. O Senado adianta apenas que, no ano que vem, serão destinados aos dois setores R$ 4 bilhões vindos dos royalties pagos pela exploração do petróleo nos três campos em atividade no país, de acordo com o projeto de lei aprovado pela Casa. Já técnicos da Câmara dos Deputados calcularam que a proposta aprovada pelos senadores resultaria na redução de R$ 170,9 bilhões no repasse para as áreas, dos quase R$ 280 bilhões previstos pelo projeto aprovado nesta Casa do Legislativo.

O governo anunciou que vai negociar com os deputados para que seja aprovado o texto do Senado. Parlamentares se articulam e os deputados decidem se aprovam ou rejeitam o projeto na forma em que veio do Senado. Entidades civis estão se mobilizando para pressionar o Congresso por mais recursos na educação. Continue lendo →