Por que Jango não resistiu ao golpe militar?

O jornalista e blogueiro Paulo Henrique Amorim, o PHA, do Conversa Afiada, entrevistou esta semana João Vicente Goulart, filho do ex-presidente Jango Goulart, que recém-lançou o livro “Jango e eu” no qual conta por que seu pai não resistiu ao golpe militar de 1964. Assista:

A entrevista é de inestimável importância para a História e uma lição de patriotismo aos atuais políticos brasileiros.

Ao final do encontro com PHA, João Vicente dá uma sabugada no governador de Brasília Rodrigo Rolemberg (PSB) que sonega o direito de construir na cidade o Memorial Jango Goulart — a exemplo do já existente Memorial JK.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. “Jornalista” é boa. Não resistiu porque preferiu encher a pança de carne no Uruguai.

  2. esse puxa saco do lula e dilma, nunca mais eu vi programa dele, esse lula desse paulo amorim

  3. Não é delírio seu não Luiz. Procure saber como se comportava a educação a saúde públicae, a segurança e a oportunidade de emprego na época dos militares no governo.

  4. Grandes dilemas, tenho 57 anos e pouco vivenciei da ditadura, mas os poucos eventos que testemunhei, foram suficientes para ter certeza que os militares não devem estender suas atribuições para outras searas.
    Mas pasmem com o que tem passado pela minha cabeça, eu jamais tomei os militares como inúteis monstros desnecessários, reconheço neles a argamassa necessária para a construção da nossa nação. Sei que lá existem muitos brasileiros preparados e que a maioria daria a própria vida pela pátria.
    Acho que eles seriam os últimos a entregar nossas riquezas e valores estratégicos ao estrangeiro.
    Se eu não estiver delirando, começo a pensar que talvez os militares poderiam trazer alguma salvaguarda para os interesses nacionais, pois se depender dos colonizadores logo nos transformarão numa África.

  5. Interessante que não temos um serviço de contra inteligência dentro do Brasil, um pais riquíssimo em energia hídrica, eólica, solar, pré sal.
    E não temos ,uma única pessoa da alta defesa nacional em se manifestar. Qual realmente e ó propósito do Dallagnol em elogiar os acordos com os colonizadores? O Ciro Gomes numa entrevista fala da entrega dos nossos segredos para os estrangeiros através do traidor do juiz Moro. E ninguém ,absolutamente ninguém ,diz nada!
    Brasileiros vejam o que o parentes está fazendo com o patrimônio nacional? Vendendo sem ser incomodado, e vocês que gostam da intervenção militar, vocês nem sabem que é o Almirante Otto, vocês conhecem Pseudônimo do bolsonaro, vocês da república de Curitiba aonde o almirante Otto ficou detido foi saudado por todos os comandos do quartel, mas vocês são trouxas, Burros, idiotas, disso vocês nem sabem.
    Ou o povo brasileiro se livram dos traidores começando pelas famílias Marinhos, Civitas, e Frias ou eles se venderam o Brasil, ficaremos escravos em nossa própria terra. Os ianques estão loucos por uma guerra e logo farão uma usado os nosso filhos os nosso jovens, e nós brasileiros até quando ficaremos de braços cruzados? Será que não está passando da hora do povo dar um basta nisso!