Transmissão ao vivo encerrada às 12h15.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, desde Curitiba, a assembleia geral da APP-Sindicato e em lembrança dos quatro meses do massacre ocorrido durante manifestação contra confisco da ParanáPrevidência, quando 213 pessoas ficaram feridas.

Quatro meses após, o “Carniceiro do Centro Cívico” continua a massacrar os educadores — agora moralmente — retirando conquistas e atacando a democracia na escola.

Richa planeja indicar os diretores nos 2,1 mil estabelecimentos de ensino. Ele encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto fajuta e antidemocrático.

A escalada autoritária do governo do PSDB só será freada se houver mobilização à altura. A resposta começará a ser dada neste sábado, nas ruas, pela comunidade escolar paranaense. (mais…)

Compartilhe!
    aecio

    Em sua coluna semanal, Jorge Bernardi (PDT) aponta as possíveis ligações entre esquemas de corrupção que teriam sido criados em Minas Gerais pelo PSDB de Aécio Neves com os desvios desbaratados pela operação Lava Jato e com as suspeitas de corrupção no governo do Paraná investigadas pelo Gaeco. Leia, ouça, comente e compartilhe.

    Jorge Bernardi*

    Download

    Tudo começou em Minas e é para Minas que tudo vai voltar. Foi assim com o mensalão, inventado pelo governador tucano Eduardo Azeredo (PSDB), operado pelo publicitário Marco Valério. O “Mensalão Mineiro” ainda não deu em nada. Os acusados estão livres, leves e soltos. Já pelo Mensalão do PT, Valério cumpre 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão.

    Em 2007, segundo governo de Aécio Neves (PSDB), teve início a construção Centro Administrativo de Minas, projeto de Oscar Niemayer. A época, Aécio andava próximo de Lula e chegou a ser acusado de ter feito corpo mole na campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB) de 2006.

    O empreendimento foi apontado pelo governador tucano como “a maior obra de engenharia civil em execução na América Latina”. O custo previsto de R$ 900 milhões de reais no final dobrou chegando a R$ 1,7 bilhão (R$ 2,4 bilhões atualizados em 2015 pelo IGP-M).

    Denominado de “Cidade Administrativa de Minas”, a obra foi dividida em três lotes, e executada por três consórcios.

    LOTE 1 (Consórcio)

    LOTE 2 (Consórcio)

    LOTE 3 (Consórcio)

    Camargo Correa

    Odebrecht

    Andrade Gutierrez

    Santa Barbara

    OAS

    Via Engenharia

    Mendes Júnior

    Queiroz Galvão

    Barbosa Mello

    Das nove empreiteiras que compunham os consórcios seis (em negrito) estão sendo processadas no Lava Jato. O Ministério Público de Minas chegou a investigar a formação de cartel e fraude a licitação, sem resultado algum. (mais…)

    Compartilhe!
      Charge de Aroeira para O Dia (RJ)

      Charge de Aroeira para O Dia (RJ)

      Compartilhe!

        cartaJornais do Paraná

        Gazeta do Povo: Brasil entra em recessão técnica com queda do PIB no 2° trimestre

        Folha de Londrina: PIB recua 1,9%, pior resultado desde 2009

        O Diário (Maringá): 397.437

        Diário dos Campos: População de PG passa dos 337 mil habitantes

        Jornal da Manhã: Campos Gerais ultrapassa 1,1 milhão de habitantes

        O Paraná: População do Oeste chega a quase 1,3 milhão de pessoas

        Gazeta do Paraná: IBGE mostra que Brasil está mesmo em recessão

        Jornal Hoje: Multas por não uso da cadeirinha crescem 37%

        Diário do Noroeste: Paranavaí chega a 86.773 habitantes

        Tribuna de Cianorte: Financiamentos de veículos caem três anos consecutivos em Cianorte

        Tribuna do Norte: Moradores lotam Câmara para debater número de vereadores

        Jornais de outros estados

        Globo: Recessão

        Folha: PIB mergulha e recessão se alonga

        Estadão: PIB cai 1,9% no trimestre e Brasil entra em recessão

        Correio Braziliense: O Brasil em queda livre

        Estado de Minas: Recessão sem data para acabar

        Zero Hora: Economia encolhe 1,9% e põe o País em recessão

        Capas de revistas:

        CartaCapital: Dilma complica Dilma

        Veja: A face feroz da China

        IstoÉ: O caçador de crimes eleitorais

        Época: Nosso homem em havana

        Compartilhe!


          Partidos e movimentos sociais lançam nesta sexta (29), em Curitiba, a Frente Nacional Popular e Democrática. (mais…)

          Compartilhe!

            Criminalista Claudio Dalledone Junior terá que decidir nos próximos dias se encaminhará 'delação premiada' do empreiteiro Eduardo Lopes;ex-dono da Valor é acusado de desviar R$ 30 milhões que eram destinados à construção de escolas.

            Criminalista Claudio Dalledone Junior terá que decidir nos próximos dias se encaminhará ‘delação premiada’ do empreiteiro Eduardo Lopes;ex-dono da Valor é acusado de desviar R$ 30 milhões que eram destinados à construção de escolas.

            A temperatura voltará a subir nos próximos dias na região do Centro Cívico, pois o empresário Eduardo Lopes, ex-dono da empreiteira Valor, pediu para fazer delação premiada na operação “Quadro Negro”, do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce).

            O empresário ficou preso uma semana acusado de desviar R$ 30 milhões recursos que seriam destinados para a construção de escolas.

            Além do ex-dono da Valor, outras quatro pessoas tiveram prisão decretada (todos já estão soltos), entre elas o ex-diretor de Diretoria de Engenharia, Projetos e Orçamentos da Secretaria da Educação (SEED), Maurício Jandoi Fanini Antonio, amigo do governador Beto Richa (PSDB).

            Pois bem, Eduardo Lopes procurou nesta sexta-feira (29) o advogado dele, o criminalista Claudio Dalledone Júnior. O empresário pediu para “colaborar” com a Justiça, pois, de acordo com uma fonte do Blog do Esmael, o acusado diz que não quer voltar para a cadeia.

            “Eu não volto para a cadeia porque não peguei o dinheiro”, jurou o empreiteiro.

            Sem entrar no mérito da acusação, que é grave, há quem defenda que as grades da Assembleia Legislativa sejam reforçadas e transformadas numa “prisão” porque a bronca teria participação direta de deputados.

            Agora a pergunta que não quer calar: o advogado Dalledone, que não costuma afrouxar o sutiã, intermediaria uma delação premiada capaz de implodir o Centro Cívico? Ele nunca negociou algo parecido antes. A conferir.

            Compartilhe!
              poligonal

              O sindicalista Jaime Ferreira dos Santos , o Jaime da Saúde, em artigo para o Blog do Esmael, fala sobre a o polêmica envolvendo a proposta de mudança da poligonal dos portos de Paranaguá e Antonina. A mudança abriria o caminho para a criação de novos portos, como um terminal de contêineres em Pontal do Paraná, por exemplo. Mas há muita gente contra a proposta, pois “tiraria” empregos de Paranaguá e desregularia a atividade no setor, criando concorrência desleal. O debate está aberto. 

              Jaime da Saúde*

              “Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos”.
              Ray Kroc

              O assunto mais discutido no meio sindical portuário em Paranaguá nos últimos meses tem sido a nova poligonal.

              Infelizmente, alguns empresários e certos políticos em decadência e que nunca fizeram nada por nossa cidade e sobretudo pelo nosso litoral, querem agora enganar a população dizendo que a nova poligonal, prevista na nova Lei dos Portos, do governo federal, irá tirar os empregos dos parnanguaras. Isso é uma mentira!

              A Lei dos Portos (12.815/2013), e por consequência a nova poligonal, irá permitir que novos empreendimentos se instalem em nossos municípios, dentre os quais: Porto de Pontal do Paraná, Projeto Terlip, Projeto Prange, Projeto Melport – Pré-Sal, dentre outros, possibilitando a geração de milhares de empregos – diretos e indiretos.

              Mas, por que alguns setores em nossa cidade teimam em semear a mentira? Simples. Com isso empresas que querem manter o monopólio vão ficar sempre explorando a mão de obra dos nossos trabalhadores, pois se os empregos são escassos, a luta sindical por mais direitos e melhores salários fica mais fraca ainda.

              É por isso que conclamo a todos os cidadãos a debater e conhecer melhor essa importante mudança que trará mais desenvolvimento ao nosso litoral, que é a nova poligonal, principalmente num momento em que a taxa de desemprego no estado do Paraná é a maior da região sul do país. (mais…)

              Compartilhe!

                sindicatisO Samba do Sindicatis se reúne neste sábado (29) no Vila Fanny FC para cantar e exaltar a produção autoral do sambista, pesquisador e compositor, Rafael Lo Ré. O Sindicatis é uma roda de samba “de raiz” com foco em sambas de terreiro, partido alto e outras “brasas”. Além de Rafael Lo Ré, a roda terá a participação especial dos seus companheiros do Glória ao Samba, de São Paulo.

                Lo Ré é pesquisador da história esquecida do samba, um verdadeiro caçador de letras e melodias perdidas dos grandes compositores dos terreiros das escolas de samba tradicionais do Rio, bem como de outros compositores essenciais para a história do samba.

                Assista ao vídeo (mais…)

                Compartilhe!

                  publicanoApesar de tentativas judiciais, políticas e de censura de parte da velha mídia para “melar” a Operação Publicano do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), as investigações avançam, e o Ministério Público do Paraná (MP-PR) já trabalha para bloquear os bens dos envolvidos para que seja possível reaver valores desviados.

                  O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sebastião Reis Júnior, negou liminares a três habeas corpus que tentavam suspender as ações da operação e contestavam a nomeação de um juiz exclusivo para atuar nas denúncias de corrupção na Receita Estadual.

                  Sem conseguir refutar as provas e os fatos criminosos descritos nas denúncias do Ministério Público, os réus buscam agora possíveis falhas processuais para escapar da lei.

                  Portanto, parece que os auditores fiscais e servidores da Receita envolvidos diretamente no esquema de corrupção devem sofrer condenações e devolver recursos desviados, assim como os empresários que também se beneficiaram do esquema pagarão multas e compensações. Mas não é difícil concluir que estes não são os verdadeiros mentores, organizadores e chefes da quadrilha.

                  O Gaeco vem fazendo a sua parte e já encaminhou à Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) informações sobre o suposto envolvimento do governador Beto Richa (PSDB), do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Durval Amaral, e de seu filho, o deputado estadual Tiago Amaral (PSB), no esquema de corrupção na Receita Estadual. Mas a PGJ não levou as investigações a diante.

                  Os indícios de que o esquema foi orquestrado dentro do Palácio Iguaçu são fortes, com a participação de parentes de Richa, como seu primo, Luiz Abi Antoun, além das suspeitas do envolvimento de sua esposa, Fernanda Richa, que teria arrecadado  R$ 2 milhões para a campanha do marido junto aos auditores fiscais em troca de um decreto de promoção em suas carreiras.

                  Há alguns dias, o grupo “Vai Gaeco”, organizado nas redes sociais, iniciou uma campanha para pressionar os deputados estaduais a instalarem uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa do Paraná. É uma bandeira válida, totalmente justificada, mas do jeito que a maioria dos deputados vem agindo com relação ao governo, dificilmente o pedido será atendido.

                  A novidade disso tudo deverá vir da Lava Jato, com quem o Gaeco compartilha informações. Possivelmente haverá conexões com a próxima “Operação Independência”, conforme anotou nesta sexta-feira (28) o Blog do Esmael.

                  Compartilhe!

                    Senador Roberto Requião deverá dar o tom ao ato de lançamento de Frente Popular e Democrática; ele defende mudança na economia, mas sem romper com o governo Dilma; Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 19 horas, vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo.

                    Senador Roberto Requião deverá dar o tom ao ato de lançamento de Frente Popular e Democrática; ele defende mudança na economia, mas sem romper com o governo Dilma; Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 19 horas, vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo.

                    Curitiba será palco na noite desta sexta-feira, dia 28 de agosto, do lançamento nacional da “Frente Popular e Democrática”. O evento ocorrerá a partir das 19 horas, no Hotel Bourbon, com transmissão ao vivo do Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, para o Brasil e o mundo.

                    O objetivo do movimento é conter a escalada do conservadorismo no país, que, segundo a organização, ameaça conquistas sociais e empresas públicas como a Petrobras.

                    “O momento exige a constituição de um vigoroso movimento em defesa da democracia, dos interesses do povo e da nação”, diz um trecho do manifesto.

                    Dentre os convidados para hoje estão os senadores Roberto Requião (PMDB-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Paulo Paim (PT-RS) e Gleisi Hoffmann (PT-PR).

                    O movimento também reunirá o arcebispo curitibano Dom José Antonio Peruzzo, o cientista político Roberto Amaral, ex-presidente nacional do PSB, e o ex-governador gaúcho Tarso Genro (PT).

                    A “Frente Popular e Democrática” deverá levantar a bandeira pela mudança na política econômica do governo Dilma Rousseff (PT), além de defender a taxação das grandes fortunas e redução dos juros.

                    Compartilhe!
                      Governador Beto Richa foi vaiado na quarta (26) durante o show de Caetano e Gil, na Ópera de Arame, e ontem (27) na Arena da Baixada. Amanhã será a vez dos professores voltarem às ruas com a bandeira "Fora Beto Richa".

                      Governador Beto Richa foi vaiado na quarta (26) durante o show de Caetano e Gil, na Ópera de Arame, e ontem (27) na Arena da Baixada. Amanhã será a vez dos professores voltarem às ruas com a bandeira “Fora Beto Richa”.

                      O governador Beto Richa (PSDB) ainda enfrenta vaias em grandes concentrações públicas. Ontem (27) à noite, durante o jogo entre Atlético Paranaense e Joinville, pela Copa Sul-Americana, na Arena da Baixada, a torcida entoou “Fora Beto Richa” na hora da execução do Hino do Paraná.

                      Na quarta-feira (26), no show de Caetano Veloso e Gilberto Gil, na Ópera de Arame, também na capital paranaense, o tucano também foi brindado espontaneamente com um ensurdecedor “Fora Beto Richa”.

                      Como está tudo “dominado”, a velha mídia nada registrou sobre os dois episódios. É a blindagem garantida pelos “pixulecos” da vida, para usar um termo criado pelo juiz Sérgio Moro — o comandante-em-chefe da Lava Jato.

                      Amanhã, sábado, dia 29 de agosto, quatro meses do massacre no Centro Cívico, haverá novo “Fora Beto Richa” nas ruas centrais de Curitiba. Os professores serão os protagonistas dessa manifestação, que será transmitida ao vivo pelo Blog do Esmael — em parceria com a TV 15 — a partir das 9 horas.

                      Entretanto, tem gente falando por aí que “o furacão amainou”. Será mesmo?

                      Em maio passado, conforme o vídeo abaixo, a torcida atleticana já havia mostrado ao país que era politizada e cidadã. Da mesma forma e no mesmo período, no Couto Pereira, os coxa-branca também tinham se solidarizado com os professores massacrados pela polícia de Beto Richa.

                      Assista ao vídeo da torcida atleticana:

                      Compartilhe!

                        lava_jato_independenciaA manutenção da homologação da delação de Alberto Youssef, o doleiro preferido do PSDB, pelo STF, terá desdobramentos nos próximos dias em nova operação da Lava Jato. Nos meios jurídicos e policiais se fala em “Operação Independência”, haja vista a proximidade com a Semana da Pátria.

                        Segundo informações colhidas pelo Blog do Esmael, parte da próxima “Operação Independência” será executada no Paraná em conjunto com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Londrina. O braço policial do Ministério Público do Paraná (MP-PR) tem compartilhado informações com a Polícia Federal e promotores da Lava Jato.

                        Também é importante registrar que o juiz Fernando Fischer, da 2ª Vara Criminal de Curitiba, homologou esta semana um acordo de colaboração com o doleiro Alberto Youssef. Ele já está colaborando com MP-PR na investigação de desvio de dinheiro público, no caso que ficou conhecido como Copel (Companhia Paranaense de Energia)-Olvepar (Óleos e Vegetais Paraná S/A).

                        A “Operação Independência”, se realmente ocorrer, seria uma prova concreta de que a operação Lava Jato nada tem a ver com o PSDB e que as investigações comandadas pelo juiz Sérgio Moro realmente são independentes de partidos políticos e ideologias? A conferir.

                        Mais uma observação: há 15 dias a Lava Jato não prende ninguém e há vaga na carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

                        Compartilhe!

                          bancosUma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontou o desemprego gerado pelos bancos brasileiros que, de janeiro e julho de 2015, fecharam 5.864 postos de trabalho. E pior, na dança da reposição, os novos contratados chegam a ganhar 55% menos dos que os demitidos nos mesmos cargos. As mulheres continuam sofrendo discriminação, recebendo menos salários, mesmo com maior grau de escolaridade.

                          O estudo do Dieese é baseado nos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

                          Os bancos múltiplos, com carteira comercial, categoria que engloba grandes instituições, como Itaú, Bradesco, Santander, HSBC e Banco do Brasil, foram os principais responsáveis pelo saldo negativo. Eles eliminaram 3.715 empregos. A Caixa, apresentou corte de 2.180 postos de trabalho no período.

                          De acordo com o levantamento, além do corte de vagas, a rotatividade continuou alta. Os bancos contrataram 20.426 funcionários e desligaram 26.290 nos sete primeiros meses de 2015.

                          A pesquisa também revela que o salário médio dos admitidos pelos bancos foi de R$ 3.427,10, contra R$ 6.234,13 dos desligados. Assim, os trabalhadores que entraram nos bancos receberam valor médio 55% menor que a remuneração dos dispensados. (mais…)

                          Compartilhe!

                            do Brasil 247
                            lula_recadoAo ser homenageado em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, ao lado do escritor montes-clarense Darcy Ribeiro, o ex-presidente Lula voltou a rechaçar a tentativa de golpe e disse: “nós sabemos o significado do golpe, se quiserem ocupar o lugar da presidenta, disputem as eleições e conquistem a maioria dos votos”.

                            Lula afirmou ainda que governou para provar que “a ascensão do povo brasileiro precisava só de uma oportunidade para acontecer”. O ex-presidente lembrou que foi “massacrado por ter criado o bolsa-família, para dar um pouco de dinheiro para as pessoas terem dignidade”. (mais…)

                            Compartilhe!

                              moro_cmpf_youssefEm 2007, o Congresso Nacional extinguiu a CPMF (Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira) — o popularmente conhecido “imposto do cheque”. Do dia para noite, o Sistema Único de Saúde (SUS) deixou de receber cerca de R$ 80 bilhões anuais em valores atualizados.

                              A alíquota de 0,38% foi defenestrada porque possibilitava o controle da circulação de grandes somas de dinheiro, geralmente sonegados, por meio do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

                              A roubalheira que hoje é investigada pela Lava Jato poderia ter sido combatida na origem se a CPMF ainda existisse. Portanto, os que são contra o “imposto do cheque” é porque temem a Receita Federal e praticam a sonegação.

                              Na época, o Coaf exigia que se informasse ao governo as movimentações de pessoas físicas e jurídicas que ultrapassarem o volume de R$ 5 mil e R$ 10 mil por semestre. Era um horror para os sonegadores contumazes.

                              A volta da CMPF sob o rótulo de “Contribuição Intefederativa da Saúde (CIS)” seria uma bênção para a saúde pública e um reforço no combate à corrupção e facilitaria operações como a Lava Jato.

                              Seja bem-vinda, CIS. Os larápios que entrem debaixo da cama!

                              Compartilhe!
                                Charge de Marco Jacobsen para a Folha de Londrina

                                Charge de Marco Jacobsen para a Folha de Londrina

                                Compartilhe!

                                  capaJornais do Paraná

                                  Gazeta do Povo: Proposta de nova CPMF com alíquota de 0,38% provoca reações do Congresso e empresas

                                  Bem Paraná: Vendaval soprou e a casa caiu em todo lugar

                                  Jornal Metro: Ex-deputado negocia para fazer delação na Lava Jato

                                  Jornal de Londrina: Semestre abre com queda de 6,8% na inadimplência

                                  Folha de Londrina: Negociações salariais geram menos reajustes acima da inflação

                                  O Diário (Maringá): Tesouro trava empréstimo de US$ 500 milhões ao PR

                                  Diário dos Campos: Temporal causa estragos em cidades dos Campos Gerais

                                  O Paraná: Quadrilha usava farmácias para comercializar drogas

                                  Gazeta do Paraná: Pesquisa do IBGE e viaturas mostrar ‘agruras’ da PM-PR

                                  Jornal Hoje: Câmara aprova criação da 4a Vara Federal Criminal

                                  Diário do Noroeste: Comunidade de Graciosa pede melhorias em rodovias

                                  Tribuna de Cianorte: Richa autoriza linha de crédito para capital de giro das empresas

                                  Umuarama Ilustrado: Governo Federal quer recriar a CPMF no País com alíquota de 0,38%

                                  Tribuna do Norte: Mortes no trânsito “migram” para pequenos municípios

                                  Jornais de outros estados

                                  Globo: Congresso e empresários repudiam volta da CPMF

                                  Folha: Volta da CPMF é condenada por políticos e empresários

                                  Estadão: Empresários e Congresso rejeitam volta da CPMF

                                  Correio Braziliense: Empresas e Congresso rejeitam volta da CPMF

                                  Valor: CPMF enfrenta forte reação mas pode render R$ 68 bi

                                  Estado de Minas: S.O.S. cirurgias

                                  Zero Hora: CPMF ganha forma no Planalto e recebe críticas na sociedade

                                  Compartilhe!

                                    marina_alckmin_lulaA ex-senadora Marina Silva (sem partido), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o ex-presidente Lula estão embolados na disputa pela Presidência da República, em 2018. É o que diz um levantamento nacional divulgado nesta quinta-feira (27) pela Paraná Pesquisa.

                                    De acordo com o instituto de Murilo Hidalgo, no cenário mais crível, Marina lidera com 27%, Alckmin aparece com 25% e Lula tem 21%.

                                    A Paraná Pesquisas também sondou outros cenários menos prováveis, com os senadores José Serra (SP) e Aécio Neves (MG). Eles surgem com 27% e 36%, respectivamente. Os tucanos travam uma guerra intestina que pode conspirar a favor de Alckmin, que tem como principal aliado o tempo.

                                    Foram entrevistados 2.060 eleitores em 154 municípios brasileiros entre os dias 24 e 27 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos.

                                    A seguir leia a íntegra da pesquisa: (mais…)

                                    Compartilhe!

                                      richa_massacreNas últimas manifestações de 16 de agosto viu-se faixas e cartazes pedindo de volta a ditadura militar no país. Talvez os incautos protestantes e marchantes não sabiam o que estava reivindicando, mas, por isso, o Blog do Esmael vai dar uma forcinha lançando a campanha “Quer a ditadura de volta? Visite o Paraná de Beto Richa”.

                                      Como todos já estão carecas de saber, o governador tucano despreza os princípios que norteiam uma sociedade democrática e plural.

                                      Desde 2010, o Blog do Esmael denuncia o caráter autoritário de Beto Richa. Ele tem ojeriza ao contraditório e às críticas, pois, naquela época censurou pesquisas, revistas, jornais, sites e blogs antes de eleger-se ao Palácio Iguaçu.

                                      Reeleito, o governador do PSDB deixou a máscara cair ao massacrar professores no dia 29 de abril deste ano. Em virtude disso, ele ganhou dos servidores públicos a alcunha de “Carniceiro do Centro Cívico”.

                                      Assista ao clipe de Beto Capeletto e Joba, acerca da covardia:

                                      Como se não bastasse a violência física contra educadores que lutavam contra o confisco de R$ 8 bilhões de sua poupança previdenciária, perseguir professores que fizeram greve, agora Beto Richa planeja mais um ato autoritário: acabar com a eleição democrática nas 2,1 mil escolas da rede pública e indicar os diretores como se fossem de confiança do governador, não da comunidade escolar.

                                      Volto à questão do confisco da ParanáPrevidência, agora comandada pelo ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Rafael Iatauro. Parte do dinheiro das aposentadorias teria sido usado para formar maioria na Assembleia por meio de distribuição de ambulâncias para deputados.

                                      Neste sábado, dia 29 de abril, quando completará 4 meses do massacre, educadores realizam assembleia geral em Curitiba para discutir e denunciar o avanço do autoritarismo do governador Beto Richa. O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 9 horas, vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo.

                                      Aos “coxinhas” de todo o país: se vocês querem a ditadura de volta, visitem agora o Paraná!

                                      Compartilhe!

                                        Brasil 247

                                        O afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, não é consenso no mundo político, pois teme-se abertura de precedente para futuras perseguições de membros do Ministério Público a parlamentares de todas as casas legislativas (Senado, Câmara Federal e câmara municipais de vereadores). Abaixo, no “mais”, leia a lista dos 35 deputados que assinaram pela defenestração do peemedebista.

                                        O afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, não é consenso no mundo político, pois teme-se abertura de precedente para futuras perseguições de membros do Ministério Público a parlamentares de todas as casas legislativas (Senado, Câmara Federal e câmara municipais de vereadores). Abaixo, no “mais”, leia a lista dos 35 deputados que assinaram pela defenestração do peemedebista.

                                        Um manifesto pedindo o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi assinado por 35 deputados federais e divulgado na tarde desta quinta-feira 27. O documento tem como base a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Cunha por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo Janot, o peemedebista recebeu ao menos US$ 5 milhões em propina no esquema de corrupção da Petrobras.

                                        “A diferença de condição de investigado em um inquérito para a de um denunciado é notória. Neste caso, Cunha é formalmente acusado de ter praticado crimes. Com a denúncia do MP, a situação torna-se insustentável para o deputado, que já demonstrou utilizar o poder derivado do cargo em sua própria defesa”, diz trecho do documento”, que tem a adesão de parlamentares de oito partidos. O único correligionário de Cunha que defende seu afastamento é Jarbas Vasconcelos (PE). (mais…)

                                        Compartilhe!
                                          Copyright © 2009 Esmael Morais. Todos os direitos reservados.