capa_oparanaJornais do Paraná

- Gazeta do Povo: Cientistas encontram “nova Terra” no Universo

- Bem Paraná: PT inicia processo para ejetar André Vargas do partido

- Jornal Metro: Senado barra doações de empresas a campanhas

- Jornal de Londrina: Sercomtel estanca sangria e fecha ano com caixa positivo

- Folha de Londrina: Câmara decide investigar irregularidades em alvarás

- O Diário (Maringá): Dnit divulga licitação do Contorno Sul em maio

- Diário dos Campos: PG quadriplica criação de empregos no trimestre

- Jornal da Manhã: Estado anuncia início das obras do novo presídio

- Correio do Cidadão: #pascoaacimadainflação

- Tribuna do Interior: Perda milionária

- O Paraná: Novo subtipo de dengue coloca região em alerta

- Gazeta do Paraná: Bebber quer voltar ao seu mandato, mas Pacheco disse ‘não’

- Jornal Hoje: Risco de extinção e falhas em UPS preocupam empresários

- Tribuna de Cianorte: Previsão é de 18 mil veículos por dia na PR-323 no feriadão

- Tribuna do Norte: PM é morto com sete tiros

Jornais de outros estados

- Globo: Desemprego no Rio cai a 3,5%, mas a inflação diminui renda

- Folha: Após dois dias e 52 mortes, PM da Bahia encerra greve

- Correio: O homem que viveu para contar

- Estado de Minas: Viveu para contar

- Zero Hora: RS é o segundo Estado que mais abriu vagas em março

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Instituto mostra presidente com três pontos a menos do que na pesquisa anterior, mas ainda assim venceria eleição em primeiro turno; Dilma Rousseff apresentou 37% agora, contra 14% para Aécio Neves e 6% para Eduardo Campos; avaliação do governo obteve 34% de "ótimo" e "bom"; candidatos da oposição não subiram, à exceção de Aécio, com um ponto a mais; cenário com Marina Silva apontou 10% para a ex-ministra; antes, pesquisa Vox Populi mostrou 40% para Dilma; em ambos os levantamentos, presidente ganha eleição em primeiro turno; resistência à pressão parece ser maior do que a oposição gostaria.

Instituto mostra presidente com três pontos a menos do que na pesquisa anterior, mas ainda assim venceria eleição em primeiro turno; Dilma Rousseff apresentou 37% agora, contra 14% para Aécio Neves e 6% para Eduardo Campos; avaliação do governo obteve 34% de “ótimo” e “bom”; candidatos da oposição não subiram, à exceção de Aécio, com um ponto a mais; cenário com Marina Silva apontou 10% para a ex-ministra; antes, pesquisa Vox Populi mostrou 40% para Dilma; em ambos os levantamentos, presidente ganha eleição em primeiro turno; resistência à pressão parece ser maior do que a oposição gostaria.

Embora tenha perdido três pontos percentuais entre março e abril, a presidente Dilma Rousseff registra 37% das intenções de voto do eleitorado, revela pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira 17 pela TV Globo e portal G1. Com esse índice, a pré-candidata do PT à reeleição ganharia a eleição em primeiro turno em todos os dois cenários pesquisados. Na semana passada, pesquisa Vox Populi mostrou Dilma em primeiro lugar com 40% de intenções.

Dilma venceria com 37% nos dois cenários. No primeiro, o senador do PSDB Aécio Neves teria 14% dos votos, e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), 6%. No segundo, com Marina Silva, candidata a vice, no lugar de Campos, a ex-senadora teria 10% da preferência do eleitorado. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Depois de atacar a política econômica do governo Dilma Rousseff e pedir a cabeça do ministro Guido Mantega, revista britânica afirma que "trabalhadores brasileiros são gloriosamente improdutivos"; reportagem intitulada "50 anos de soneca", numa alusão ao fato de que, segundo a publicação, nas últimas cinco décadas a produtividade do trabalhador no País estacionou, ou até mesmo caiu, ao contrário de outros emergentes, traz a foto de um homem descansando em uma rede na praia; passou dos limites?

Depois de atacar a política econômica do governo Dilma Rousseff e pedir a cabeça do ministro Guido Mantega, revista britânica afirma que “trabalhadores brasileiros são gloriosamente improdutivos”; reportagem intitulada “50 anos de soneca”, numa alusão ao fato de que, segundo a publicação, nas últimas cinco décadas a produtividade do trabalhador no País estacionou, ou até mesmo caiu, ao contrário de outros emergentes, traz a foto de um homem descansando em uma rede na praia; passou dos limites?

Depois de criticar a política econômica da presidente Dilma Rousseff, pedir por mais de uma vez a cabeça do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e até desdenhar o leilão de Libra, do pré-sal, definindo o negócio como “barato”, a revista britânica The Economist passou dos limites. Em sua última edição impressa (leia aqui, em inglês), a publicação traz uma reportagem intitulada “The 50-year snooze” (50 anos de soneca, em português), uma alusão ao que interpreta como um estacionamento ou mesmo queda na produção por trabalhador brasileiro nas últimas cinco décadas. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Requião vê desespero de Richa, que esta semana abriu fogo contra o peemedebista; cibertucanos teleguiados pelo Palácio Iguaçu intensificaram trollagem contra o senador; que excepcionalidade aconteceu em apenas uma semana capaz de reorientar a estratégia do tucanato? Ora, as pesquisas, as malditas pesquisas; "Os samurais são perfeitos tecnicamente porque são treinados para não temer a morte. Eu, a exemplo dos samurais japoneses, não temo perder ou ganhar uma eleição", disse Requião, sinalizando que vai para briga aberta com Richa; ontem, em carta enviada ao Blog do Esmael, da França, Pessuti confirmou sua fé na candidatura própria e fulminou tese da coligação com o PSDB: “Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido”.

Requião vê desespero de Richa, que esta semana abriu fogo contra o peemedebista; cibertucanos teleguiados pelo Palácio Iguaçu intensificaram trollagem contra o senador; que excepcionalidade aconteceu em apenas uma semana capaz de reorientar a estratégia do tucanato? Ora, as pesquisas, as malditas pesquisas; “Os samurais são perfeitos tecnicamente porque são treinados para não temer a morte. Eu, a exemplo dos samurais japoneses, não temo perder ou ganhar uma eleição”, disse Requião, sinalizando que vai para briga aberta com Richa; ontem, em carta enviada ao Blog do Esmael, da França, Pessuti confirmou sua fé na candidatura própria e fulminou tese da coligação com o PSDB: “Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido”.

O senador Roberto Requião (PMDB), nesta semana, passou a ser alvo preferencial da artilharia do Palácio Iguaçu. Cibertucanos, especializados em trollagem na internet, viraram seus canhões teleguiados nas redes sociais contra o peemedebista. Coincidência ou não, na terça (15) o Blog do Esmael revelou que numa pesquisa do PSC, realizada em Curitiba, o parlamentar teria virado e estaria liderando a corrida pelo governo do Paraná.

“Chega às minhas mãos uma pesquisa, não registrada, feita por candidatos a deputado do PSC. Porreta, Betinho tem razão para estar em desespero”, confirmou Requião, via Twitter, nesta quinta (17).

O blog ouviu o senador sobre esse novo quadro, onde ele se transformou em alvo da artilharia tucana.

“Os samurais são perfeitos tecnicamente porque são treinados para não temer a morte. Eu, a exemplo dos samurais japoneses, não temo perder ou ganhar uma eleição”, disse Requião, sinalizando que vai para briga aberta com Richa.

Além dos ataques que Requião passou a recebe na internet, o próprio governador Richa também o elegeu como a “bola da vez” em seus discursos e entrevistas. Foi assim, por exemplo, em Guarapuava na última terça.

É bom lembrar que até semana passada, o esporte preferido dos cibertucanos e dos tucanos era atacar a senadora Gleisi Hoffmann.

Que diabo de tão importante aconteceu em uma semana para que o Palácio Iguaçu reorientasse sua estratégia? Ora, as pesquisas, as malditas pesquisas…

Subitamente, o Palácio Iguaçu descobriu que o festival de pancadaria contra a petista não modificou sua intenção de votos (clique aqui). E mais: Richa caiu, sendo ultrapassado por Requião na capital paranaense.

O quadro desesperador tem a ver com a disputa interna no PMDB. em junho, os convencionais tendem escolher Requião com candidato do partido para uma quarta temporada no Palácio Iguaçu. Os estrategistas de Richa esperavam apoio dos peemedebistas para o projeto de reeleição. Ao que tudo indica, entrou água no chope tucano.

Da França, o ex-governador Orlando Pessuti enviou ontem carta ao Blog do Esmael que sepultou de uma vez por todas o sonho de aliança do PMDB com o PSDB no Paraná. “Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido”, fulminou, ao reafirmar seu compromisso com a candidatura própria ao governo do Paraná (clique aqui).

No Paraná, a frente política já trabalha com um cenário eleitoral sem Beto Richa no segundo turno (clique aqui).

Acerca dos cibertucanos: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Pleno emprego no país tem garantido a presidenta Dilma condição de favorita nas eleições deste ano; nesta quinta (17), segundo pesquisa do IBGE, taxa de desemprego fechou março em 5%, a menor taxa para o mês desde o início da série histórica iniciada em 2002; por outro lado, economistas ligados à oposição oferecem como esperança aos brasileiros desemprego,  congelamento de salários, fim de programas sociais, dentre outras barbaridades neoliberais para salvaguardar o "mercado" ameaçado pelo “lulopetismo”.

Pleno emprego no país tem garantido a presidenta Dilma condição de favorita nas eleições deste ano; nesta quinta (17), segundo pesquisa do IBGE, taxa de desemprego fechou março em 5%, a menor taxa para o mês desde o início da série histórica iniciada em 2002; por outro lado, economistas ligados à oposição oferecem como esperança aos brasileiros desemprego, congelamento de salários, fim de programas sociais, dentre outras barbaridades neoliberais para salvaguardar o “mercado” ameaçado pelo “lulopetismo”.

A despeito de economistas ligados ao tucano Aécio Neves (MG), candidato à Presidência da República, como Armínio Fraga, que defendem desemprego, congelamento do salário mínimo, fim de programas proativos, dentre outras barbaridades neoliberais para salvaguardar o “mercado” ameaçado pelo governo Dilma Rousseff (PT), o país segue forte no pleno emprego. Em março, a taxa de desemprego fechou março em 5%, a menor taxa para o mês desde o início da série histórica iniciada em 2002. Leia a matéria da Agência Brasil:

Março registrou taxa de desemprego de 5% (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Roberto Requião, pelo Twitter, nesta quinta (17), disse que já pediu voto para André Vargas (PT) e Ratinho Júnior (PSC); na manhã de hoje, o telejornal Jornal da Massa exibiu um vídeo de 2010 em que o peemedebista indica o petista para a Câmara; "Rede Massa coloca um védeo em que peço voto pro André (coligação), já pedi também para o Ratinho. Me enganei? peço desculpas", tuitou o senador.

Roberto Requião, pelo Twitter, nesta quinta (17), disse que já pediu voto para André Vargas (PT) e Ratinho Júnior (PSC); na manhã de hoje, o telejornal Jornal da Massa exibiu um vídeo de 2010 em que o peemedebista indica o petista para a Câmara; “Rede Massa coloca um védeo em que peço voto pro André (coligação), já pedi também para o Ratinho. Me enganei? peço desculpas”, tuitou o senador.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Deputado petista estava pronto para entregar o mandato, depois de renunciar à vice-presidência da Câmara; no entanto, deputados oposicionistas, como Rubens Bueno (PPS/PR) e Julio Delgado (PSB/MG) radicalizaram o discurso, ao afirmar que o processo de Vargas no Conselho de Ética irá continuar mesmo com sua renúncia; resultado: Vargas, que sairia, ficou; ponto para a oposição?

Deputado petista estava pronto para entregar o mandato, depois de renunciar à vice-presidência da Câmara; no entanto, deputados oposicionistas, como Rubens Bueno (PPS/PR) e Julio Delgado (PSB/MG) radicalizaram o discurso, ao afirmar que o processo de Vargas no Conselho de Ética irá continuar mesmo com sua renúncia; resultado: Vargas, que sairia, ficou; ponto para a oposição?

A renúncia do deputado federal André Vargas (PT) era dada como praticamente certa desde que ele anunciou, na semana passada, que entregaria o cargo de vice-presidente da Câmara. Evitaria assim uma possível cassação e a consequente inelegibilidade. Com a pressão midiática, após denúncias de envolvimento dele com o doleiro Alberto Youssef, a direção do PT entendia que a renúncia era a melhor decisão, dado o fato de este ser um ano eleitoral. No entanto, a oposição fez Vargas mudar sua rota. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Jornal liderado por João Roberto Marinho diz que eleitos para o encontro com o ex-presidente Lula atuam em “blogs que polarizam, invariavelmente, à esquerda, e são cada vez mais usados como munição na disputa eleitoral”; Conceição Lemes, que representou o Viomundo, acusa Globo de querer promover uma caça aos blogueiros progressistas: “Um macartismo à brasileira”, em referência ao movimento dos EUA da década de 40 que se caracterizou por intensa patrulha anticomunista, perseguição política e dersrespeito aos direitos civis; Paulo Nogueira, do DCM, também ironiza publicação e sugere nomes como Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi para bancada de entrevistadores de Lula na linha sugerida pelo Globo.

Jornal liderado por João Roberto Marinho diz que eleitos para o encontro com o ex-presidente Lula atuam em “blogs que polarizam, invariavelmente, à esquerda, e são cada vez mais usados como munição na disputa eleitoral”; Conceição Lemes, que representou o Viomundo, acusa Globo de querer promover uma caça aos blogueiros progressistas: “Um macartismo à brasileira”, em referência ao movimento dos EUA da década de 40 que se caracterizou por intensa patrulha anticomunista, perseguição política e dersrespeito aos direitos civis; Paulo Nogueira, do DCM, também ironiza publicação e sugere nomes como Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi para bancada de entrevistadores de Lula na linha sugerida pelo Globo.

Com uma matéria intitulada “A entrevista dos camaradas”, o jornal O Globo, liderado por João Roberto Marinho coloca em questão time de blogueiros convidados pelo Instituto Lula para entrevista exclusiva com o ex-presidente Lula na semana passada.

Com evidente dor de cotovelo, publicação diz que os eleitos para o encontro com o ex-presidente Lula atuam em “blogs que polarizam, invariavelmente, à esquerda, e são cada vez mais usados como munição na disputa eleitoral”.

Tentativa de descreditar entrevista é rebatida por Conceição Lemes, que representou o Viomundo no encontro, e por Paulo Nogueira, do DCM. Leia as respectivas respostas: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Campanha disseminada contra deputado André Vargas (PT-PR), inclusive por amigos de ontem, contribuem para criminalizar a atividade política no Paraná e no Brasil; correligionários do tucano Beto Richa, com quem o petista mantinha relação amistosa e suprapartidária, divulgam nas redes sociais um vídeo no qual Requião aparece pedindo votos para o deputado; Naquela disputa de 2010, peemedebistas e petistas estiveram juntos na chapa que teve o senador Osmar Dias (PDT) como candidato ao governo do Paraná; abaixo, assista ao vídeo.

Campanha disseminada contra deputado André Vargas (PT-PR), inclusive por amigos de ontem, contribuem para criminalizar a atividade política no Paraná e no Brasil; correligionários do tucano Beto Richa, com quem o petista mantinha relação amistosa e suprapartidária, divulgam nas redes sociais um vídeo no qual Requião aparece pedindo votos para o deputado; Naquela disputa de 2010, peemedebistas e petistas estiveram juntos na chapa que teve o senador Osmar Dias (PDT) como candidato ao governo do Paraná; abaixo, assista ao vídeo.

Alçado à condição de “inimigo número 1″ da Nação devido linchamento diário na mídia, desde o sugestivo dia 1º de abril, o deputado federal André Vargas (PT), ex-vice-presidente da Câmara, tem relações políticas suprapartidárias no Paraná.

Engana-se quem acha que o petista faz política só para dentro do PT, de forma sectária. O deputado sempre manteve laços estreito e amistosos com todas as siglas e lideranças do estado, a exemplo do governador Beto Richa (PSDB) e do senador Roberto Requião (PMDB). (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, volta a analisar a propaganda de Beto Richa, que, segundo ele, encena um governo que "não existe"; especialista em políticas públicas, o colunista afirma que discurso e imagens do tucano são exaustivamente ensaiados, decorados, montadas, as quais não batem com a realidade do povo paranaense; "A última tentativa de montagem de uma imagem positiva foi em Cascavel, na última sexta-feira, quando funcionários comissionados se passaram por professores para segurar faixas de apoio ao governador do lado de dentro da cerca do evento. Enquanto isso, do lado de fora, os verdadeiros professores e a APP reclamavam do abandono da educação pelo atual governo", exemplifica; Requião Filho destaca que exército de comissionados, na internet, já ataca de adversários políticos do governo de forma “anônima”; leia o texto.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, volta a analisar a propaganda de Beto Richa, que, segundo ele, encena um governo que “não existe”; especialista em políticas públicas, o colunista afirma que discurso e imagens do tucano são exaustivamente ensaiados, decorados, montadas, as quais não batem com a realidade do povo paranaense; “A última tentativa de montagem de uma imagem positiva foi em Cascavel, na última sexta-feira, quando funcionários comissionados se passaram por professores para segurar faixas de apoio ao governador do lado de dentro da cerca do evento. Enquanto isso, do lado de fora, os verdadeiros professores e a APP reclamavam do abandono da educação pelo atual governo”, exemplifica; Requião Filho destaca que exército de comissionados, na internet, já ataca de adversários políticos do governo de forma “anônima”; leia o texto.

Requião Filho*

Já escrevi neste espaço que o atual governo do Paraná é um governo de marketing. Vou repetir: o atual governo não existe! O produto, leia-se Beto Richa, foi fabricado após uma minuciosa pesquisa junto ao consumidor.

Foram a campo e descobriram o que a população, naquele momento eleitoral, queria comprar. Construíram um produto do jeito que a pesquisa mandou, nada no produto é nato, é dele… Tudo é um recorte de coisas que poderiam agradar ao grande público.

As roupas, o jeito de andar, o ângulo da foto, e, principalmente o discurso. Tudo isto é ensaiado, coreografado, decorado e repetido.

Após exaustivas aparições públicas todas as imagens são estudadas, criticadas e recomeçam os ensaios e as passagens de texto.

O personagem de nossa novela se adapta conforme o ibope insinua, mais à esquerda, mais à direita, mais sorriso, menos sorriso, e la vida va.

Nós paranaenses vemos as encenações, as propagandas, e nada é feito de concreto em nosso Estado. Tudo são efeitos especiais, são cortinas e fumaça, nada acontece além de belas e vistosas propagandas no horário eleitoral.

A imagem deste governo é tão importante para eles, apesar de superdesgastada, que independem da realidade. Lembrem-se das janelas da propaganda que mostrava um Paraná sem problemas e nas ruas as viaturas estavam paradas e o Estado inadimplente.

A última tentativa de montagem de uma imagem positiva foi em Cascavel, na sexta-feira, quando funcionários comissionados se passaram por professores para segurar faixas de apoio ao governador do lado de dentro da cerca do evento. Enquanto isso, do lado de fora, os verdadeiros professores e a APP reclamavam do abandono da educação pelo atual governo. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Charge de Bruno Galvão - Vale Paraibano.

Charge de Bruno Galvão – Vale Paraibano.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

capa_hojeJornais do Paraná

- Gazeta do Povo: Lei agrava punição para quem faz racha e dirige alcoolizado

- Bem Paraná: Vacinação contra gripe pode atrasar

- Jornal Metro: Senado barra doações de empresas a campanhas

- Folha de Londrina: Fraude no IR teria desviado R$ 18 mi dos cofres públicos

- O Diário (Maringá): Observatório denuncia irregularidades na UEM

- Diário dos Campos: Refém é liberado depois de 8 horas de rebelião

- Jornal da Manhã: 8 horas de tensão

- Correio do Cidadão: Plano Municipal do Livro, Leitura e Literatura é lançado em Campo Mourão

- O Paraná: Cadeias do Oeste abrigam mais de dois presos por vaga

- Gazeta do Paraná: Cascavel terá que esperar mais ‘um ano’ por Cetrad

- Jornal Hoje: Evasão escolar dobra em três anos

- Gazeta do Iguaçu: Réu é condenado a 34 anos de prisão por duplo homicídio

- Tribuna de Cianorte: PR recebe com atraso de 15 dias a vacina contra gripe

- Umuarama Ilustrado: Quem pedir Nota Fiscal no PR vai concorrer a prêmios

- Tribuna do Norte: Apucarana vai ampliar coleta seletiva

Jornais de outros estados

- Globo: Aumentos na conta de luz variam de 11% a 29%

- Folha: Bahia recorre ao Exército após greve de PMs e saques

- Estadão: Líderes do PT defendem que Vargas renuncie ao mandato na Câmara

- Correio: Vargas, um zumbi que assombra o PT

- Valor: Campanha oficial tenta resgatar o apoio à Copa

- Estado de Minas: #NãoVaiTerFeriado

- Zero Hora: Luz 29% mais cara para 3,8 milhões de gaúchos

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Pesquisa Vox Populi divulgada nesta tarde aponta a presidente Dilma Rousseff liderando a disputa pelo Palácio do Planalto, com 40% das intenções de voto do eleitorado; adversários do PSDB, Aécio Neves, e do PSB, Eduardo Campos, ficaram estacionados, com 16% e 8%, respectivamente; candidata do PT oscilou um ponto negativo em relação à última pesquisa, feita em fevereiro, mas ainda venceria eleições no primeiro turno.

Pesquisa Vox Populi divulgada nesta tarde aponta a presidente Dilma Rousseff liderando a disputa pelo Palácio do Planalto, com 40% das intenções de voto do eleitorado; adversários do PSDB, Aécio Neves, e do PSB, Eduardo Campos, ficaram estacionados, com 16% e 8%, respectivamente; candidata do PT oscilou um ponto negativo em relação à última pesquisa, feita em fevereiro, mas ainda venceria eleições no primeiro turno.

Levantamento realizado pelo Instituto Vox Populi e divulgado pela revista CartaCapital na tarde desta quarta-feira 16 aponta, mais uma vez, a vitória da presidente Dilma Rousseff já em primeiro turno, com 40% das intenções de voto. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, para o comentarista Paulo Martins; âncora Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento; chamado de “Sheherazade das Araucárias” e considerado extrema-direita, Martins tem apavorado a esquerda, em geral, e os petistas, em particular, contra quem espezinha manhã e noite nos telejornais da afiliada do SBT; assista aos vídeos de Martins.

Apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, para o comentarista Paulo Martins; âncora Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento; chamado de “Sheherazade das Araucárias” e considerado extrema-direita, Martins tem apavorado a esquerda, em geral, e os petistas, em particular, contra quem espezinha manhã e noite nos telejornais da afiliada do SBT; assista aos vídeos de Martins.

O apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, do comentarista Paulo Martins.

Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff, nesta quarta (16), em discurso durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio do Planalto, pediu para que a sociedade pressione o Congresso Nacional para que vote a reforma política visando alterar as regras do sistema político no país; “Assim como no caso das Diretas, o sucesso não foi imediato. Uma transformação dessa natureza implica alteração de culturas, práticas, instituições, processos políticos e mecanismos", disse, referindo-se ao movimento pelo voto direito para presidente da República há 30 anos; Dilma acrescentou que, para que a transformação se imponha, é preciso que toda a sociedade se mobilize: "Se quisermos reforma política efetiva, temos que nos engajar nessa proposta”.

A presidenta Dilma Rousseff, nesta quarta (16), em discurso durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio do Planalto, pediu para que a sociedade pressione o Congresso Nacional para que vote a reforma política visando alterar as regras do sistema político no país; “Assim como no caso das Diretas, o sucesso não foi imediato. Uma transformação dessa natureza implica alteração de culturas, práticas, instituições, processos políticos e mecanismos”, disse, referindo-se ao movimento pelo voto direito para presidente da República há 30 anos; Dilma acrescentou que, para que a transformação se imponha, é preciso que toda a sociedade se mobilize: “Se quisermos reforma política efetiva, temos que nos engajar nessa proposta”.

A presidenta Dilma Rousseff pediu hoje (16) mobilização popular pela reforma política e comparou a iniciativa ao movimento Diretas Já!, que há 30 anos tomou as ruas em defesa das eleições diretas para a Presidência da República no país. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

da Agência Senado

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania votou, em turno suplementar, substitutivo a projeto de lei proibindo doações de empresas em dinheiro, ou por meio de publicidade, a candidatos e partidos políticos; se não houver recurso para votação pelo Plenário do Senado, a matéria será enviada agora à Câmara dos Deputados; matéria também é julgada pelo STF; senador Roberto Requião (PMDB-PR), autor do texto, decidiu pela proibição de toda e qualquer contribuição financeira de empresas a partidos e candidatos.

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania votou, em turno suplementar, substitutivo a projeto de lei proibindo doações de empresas em dinheiro, ou por meio de publicidade, a candidatos e partidos políticos; se não houver recurso para votação pelo Plenário do Senado, a matéria será enviada agora à Câmara dos Deputados; matéria também é julgada pelo STF; senador Roberto Requião (PMDB-PR), autor do texto, decidiu pela proibição de toda e qualquer contribuição financeira de empresas a partidos e candidatos.

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) votou nesta quarta-feira (16), em turno suplementar, substitutivo a projeto de lei (PLS 60/2012) da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) proibindo doações de empresas em dinheiro, ou por meio de publicidade, a candidatos e partidos políticos. Se não houver recurso para votação pelo Plenário do Senado, a matéria será enviada à Câmara dos Deputados. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Estudantes realizaram protesto hoje (16) em frente ao Colégio Estadual do Paraná (CEP), o maior do estado, em Curitiba, em apoio à greve dos educadores prevista para a próxima quarta, dia 23 de abril, por tempo indeterminado; magistério paranaense exige o respeito à Lei do Piso, que prevê 33% de hora-atividade, e o pagamento de R$ 100 milhões referente a progressões e avanços atrasados (fotos: Valnísia Mangueira/divulgação, com informações da APP-Sindicato).

Estudantes realizaram protesto hoje (16) em frente ao Colégio Estadual do Paraná (CEP), o maior do estado, em Curitiba, em apoio à greve dos educadores prevista para a próxima quarta, dia 23 de abril, por tempo indeterminado; magistério paranaense exige o respeito à Lei do Piso, que prevê 33% de hora-atividade, e o pagamento de R$ 100 milhões referente a progressões e avanços atrasados (fotos: Valnísia Mangueira/divulgação, com informações da APP-Sindicato).

Entidades ligadas ao movimento estudantil realizaram na manhã desta hoje (16), em Curitiba, uma mobilização em apoio à greve de educadores a partir da quarta-feira que vem, dia 23 de abril. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

De Paris, na França, onde faz peregrinação no Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, ex-governador Orlando Pessuti manda carta ao 'Blog do Esmael' que, na prática, enterra o sonho de coligação do PMDB com o tucano Beto Richa; junto com Requião, na tese da candidatura própria, experientes analistas políticos apostam vitória do projeto de retorno ao Palácio Iguaçu com 90% dos votos dos convencionais; "Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido", ordenou o secretário-geral do “MDB velho de guerra”; leia a missiva na íntegra.

De Paris, na França, onde faz peregrinação no Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, ex-governador Orlando Pessuti manda carta ao ‘Blog do Esmael’ que, na prática, enterra o sonho de coligação do PMDB com o tucano Beto Richa; junto com Requião, na tese da candidatura própria, experientes analistas políticos apostam vitória do projeto de retorno ao Palácio Iguaçu com 90% dos votos dos convencionais; “Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido”, ordenou o secretário-geral do “MDB velho de guerra”; leia a missiva na íntegra.

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB, de Paris, na França, enviou nesta quarta (16) reafirmando sua fé na candidatura própria do partido ao governo do Paraná.

O peemedebista e a esposa, Dona Regina, fazem peregrinação no o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes naquele país do velho continente.

Na carta, Pessuti evita falar na sua candidatura ao Palácio Iguaçu, mas ressalta que defende o projeto autônomo do PMDB. “Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido”, ordena.

Na matemática de experientes analistas políticos Pessuti e o senador Roberto Requião, juntos, somariam mais de 90% dos votos na convenção estadual do PMDB prevista para junho.

Na prática, o secretário-geral do PMDB, da França, fulmina a hipótese de coligação com o governador Beto Richa:

A seguir, leia a íntegra carta de Pessuti: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Tucanos não conseguem entender como a petista Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao Palácio Iguaçu, vem mantendo praticamente os mesmos índices de intenção de votos em pesquisas internas, mesmo com pancadaria diária na mídia; palacianos enumeram caso André Vargas, empréstimos ao Paraná e CPI da Petrobras, que poderia criar desgastes à ex-ministra e senadora do PT.

Tucanos não conseguem entender como a petista Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao Palácio Iguaçu, vem mantendo praticamente os mesmos índices de intenção de votos em pesquisas internas, mesmo com pancadaria diária na mídia; palacianos enumeram caso André Vargas, empréstimos ao Paraná e CPI da Petrobras, que poderia criar desgastes à ex-ministra e senadora do PT.

O Palácio Iguaçu está impressionado com a resistência da ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT), pré-candidata ao governo do estado. Apesar da pancadaria diária na mídia contra o governo federal, André Vargas, a novela dos empréstimos ao Paraná, CPI da Petrobras, etc. e tal, a petista mantém índices de intenção de votos que invejam os tucanos que lutam pela reeleição de Beto Richa. A moça oscilou pouco para baixo. Muito pouco, pela quantidade de torpedos que recebeu nas últimas semanas.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Coincidência ou não, Globo, Folha e Estado circulam nesta terça com a mesma manchete: o reconhecimento, por Graça Foster, presidente da Petrobras, de que a compra da refinaria de Pasadena "não foi um bom negócio"; jornais, naturalmente, simplificam a declaração e retiram ressalvas importantes como "aos olhos de hoje" ou complementos como o de que, naquele momento em que foi fechada, a transação parecia atrativa; o que importa é reforçar a pressão sobre a ministra Rosa Weber, do STF, para que ela garanta, liminarmente, a CPI exclusiva da Petrobras em ano eleitoral.

Coincidência ou não, Globo, Folha e Estado circulam nesta terça com a mesma manchete: o reconhecimento, por Graça Foster, presidente da Petrobras, de que a compra da refinaria de Pasadena “não foi um bom negócio”; jornais, naturalmente, simplificam a declaração e retiram ressalvas importantes como “aos olhos de hoje” ou complementos como o de que, naquele momento em que foi fechada, a transação parecia atrativa; o que importa é reforçar a pressão sobre a ministra Rosa Weber, do STF, para que ela garanta, liminarmente, a CPI exclusiva da Petrobras em ano eleitoral.

Manchete da Folha de S. Paulo: “Refinaria não foi bom negócio, diz Graça Foster”.

Manchete do Estado de S. Paulo: “Refinaria nos EUA ‘não foi negócio’, afirma Graça Foster”.

Manchete do Globo: “Petrobras, enfim, admite que não fez bom negócio”. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.