papa_banco_gleisi

Doeu nas partes baixas da velha mídia a ideia de aumentar os impostos dos bancos no país. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) apresentou ontem relatório à Medida Provisória 675, que prevê elevação da alíquota  de 15% para até 22,5% – acima dos 20% propostos inicialmente pelo governo federal.

O aumento da alíquota da Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos reforçará em R$ 6 bilhões/ano os programas e projetos sociais do governo Dilma.

Depois desse relatório, a senadora paranaense deveria ser canonizada pelo papa Francisco — um árduo crítico do parasitismo do capital financeiro.

É bom frisar que senadores do PSDB e do DEM, ontem, não deixaram a parlamentar ler em plenário o relatório que taxa os lucros dos banqueiros.

A velha mídia capitaneada pela Globo, Estadão, Folha, etc., nas últimas horas culparam “Santa Gleisi” pela queda nas bolsas de valores.

Responda rápido, sem deter muito no mérito do assunto: quanto mesmo o ilustre leitor tem aplicado nas bolsas?

O capital vadio, como costuma dizer o  senador Roberto Requião (PMDB-PR), só serve para especular e não produz uma agulha, não gera um emprego sequer.

Lembrando o velho e bom dramaturgo alemão Bertold Brecht, quem é mais ladrão – o ladrão do banco ou o próprio dono do banco?

Portanto, quem o Estado deve prender primeiro?

O leitor pode opinar a respeito do tema.

Compartilhe!

    blizeO secretário importado por extradição, Mauro Ricardo Costa, interventor do PSDB nacional nas finanças paranaenses, titular da Secretaria da Fazenda, anda animado com a ideia de implantar aqui no estado o famigerado programa “Olho na Placa”.

    O “Olho na Placa” foi elaborado por Mauro enquanto secretário da Fazenda do governo de São Paulo e tinha por objetivo identificar supostas fraudes no emplacamento de veículos naquele estado.

    Inicialmente, a função era identificar paulistas que emplacavam carros no Paraná para pagar IPVA mais barato. Isso foi na época em que Roberto Requião (PMDB) era governador. Hoje, não há mais vantagem já que os 40% de reajuste do IPVA imposto por Beto Richa deixaram a alíquota paranaense como uma das mais caras do país.

    Se adotar o mesmo procedimento que Mauro Ricardo adotou em São Paulo, Richa vai perseguir e demonizar veículos alugados, caminhões, carros de passeio, ônibus, etc. No estado vizinho, motoristas e despachantes de trânsito eram presos e na época estabeleceu-se o caos.

    O diabo é que o IPVA é devido onde a propriedade é exercida e demonstrada. No entanto, a proposta de Richa e Mauro Ricardo seria crível se a fiscalização fosse sobre um imóvel (uma casa que não sai do lugar, por exemplo). Porém, a função do automóvel é justamente conferir mobilidade ao proprietário por todo o território nacional e internacional.

    No caso do “Olho na Placa” de São Paulo, por diversas vezes, a Justiça julgou decisões favoráveis a motoristas apontando cobrança irregular dos impostos e o pior, em duplicidade. Além, é claro, das arbitrariedades nas restrições de liberdade de ir e vir dos cidadãos. (mais…)

    Compartilhe!

      iddd

      Forças vivas sociedade realizam um Ato Público na próxima terça-feira, 18 de agosto, em São Paulo, contra o autoritarismo e as ameaças ao Estado Democrático de Direito. O evento capitaneado pelo Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) será logo depois das manifestações contra a presidenta Dilma Roussef, marcadas para domingo (16), e servirá de aquecimento às manifestações antigolpe da UNE e movimentos sociais marcadas para a quinta-feira (20).

      Neste domingo, a partir das 14 horas, o Blog do Esmael vai transmitir e comentar ao vivo o protesto desde Curitiba para o Brasil e o mundo.

      Segundo o IDDD, o país mergulhou numa onda punitivista perigosa, alimentada diariamente pelo discurso de ódio, que se aproveita do clamor gerado por causas de repercussão para conseguir a aprovação da chamada legislação de pânico, que ameaça pilares democráticos do Estado de Direito.

      Como exemplo o Instituto cita o movimento pela redução da maioridade penal, propostas de flexibilizações de regras processuais, como prisões decorrentes de sentenças em primeira instância ou a possibilidade de uso de provas ilícitas, as prisões preventivas ilegais, muitas vezes utilizadas como forma de pressão para forçar delações premiadas, a criminalização de movimentos sociais, o uso de grampos ilegais, o desrespeito absoluto à presunção de inocência e até mesmo propostas de retorno ao regime militar.

      Com exceção da redução da idade penal, e o retorno ao regime militar, as referências à operação Lava Jato e às práticas do Juiz Sérgio Moro são mais que claras.

      O IDDD convidou para o Ato, entidades de classe, representantes acadêmicos, centros acadêmicos, advogados, defensores públicos, juízes e toda a sociedade civil. (mais…)

      Compartilhe!

        notafRequião Filho*

        Download

        O programa Nota Fiscal Paranaense, na forma divulgada, se caracteriza como verdadeira propaganda enganosa. Explico: a devolução de impostos ao consumidor, pregada pelo Governo, será mínima. Está se criando uma falsa expectativa no povo paranaense!

        Depois de sobretaxar mais de 90 mil produtos que antes eram isentos, o governo lança mão de um artifício do qual é useiro e vezeiro, a mentira. Gasta o dinheiro que tira da educação em uma campanha prometendo mundos de crédito ao cidadão.

        A propaganda do referido programa esqueceu de mencionar que quase a totalidade dos produtos consumidos no dia a dia não gerarão qualquer retorno e que não basta pedir crédito tem que fazer o cadastro para poder se creditar.

        O próprio site oficial do Estado está na contramão da propaganda do programa, vez que traz informações que demonstram que grande parte das Notas Fiscais não gerará o retorno esperado.

        O Governador Beto Richa (PSDB) e seu Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, apostam suas fichas na memória curta do povo e na suposta falta de conhecimento de matemática básica, talvez por estarem costumados a menosprezar a educação no Estado. Eles acreditem que o povo não sabe fazer conta (mais…)

        Compartilhe!
          Charge de Paixão para a Gazeta do Povo

          Charge de Paixão para a Gazeta do Povo

          Compartilhe!

            img_edg_8537Jornais do Paraná

            Gazeta do Povo: Governo Federal vai exigir duplicação de rodovias para renovar pedágio no PR

            Bem Paraná: Os desconectados

            Jornal Metro: Cai movimento nas estradas pedagiadas

            Jornal de Londrina: Cada londrinense para R$ 0,55 para manter Samu

            Folha de Londrina: Moody’s rebaixa Paraná, que passa de nível seguro para especulativo

            O Diário (Maringá): Pelo terceiro ano seguido, dengue vira epidemia

            Diário dos Campos: Sob pressão, Câmara aprova Plano de Cargos da Educação

            Jornal da Manhã: BRDE vai financiar duas hidrelétricas na região

            Tribuna do Interior: Pais deverão atualizar vacinas durante campanha contra Pólio

            O Paraná: Carta de aval reduz juros a empresas em até 1,5%/mês

            Gazeta do Paraná: “Cultura de golpe ainda existe”, diz Dilma Rousseff

            Jornal Hoje: Com crise, empresas optam por estagiários

            Diário do Noroeste: Duplicação na BR-376 entre Paranavaí e Nova Esperança deve começar em 2016

            Tribuna de Cianorte: Mais de 200 motociclistas já se envolveram em acidentes neste ano

            Tribuna do Norte: Concorrência derruba preço do etanol em Apucarana

            Jornais de outros estados

            Globo: Dilma ganha tempo no TCU com ajuda de Temer e Renan

            Folha: Após acordo com senadores, Dilma ganha fôlego no TCU

            Estadão: Com ajuda de Renan, Dilma ganha mais 15 dias no TCU

            Correio Braziliense: Judiciário faz acordo e terá reajuste de até 41%

            Valor: Levy tenta aprovar parte do “Pacote Renan” neste ano

            Estado de Minas: Protesto, bombas e prisões

            Zero Hora: A cada dia, 44 carros são roubados no RS

            Compartilhe!

              da Agência Câmara

              cunha_camaraO Plenário da Câmara dos Deputados concluiu as votações, em segundo turno, da proposta de emenda à Constituição da reforma política (PEC 182/07). Na votação desta quarta-feira (12), os deputados aprovaram o financiamento de campanhas com doações de pessoas físicas a candidatos e a partidos e de empresas a partidos. O texto foi aprovado por 317 votos a 162.

              Inicialmente, destaques do PT e do PPS pediam a retirada apenas da parte do texto que permite a doação por empresas. No entanto, esses destaques foram indeferidos após decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na qual acatou questão de ordem dos deputados Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e Mendonça Filho (DEM-PE).

              Para garantir a votação em dois turnos do tema, o artigo todo foi votado novamente e não somente a parte pretendida pelos partidos contrários ao financiamento privado de campanhas.

              No primeiro turno, a matéria foi aprovada por 330 votos a 141. Com o encerramento das votações em segundo turno, a PEC será enviada ao Senado. (mais…)

              Compartilhe!

                do Brasil 247

                dilma_entrevista_sbt

                A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (12), em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, exibida no telejornal “SBT Brasil”, do SBT, que não pretende deixar o cargo antes de concluir seu segundo mandato. “Jamais cogito renunciar”, afirmou ela, que criticou a tentativa de tirarem do poder uma “representante legitimamente eleita pelo voto popular”.

                “Jamais cogito renunciar, porque não é possível que alguém, discordando de um processo ou de alguma política pretenda tirar um representante, no meu caso a presidenta, legitimamente eleita pelo voto popular”, afirmou. “Democracia exige respeito à instituição. Esse respeito à instituição é fundamental não é pra mim, para o meu caso, mas para todos os que vierem depois de mim”, afirmou. (mais…)

                Compartilhe!

                  exameoabO parecer favorável à extinção do exame da OAB, dado pelo deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), causou grande indignação na Ordem dos Advogados do Brasil. Relator do projeto que prevê o fim do exame, Barros disse que a prova é um privilégio ilegítimo, inconstitucional e absurdo. Mais que isso, disse que: “o exame é um privilégio odioso perante as demais classes e que deve ser erradicado do nosso meio”.

                  Barros disse contar com o apoio do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. O curioso é que os aliados citados por Barros são inimigos viscerais, mas isso é outra pauta.

                  As declarações do deputado causaram uma reação quase que instantânea na OAB. Em nota, a seção paranaense da entidade (OAB-PR) qualificou a decisão como irresponsável, inconsequente e mal embasada. “Uma lamentável tentativa de justificar os motivos não técnicos da conclusão do mencionado parecer”, diz trecho da nota. (mais…)

                  Compartilhe!

                    pesquisamgO instituo Paraná Pesquisas divulgou nesta quarta-feira (12) levantamento sobre a disputa presidencial em Minas Gerais.

                    De acordo com a sondagem, a corrida está embolada no cenário em os candidatos são Marina Silva (sem partido), Geraldo Alckmin (PSDB) e Lula (PT). A moça da floresta lidera com 27%, seguido do tucano (25%) e do petista (21%).

                    O senador mineiro Aécio Neves assume a ponteira, com 46%, no cenário em que ele é o candidato do PSDB. Lula fica em segundo com 18% e Marina cai para terceiro com 17%, o que se configura em empate técnico. Porém, Aécio corre o risco de perder a prerrogativa da candidatura na disputa interna do PSDB.

                    Segundo o instituto, 86% dos mineiros reprovam a administração de Dilma ante 12% de aprovação.

                    A Paraná Pesquisas entrevistou 2.230 eleitores, em 95 municípios, entre os dias 4 e 9 de agosto de 2015. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

                    A seguir, leia a íntegra da pesquisa em Minas: (mais…)

                    Compartilhe!

                      com informações da Agência Câmara

                      sergio_fundosO deputado Sérgio Souza (PMDB-PR) foi escolhido relator da da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Fundos de Pensão, que deve investigar indícios de aplicação incorreta de recursos e de manipulação na gestão em fundos de previdência complementar de funcionários de estatais e de servidores públicos no período entre 2003 e 2015.

                      A presidência da CPI ficou com o deputado Efraim Filho (DEM-PB), eleito em reunião da comissão encerrada há pouco.

                      “A grande novidade desta CPI é que não há uma investigação paralela”, disse Efraim, em alusão à CPI da Petrobras, que acontece em paralelo à Operação Lava Jato, da Polícia Federal, sobre desvio de recursos da Petrobras.

                      O relator Sérgio Souza falou que o trabalho da comissão poderá ir além da investigação dos fundos de pensão da Petrobras (Petros), dos Correios (Postalis), da Caixa Econômica Federal (Funcef) e do Banco do Brasil (Previ). “Nós não podemos nos restringir a esses fundos. O Parlamento tem obrigação de fiscalização. Se tiver indícios em outros fundos com certeza vamos avançar”, disse. (mais…)

                      Compartilhe!

                        precatoriosO governador Beto Richa (PSDB) emitiu um decreto na última sexta-feira (7) reduzindo o valor de pagamento das obrigações de pequeno valor de 40 salários mínimos (RS 31.520,00) para R$ 13.811,50.

                        Com o decreto, o governador joga para a fila de precatórios milhares de pequenos credores do governo. Há idosos, doentes graves, servidores públicos, prestadores de serviço, enfim, todos que entraram com ações contra o Estado e seus advogados que têm direito a receber valores superiores a R$ 13.811,50 vão agora automaticamente para a fila dos precatórios que está pagando dívidas de 18 anos atrás (1997).

                        A medida diminui momentaneamente as obrigações a serem pagas pelo governo, mas não traz nenhuma economia real, pois as dívidas seguem sendo corrigidas e acumulando juros. (mais…)

                        Compartilhe!

                          comentaristas_16agoO Blog do Esmael vai transmitir ao vivo neste domingo (16), a partir das 14 horas, a manifestação contra a presidenta Dilma Rousseff e o PT. O protesto poderá ser assistido em todo o Brasil e o mundo, desde Curitiba, graças à parceria com a TV 15.

                          Uma equipe acompanhará a concentração do protesto na Praça Santos Andrade (UFPR) e a passeata até a Boca Maldita, no centro da capital paranaense.

                          Um time de comentaristas especiais foi escalado pelo Blog do Esmael/TV 15.

                          Nos estúdios da TV 15 estarão: Ricardo Mac Donald, secretário Municipal de Governo de Curitiba; deputado estadual Requião Filho (PMDB); Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas; deputado Aliel Machado (PCdoB) e este blogueiro.

                          O deputado Ney Leprevost (PSD) será o “comentarista avançado” na Praça Santos Andrade e alhures.

                          Os senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) também participarão como comentaristas na transmissão da manifestação deste domingo.

                          O peemedebista entrará ao vivo direto de Montevidéu, no Uruguai, onde preside o Parlasul; a petista entrará em rede direto de Brasília.

                          Na quinta-feira, dia 20, o Blog do Esmael e a TV 15 também transmitirão ao vivo a manifestação em apoio a Dilma.

                          Compartilhe!

                            dilmasbtA presidenta Dilma Rousseff (PT) concede hoje (12) uma entrevista ao telejornal SBT Brasil, que vai ao ar às 19h45. O entrevistador será o jornalista Kennedy Alencar.

                            Segundo a própria emissora, na entrevista são abordados assuntos como a atual conjuntura política, a crise econômica, corrupção na Petrobras, discussão sobre impeachment e a opinião da presidente sobre as manifestações que estão previstas para acontecer no próximo domingo, 16.

                            A entrevista foi gravada no Palácio do Planalto e faz parte de uma estratégia de maior diálogo com a sociedade, visando dar espaço para que Dilma se defenda dos ataques que vem sofrendo e retome a iniciativa política de seu governo.

                            Dependendo dos resultados, a presidenta poderá conceder entrevistas a telejornais de destaque nas demais emissoras nacionais.

                            Compartilhe!

                              richa_vaquinhaUm interlocutor tem procurado empresários em nome do governador Beto Richa (PSDB). A abordagem objetiva arrecadar fundos para o pagamento de despesas com advogados nas investigações da Lava Jato, Publicano e Voldemort.

                              Segundo uma fonte na Assembleia Legislativa, o governador tucano teria se inspirou na “vaquinha” que o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, fez para pagar as multas do mensalão.

                              Comparações à parte, Richa pode estar passando dois recados ao distinto público: 1- não tem dinheiro para se defender; e 2- não tem acesso ao caixa “primo distante” Luiz Abi Antoun.

                              Agora, a troco de quê os empresários e os fornecedores do Estado contribuiriam para o governador Beto Richa?

                              Compartilhe!

                                por Eunice Pereira, para a Rede Brasil Atual, via Brasil 247

                                Fotos: RIcardo Stuckert / Instituto Lula.

                                Fotos: RIcardo Stuckert / Instituto Lula.

                                Brasília – “Quem chegou onde a gente chegou, não pode retroceder. Quero dizer que estou preparando meu caminho para voltar a viajar pelo meu país”, afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na abertura oficial da 5ª Marcha das Margaridas. “Eu quero ver se nossos adversários estão dispostos a andar por este país e discutir este país como ele precisa ser discutido”, disse.

                                Lula defendeu a presidenta Dilma Rousseff, pedindo para que ela não seja julgada por uma crise econômica que ela não criou. “A crise não começou no Brasil. Ela começou nos Estados Unidos e na Europa”, explicou. “Algumas pessoas não perceberam que a eleição acabou dia 26 de outubro e que a Dilma é presidenta deste país.”

                                O ex-presidente afirmou que os mesmos setores que querem “jogar a responsabilidade das dificuldades atuais a presidenta Dilma” e que se “agora se apresentam como solução, entregaram o país quebrado e devendo dinheiro para o FMI”. (mais…)

                                Compartilhe!

                                  fruet_protestoNo próximo domingo, dia 16 de agosto, os “cibercomissionados” e “cibertucanos” do Palácio Iguaçu voltarão às ruas de Curitiba contra a presidenta Dilma Rousseff e o PT. Esses dois grupos são articulados pelo grupo criminoso “Tenda Digital”, que utiliza mão de obra paga pelo erário para caluniar e difamar adversários políticos do governador Beto Richa (PSDB) nas redes sociais.

                                  Desde o ano passado, o leitor do Blog do Esmael sabe que essas manifestações “Vem Pra Rua” são orquestradas pelo PSDB do governador Beto Richa e correligionários do PSC de Ratinho Júnior. Eles agem sob o “guarda-chuva” da “Tenda Digital” — já explicado aqui várias vezes.

                                  Independentemente de quem esteja mobilizando o protesto deste domingo, o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), encontra-se numa encruzilhada diabólica. Uma parte da entourage defende que ele desfile em praça pública ao lado dos “coxinhas”. Outra, mais comedida, acha que o pedetista tem que visitar o distante bairro Tatuquara durante as manifestações nas ruas centrais.

                                  As dúvidas de Fruet tem razão de existir, pois há um distanciamento perceptível entre ele e o PT. Em nome da própria reeleição, muito dificilmente o pedetista repetirá na chapa a vice petista Mirian Gonçalves. Aliás, nenhum membro do partido de Dilma é cogitado — muito menos coligação na proporcional (aquela que elege vereadores).

                                  Gustavo Fruet só vai decidir se sairá às ruas ou não minutos antes do protesto. A concentração do movimento anti-Dilma e anti-PT está prevista para a Praça Santos Andrade (UFPR), centro da capital paranaense.

                                  O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo para o Brasil e o mundo, desde Curitiba, a partir das 14 horas, a manifestação deste domingo, 16, em parceria com a TV 15. Nos avançados estúdios da emissora haverá um destacado time de comentaristas ligados aos partidos políticos.

                                  Compartilhe!
                                    reinaldo

                                    Em sua coluna desta quarta-feira, Reinaldo de Almeida César escreveu uma carta com recomendações ao novo Secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita. Por esse motivo, a coluna não veio acompanhada do arquivo de áudio. Reinaldo escreve com a propriedade de quem já esteve no cargo e enumera uma série de recomendações para que o novo titular da nossa segurança não sofra os mesmo contratempos que ele sofreu, em função do cargo, e pelas características do atual governo do Estado. Leia, opine e compartilhe.

                                    Reinaldo de Almeida César*

                                    Prezado Secretário Wagner Mesquita,

                                    Cumprimento-o pela efetivação no cargo de Secretário de Segurança Pública do Paraná.

                                    Acredito, sinceramente, que você está preparado para honrar a investidura.

                                    Reconheço-lhe portador das qualidades de liderança, equilíbrio, discrição e capacidade de gestão, requisitos fundamentais para titularizar o cargo.

                                    A meu ver, o governo acertou ao efetivá-lo na função.

                                    É da sabedoria popular que conselho, se fosse bom, seria vendido. Pura tolice.

                                    Como seu amigo, torcendo por você, vou me permitir aqui lhe endereçar alguns conselhos, caso você realmente queira permanecer no cargo até o final desta gestão.

                                    Afinal, prefiro outro dito popular: “bom conselho desprezado, há de ser muito lembrado”.

                                    Sucesso, sorte. Que Deus lhe ilumine o caminho.

                                    O Paraná espera, com angústia, que você faça uma boa gestão.

                                    Apresento-lhe pois, além da recomendação de sempre preservar a tolerância e redobrar a paciência, o seguinte decálogo, esperando que ele possa lhe ser de grande valia e utilidade: (mais…)

                                    Compartilhe!

                                      Em sua coluna semanal, senador Alvaro Dias (PSDB) identifica elementos da crise econômica atual como essencialmente nacionais, e não somente parte de uma crise mundial; para ele, o principal fator seria a falta de "responsabilidade fiscal" do governo de Dilma Rousseff (PT); colunista também rechaça a carapuça da oposição como responsável pela crise política que o país enfrenta; parlamentar garante que oposição não atrapalha os projetos do governo, pois, segundo ele, o governo não tem projeto; leia, ouça, opine e compartilhe.

                                      Em sua coluna semanal, senador Alvaro Dias (PSDB) identifica elementos da crise econômica atual como essencialmente nacionais, e não somente parte de uma crise mundial; para ele, o principal fator seria a falta de “responsabilidade fiscal” do governo de Dilma Rousseff (PT); colunista também rechaça a carapuça da oposição como responsável pela crise política que o país enfrenta; parlamentar garante que oposição não atrapalha os projetos do governo, pois, segundo ele, o governo não tem projeto; leia, ouça, opine e compartilhe.

                                      Alvaro Dias*

                                      Download

                                      Na última segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff disse, em evento no Maranhão, repudiar o vale-tudo na política e afirmou que é hora de pensar no Brasil. É evidente que esta é hora de pensar no Brasil. Mas não apenas nesta hora. Pensar no Brasil é responsabilidade de quem governa, em todos os momentos.

                                      O repúdio ao vale-tudo não pode servir de carapuça à oposição, que não atrapalha os propósitos governamentais. Ao contrário, a oposição, numericamente insignificante, em nenhum momento colocou dificuldades para que o governo pudesse desenvolver os seus projetos. Na realidade, o que faltou foi projeto. E agora,mais do que nunca, a presidente da República deveria substituir o discurso pela ação.

                                      A resposta à crise deveria ser a ação competente, com propostas para a Nação, com reformas necessárias que pudessem sinalizar mudança e esperança de recuperação. A situação do Brasil é grave e não estamos falando de um governo em final de mandato, mas sim de um governo eleito recentemente, com base em um programa que se mostrou fraudulento, em curto espaço de tempo. (mais…)

                                      Compartilhe!
                                        Charge de Peter para A Tribuna (ES)

                                        Charge de Peter para A Tribuna (ES)

                                        Compartilhe!
                                          Copyright © 2009 Esmael Morais. Todos os direitos reservados.