gaeco_richaA ONG que a primeira-dama Fernanda Richa dirige no Paraná — o Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense) — recebeu nos últimos três anos R$ 3,7 milhões arrecadados por auditores fiscais da Receita Estadual. A informação é da jornalista Estelita Hass Carazzai, da Folha de S. Paulo, edição desta quarta-feira (27).

A reportagem citando como fonte o Sindafep (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná), afirma que R$ 1,5 milhão alcançado em 2014 corresponde a um terço da receita da ONG comandada pela mulher do governador Beto Richa (PSDB).

Na semana passada, o governador tucano disse em entrevista ao UOL que a primeira-dama e secretária da Família, Fernanda Richa, “nem sabe o que é um auditor”.

Reportagem de capa no Jornal de Londrina, com base em gravações de reuniões, revelou esta semana relações perigosas da “Evita das Araucárias” com os agentes da Receita Estadual. (mais…)

Compartilhe!

    Clique na imagem e veja como foi a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná.

    Clique na imagem e veja como foi a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná.

    Os deputados estaduais terão uma tarde tensa, nesta quarta-feira (27), quando poderão escolher entre protagonizar o papel de “mocinhos” ou de “bandidos” perante grevistas que reivindicam reposição inflacionária de 8,17%.

    Cada parlamentar terá oportunidade de posicionar-se de acordo com sua “consciência” diante da intransigência do governador Beto Richa (PSDB).

    O Blog do Esmael transmite ao vivo a sessão em parceria com a TV 15 e faz votos para que os deputados encontrem uma saída para a greve dos educadores que hoje completou 31 dias. Também estão paralisadas várias categorias do serviço público estadual.

    Os motivos do impasse foram aqui registrados na manhã desta quarta.

    A Assembleia Legislativa apreciará mensagem do governo acerca da data-base sob o signo da anuência do massacre no dia 29 de abril, no Centro Cívico, e do confisco da poupança previdenciária dos servidores.

    Transmissão encerrada às 17h30.

    Veja como foi a sessão: (mais…)

    Compartilhe!

      judiciarioPelo jeito não é só no poder executivo comandado pelo governador Beto Richa (PSDB) que existem injustiças e reivindicações dos servidores. Começou na terça-feira (26) a greve por tempo indeterminado do judiciário paranaense.

      Os servidores protestaram em frente aos seus locais de trabalho com faixas e carro de som, alertando a população sobre o movimento. Cerca de 70% das comarcas do estado estão fechadas com os servidores de braços cruzados.

      As principais reivindicações são relativas a condições de trabalho haja vista que a reposição da data-base de 8,17% já foi encaminhada pelo Tribunal de Justiça para a Assembleia Legislativa.

      A lista de pedidos dos servidores é grande e começa com a isonomia entre as carreiras dos servidores de 1º e 2º grau (1ª e 2ª instância), que já foi determinada pelo Conselho Nacional de Justiça, mas ainda não foi acatada pelo TJPR. (mais…)

      Compartilhe!

        Reinaldo de Almeida César, em sua coluna desta quarta, elogia a greve dos educadores que há 31 dias põe o governador Beto Richa contra a parede; ele exorta os líderes classistas e sindicais nas corporações policiais a se espelharem no vitorioso movimento dos professores, lembrando-se sempre do velho, mas sempre atual Ulisses Guimarães: "quem não se reúne, se desune"; leia a íntegra do texto.

        Reinaldo de Almeida César, em sua coluna desta quarta, elogia a greve dos educadores que há 31 dias põe o governador Beto Richa contra a parede; ele exorta os líderes classistas e sindicais nas corporações policiais a se espelharem no vitorioso movimento dos professores, lembrando-se sempre do velho, mas sempre atual Ulisses Guimarães: “quem não se reúne, se desune”; leia a íntegra do texto.

        Reinaldo de Almeida César*

        A histórica paralisação e mobilização dos professores fez baixar o topete da soberba do governo e caminha, felizmente, para seu epílogo. Nestes momentos finais, a bancada governista na Alep anuncia, pela palavra do seu líder, irrestrito apoio aos 8,17%, que nada mais é do que uma mera reposição da inflação no período, levando-se em conta o índice do IPCA.

        De um lado da mesa, um movimento sindical muito coeso, com capilaridade e bem organizado. Do outro, auxiliares do Governador esticando a corda, no pior momento possível, onde há reconhecida dificuldade política e a palavra de ordem “fora Beto Richa” ecoa nos mais inusitados ambientes.

        Se demorar ainda mais para fechar este acordo, o anúncio do aumento do funcionalismo, mesmo que seja no patamar desejado de 8,17%, poderá soar como uma estridente derrota do governo. Se a decisão final se arrastar ainda por mais tempo, daqui a pouco a assinatura da mensagem de aumento de 8,17%, ao invés de ter lugar no Palácio Iguaçu, poderá ser feita em Reims, na França. Daria uma foto perfeita para a rendição, a exemplo do que ocorreu com o exército alemão em 1945.

        Encerrada a greve, prevalecendo o índice de 8,17%, teremos página virada, com os conhecidos rescaldos que ficarão ardentes em brasa, como as cicatrizes físicas e morais do Massacre do 29 de Abril. (mais…)

        Compartilhe!

          Educadores e servidores públicos do município de Cornélio Procópio, região Norte Pioneiro, informaram ao Blog do Esmael que estão 100% em greve; professores acusam governador Beto Richa de planejar a reprovação de 1 milhão de alunos visando fazer caixa, pois, segundo os grevistas, cancelamento do ano letivo de 2015 e escolas fechadas “não gerariam despesas”.

          Educadores e servidores públicos do município de Cornélio Procópio, região Norte Pioneiro, informaram ao Blog do Esmael que estão 100% em greve; professores acusam governador Beto Richa de planejar a reprovação de 1 milhão de alunos visando fazer caixa, pois, segundo os grevistas, cancelamento do ano letivo de 2015 e escolas fechadas “não gerariam despesas”.

          A falta de diálogo do governador Beto Richa (PSDB) com educadores em greve poderá custar a reprovação de 1 milhão de alunos no Paraná.

          Professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado acreditam que a intransigência do governador poderá cancelar o ano letivo de 2015.

          Os grevistas acusam o governador do PSDB de planejar a reprovação de 1 milhão de alunos visando fazer caixa, pois, segundo eles, o cancelamento do ano letivo e o fechamento das escolas não “gerariam despesas”.

          O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo, a partir das 14h30 desta quarta-feira (27), em parceria com a TV 15, a sessão da Assembleia Legislativa que vai debater esse polêmico tema.

          No interior, os núcleos regionais da APP-Sindicato informam ao Blog do Esmael que a adesão à greve chega a 100%. O magistério está paralisado há 31 dias.

          O impasse está localizado na recusa de Richa em pagar o que deve aos mestres. Os educadores exigem parcela única de 8,17% na reposição da data-base.

          O governo fala em parcelar em 4 vezes: julho e setembro de 2015; janeiro e março de 2016.

          A segunda proposta consiste em 3,45% este ano, sem data definida ainda, e o restante na antecipação da data-base de maio de 2016 para o mês de janeiro.

          Perto de 100% de rejeição dos paranaenses, Beto Richa parece nem aí com a greve na educação. Quer derrotar o movimento no “cansaço”. Aposta na perda de fôlego dos grevistas e na sua divisão — inclusive utilizando-se de guerra suja contra os professores que já massacrou no dia 29 de abril. (mais…)

          Compartilhe!

            do Brasil 247censuraaecioO senador Aécio Neves (PSDB-MG) saiu derrotado na ação judicial contra os sites de busca Google, Bing e Yahoo, que tentava eliminar páginas que o relacionavam com desvios de bilhões de reais dos cofres mineiros. Advogados do tucano afirmam que ele vai recorrer da decisão.

            Em sua decisão, o juiz Rodrigo Garcia Martinez, do Tribunal de Justiça de São Paulo, comparou os sites de busca a “bibliotecários virtuais” e disse que que o pedido contraria direito a livre manifestação:

            “Se numa biblioteca pedimos um livro, eles o localizam e o trazem. Se o conteúdo é apto a cometer ilícito, o autor é quem deve responder, não a biblioteca ou o bibliotecário, sob pena de realizarmos práticas fascistas, comunistas ou nazistas”, escreveu. (mais…)

            Compartilhe!
              Charge de Fausto para o Olho Vivo

              Charge de Fausto para o Olho Vivo

              Compartilhe!

                20150527_MetroCuritiba_capaJornais do Paraná

                Gazeta do Povo: Senado aprova medida que restringe seguro-desemprego e abono salarial

                Jornal Metro: Base pressiona governo por reposição da inflação

                Jornal de Londrina: Zona Norte começa a sentir impacto do Plano Diretor

                Folha de Londrina: A cada cinco presos com tornozeleiras, um descumpre regras

                O Diário (Maringá): Eduardo Cunha vence PSDB e ‘enterra’ voto distrital misto

                Diário dos Campos: Deputados apresentam nova proposta de reajuste

                Jornal da Manhã: Madero investirá R$ 20 mi na segunda fábrica em PG

                O Paraná: Justiça decide a favor de invasores da Araupel

                Gazeta do Paraná: Fim do voto obrigatório e dinheiro público nas campanhas

                Jornal Hoje: A quatro dias do fim, 34% do rebanho não foram vacinados

                Diário do Noroeste: Proposta de mudança do traçado da Ferrovia Norte/Sul será analisada pela ANTT

                Tribuna de Cianorte: Paraná não para nem vai cruzar os braços, diz Richa

                Tribuna do Norte: Crise ’empurra’ lojas para fora do centro em Arapongas

                Jornais de outros estados

                Globo: Só ajuste fiscal avança

                Folha: Senado aprova restrições em abono e seguro-desemprego

                Estadão: Deputados rejeitam distritão; Cunha sofre dupla derrota

                Correio Braziliense: Por 17 a 0, TJDF mantém reajuste dos servidores

                Valor: Acordo busca amplo comércio com o México

                Estado de Minas: Mais um fiasco do Fies

                Zero Hora: Justiça bloqueia contas para pagar auditores

                Compartilhe!

                  Governador Beto Richa provoca educadores em greve ao negar reposição de 8,17% em parcela única ao tempo que torra dinheiro em propaganda em horário nobre de TVs, rádios e jornais, e promete anunciar nesta quarta (27) investimento de recursos em obras; com rejeição perto de 100% dos paranaenses, tucano parece nem aí com a greve na educação que já dura um mês; paralisação no magistério deverá continuar, segundo a APP-Sindicato.

                  Governador Beto Richa provoca educadores em greve ao negar reposição de 8,17% em parcela única ao tempo que torra dinheiro em propaganda em horário nobre de TVs, rádios e jornais, e promete anunciar nesta quarta (27) investimento de recursos em obras; com rejeição perto de 100% dos paranaenses, tucano parece nem aí com a greve na educação que já dura um mês; paralisação no magistério deverá continuar, segundo a APP-Sindicato.

                  O governador Beto Richa (PSDB) deve estar de brincadeira, só pode.

                  Nesta quarta-feira (27), às 9 horas, no Palácio Iguaçu, o tucano promete se reunir com o secretariado e o Comitê Anticrise.

                  Dentre os temas, segundo os palacianos, estará a “retomada” de obras no estado. Tem dinheiro para empreiteiras e a farra publicitária, mas para a educação e o serviço público nem pensar…

                  Soa até provocação e maldade. Coisa de gente ruim mesmo.

                  Ora, como o governo fala em gastar recursos com infraestrutura se não tem caixa sequer para repor 8,17% aos professores e servidores públicos em greve?

                  Ou o tucano está fazendo os educadores e o funcionalismo em geral de patetas ou está mentindo. Só pode.

                  A greve na educação deverá prosseguir, pois Richa recusa-se pagar o que deve aos mestres. A APP-Sindicato exige parcela única de 8,17% na reposição da data-base. (mais…)

                  Compartilhe!

                    Para escolher a melhor charge, abaixo, clique no "mais"; [procura-se] autor desconhecido do trabalho que ilustra esse post.

                    Para escolher a melhor charge, abaixo, clique no “mais”; [procura-se] autor desconhecido do trabalho que ilustra esse post.

                    O Blog do Esmael abriu espaço para a expressão dos leitores, através de charges, para ilustrar o massacre dos professores e servidores promovido pelo governador Beto Richa (PSDB) no último dia 29 de abril.

                    Recebemos mais de 40 imagens, enviadas por mais de 20 leitores. Veja no slide abaixo e escolha a melhor, votando no comentário.

                    Abaixo, escolha a melhor charge no “mais”!

                    Para votar, basta escrever o número da charge no comentário. (mais…)

                    Compartilhe!

                      richa_requiaoO senador Roberto Requião (PMDB), nesta terça-feira (26), ao Blog do Esmael, foi lacônico ao analisar a crise política e moral no governo de Beto Richa (PSDB): “Só resta a ‘renúncia já’ a Richa”.

                      Hoje foi a primeira vez que o peemedebista emitiu opinião tão enfática aconselhando a renúncia ao tucano.

                      Governador em três oportunidades (1991-1994, 2003-2006 e 2007-2010), o senador do PMDB não vê alternativa se não a renúncia imediata de Beto Richa.

                      Pelo Twitter, Roberto Requião cravou:

                      No lugar do governador do PSDB assumiria vice Cida Borghetti (PSDB), a quem Requião já se colocou à disposição caso ela ocupe o Palácio Iguaçu.

                      O senador Roberto Requião mudou de opinião. Nos últimos meses ele vinha condenando movimentos que pediam “Fora Beto Richa” e “impeachment”, mas, agora, diante do agravamento de denúncias de corrupção no governo, o peemedebista quer a renúncia imediata de Beto Richa.

                      “O caminho mais lógico é a renúncia”, enfatizou no Twitter.

                      Compartilhe!

                        richa_impeachmentNos bastidores da política paranaense muitos são céticos quanto o avanço do processo de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). A petição foi protocolada ontem (25) na Assembleia Legislativa. O documento é encabeçado pelo advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin, seguido por juristas, professores universitários, advogados e mais de 6 mil cidadãos.

                        Mesmo sem o julgamento do pedido, o governador Beto Richa já sofreu na prática um ‘impeachment moral’ dos 10,5 milhões de paranaenses — ou 95% dos 11 milhões de conterrâneos que o rejeitam.

                        O próximo passo do processo de impeachment é a sua admissibilidade ou não pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, dublê de presidente do PSDB do Paraná.

                        Traiano é aliado do governador, o que torna mais fácil a tarefa do Saci Pererê “cruzar as pernas” do que o impedimento do governador tucano prosperar. Mas ainda há luta pela frente e os espíritos, sobretudo o das ruas, está muito armado nos 399 municípios paranaenses.

                        O “impeachment moral” é o preço que o governador do PSDB paga pela arrogância, prepotência e violência expressada no massacre contra professores e servidores públicos em 29 de abril. Também entra nessa conta a corrupção no governo do estado, propinas na Receita do Estado e casos de pedofilia envolvendo pessoas próximas ao chefe do executivo estadual. (mais…)

                        Compartilhe!

                          rossoni_traiano_PSDBO deputado federal Valdir Rossoni, ex-presidente da Assembleia Legislativa, foi defenestrado da presidência do PSDB do Paraná dez dias depois de, num bate-boca no Facebook, xingar de “biscate” a professora curitibana Adriane Sobanski.

                          Os tucanos alçaram ao comando do ninho paraense o atual presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, que vinha ocupando o cargo de secretário-geral na sigla.

                          “Biscate” na linguagem popular significa pessoa que faz serviço ocasional, mulher de vida fácil, vadia ou puta.

                          Na esteira da perda de compostura do parlamentar tucano, a senadora Gleisi Hoffmann (PT) protocolou na semana passada uma representação contra Rossoni à Procuradoria da Mulher na Câmara dos Deputados. (mais…)

                          Compartilhe!

                            tenda_infiltrado_whatsapp

                            Na semana passada, o Blog do Esmael mostrou que o governo Beto Richa (PSDB) iniciara uma verdadeira “guerra suja” visando desqualificar os professores em greve. Agora, na segunda fase, os cibertucanos estão se infiltrando nos grupos de discussão de educadores, sobretudo no WhatsApp, a nova coqueluche do momento, para promover a divisão no movimento grevista do Paraná.

                            Se na primeira etapa da “guerra suja” o objetivo era mostrar imagens antigas e cópia de contracheques forjados com o intuito de isolar os educadores, com mensagens enviadas a pais e alunos, nesta a ideia dos invasores a soldo do Palácio Iguaçu é semear a discórdia entre professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado.

                            Os infiltrados lançam dúvidas sobre a “firmeza” dos professores e servidores em greve há um mês, disseminam informações falsas sobre a luta do magistério e do serviço público, espalham medo, estimulam o ódio entre colegas tal qual ocorreu no segundo turno disputado por Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Na época, o Blog do Esmael anotou que o “Extremismo de direita pró-Aécio afasta brasileiros das redes sociais”.

                            Nesta segunda-feira (25), por exemplo, um desses infiltrados no grupo “Memória da Violência”, criado no WhatsApp por educadores massacrados no dia 29 de abril, no Centro Cívico, foi alvo do submundo dos cibertucanos. Informações privadas foram publicadas em mídias ligadas ao Palácio Iguaçu. (mais…)

                            Compartilhe!

                              governistas_alep_prev

                              O Blog do Esmael anotou ontem que os servidores do judiciário terão em parcela única de reposição de 8,17%. Que fique claro que o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) nada faz do que cumprir a lei, diferente da postura do governador Beto Richa (PSDB) que inicialmente propôs 5% para professores e servidores em greve.

                              É verdade que o judiciário tem rubrica orçamentária  “própria”, mas trata-se de dinheiro público e por isso mesmo depende de anuência da Assembleia Legislativa. Portanto, o distinto público não pode encarar a Justiça como uma ilha isolada da realidade paranaense.

                              Dito isto, é bom recapitularmos que o dia de ontem foi muito intenso no Centro Cívico. Os deputados da base de sustentação governista foram ao Palácio Iguaçu dar o seguinte recado: “ou dá ou desce”; ou seja, ou Richa concede os 8,17% ou eles não têm como segurar o trâmite do processo de impeachment que chegou na tarde desta segunda-feira (26) à Assembleia.

                              Na manhã de hoje (26), a bancada aliada do tucano se reuniu para “fechar questão” acerca do índice de reposição favorável aos servidores e contra a punição dos grevistas. (mais…)

                              Compartilhe!
                                Copyright © 2009 Esmael Morais. Todos os direitos reservados.