Blog do Esmael O inferno astral do judiciário provocado pela Lava Jato | Blog do Esmael O inferno astral do judiciário provocado pela Lava Jato | Blog do Esmael

O inferno astral do judiciário provocado pela Lava Jato

moro_requiao_katia_renanDepois que mandou invadir o Senado Federal, a Lava Jato empurrou juízes e integrantes do Ministério Público de todo o país para uma espécie de inferno astral.

Senão, vejamos.

No final de outubro, a Polícia Federal invadiu o Senado da República para prender agentes da Polícia Legislativa que faziam varreduras antigrampo para os senadores. O Congresso Nacional viu excessos e abuso de autoridade da Lava Jato.

A partir daí dois fronts políticos foram abertos no Senado contra esses abusos: 1- investigação dos supersalários; e 2- investigação do abuso de autoridade.

O presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) abriu a porta do inferno quando atacou os supersalários de juízes no Rio de Janeiro.

“Você continuar pagando, apesar da limitação do gasto público, R$ 150 mil para servidor é um acinte, é um horror”, disse. “O caso do Rio de Janeiro é um horror. Pessoas que estão ganhando até R$ 200 mil, isso é um acinte a um país tão desigual”, completou.

Criada uma comissão para investigar o pagamento de salários acima do teto permitido pela Constituição a servidores públicos, chamados de “supersalários”, Renan não titubeou para nomear a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) no comando desse colegiado. A parlamentar foi uma das mais combativas na luta contra o golpe de Estado, que derrubou a presidente Dilma Rousseff em 31 de agosto deste ano.

Renan também escolheu a dedo o senador Roberto Requião (PMDB-PR), igualmente destacado general anti-impeachment, para conduzir a relatoria do projeto contra abuso de autoridade.

Enfim, embora as duas temáticas — abuso de autoridade e supersalários — não tenham relação direita com a Lava Jato, é evidente que a Lava Jato, por seus excessos, empurrou o legislador com suas prerrogativas constitucionais para colocar uma lupa em todos juízes e integrantes do Ministério Público.

Portanto, o judiciário tem que “agradecer” ao juiz Sérgio Moro e ao procurador do MPF Deltan Dallagnol — digníssimos coordenadores da pirotecnia chamada Lava Jato.

31 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Enquanto seguem certas figuras do Congresso a dar murros em ponta de faca, os Golpistas e a Ponta de Lanca da Lava Jato seguem resolutos na destruicão da
    Nacão………………….!!!!!

    Agora convenhamos é mais do que um misto de ignorância e ingenuidade política, se imaginar que a saída para o Brasil nesse momento pode estar numa acão quase que individual no Senado………………..; e muito mais………………., no caso ainda…………………….., pelas mãos da citada Senadora………………………..!!!!!!

    Pobre Sociedade…………………, Pobre País…………………….!!!!!

  2. O salário do Moro é o dobro do teto, agora ele vai devolver todo esse dinheiro que roubou da nação?

  3. É isso aí Zé pilantra falou tudo .mais justiça ,menos moro.

  4. Nossa. Quanta gente valente querendo a prisão do juiz Sérgio Moro. Também, pudera, escondida por pseudônimo…

    • Ou você é tonto ou desinformado. Ninguém aqui está escondido atrás de um pseudônimo. Todos podem ser identificados pelo IP do computador que usa para fazer seus comentários. Todo mundo aqui é responsável pelo que escreve. Até o Pé Vermelho CWB, que devota um amor especial por você, pode ser identificado. Aliás, alguém que usa o nome que aparece num RG qualquer não significa que a pessoa que posta o comentário é o dono do RG. Mas de uma coisa o tucanão e sentinela do Temer e do Beto Richa pode ter certeza: a maioria que está aqui quer apenas juiz, ou qualquer outra autoridade, agindo de forma imparcial e respeitando as leis. E é a mais lavada cara de pau uma autoridade judiciária reivindicar para seu grupo o direito de agir sem que abusos sejam punidos.

  5. O famoso Renan tá achando ruim, pq está comedo de chegar nele também, tem q tirar é tudo…..

  6. Quando a poeira baixar moro será responsabilizado pelos crimes lesa pátria perpetrados, o principal deles é a quebra da cadeia do petróleo e gás no Brasil. Moro duplamente criminoso lesa pátria ao possibilitar a QUEBRA de CENTENAS de MILHARES DE EMPREGOS PARA OS BRASILEIROS e a quebra do sigilo telefonico de dois ex presidentes, impunemente.

  7. Quanto mais a direita sempre é melhor.

  8. O orçamento do Brasil vai todo para o judiciário e o professor, o guarda de transito tendo que mendigar para sobreviver……Auxilio-estudo, auxilio-moradia, auxílio-alimentação……ISSO TUDO é CRIME com o dinheiro publico

  9. Os juízes e promotores fazem um bom trabalho, no entanto, teriam que se restringer aos seus afazeres sem muito alarde, agora, as discussões de direitos e deveres, bem como responsabilidades, ninguém deverá estar acima da lei, pelo do bom trabalho não lhe darão direitos que não devem existir, ou ficará naquela máxima faça ou que mando e não faça o que faço, assim não dá.

  10. Vamos divulgar nas redes sociais “FORA GEDDEL JÁ”

    Será que o povo tem força ou não?

    • E o José Serra com os R$ 23 milhões da Odebrecht na Suíça fica?
      E o Temer com os R$ 10 milhões da Odebrecht também fica?
      E o Temer com o chequinho de R$ 1 milhão também fica?
      Acho que a sua listinha vai ter de aumentar…

  11. Quanto blá blá blá! Vivas a Lava Jato.

  12. O presidente de uma empresa que sofre prejuízos por má avaliação ou até intencionalmente é demitido, porque isto é difícil de entender quando ocorre com a nossa pátria, sede de muitas empresas?
    Tirar todos os que lutam contra os brasileiros.

  13. Nós estamos assistindo a um grupo social tentando criar no país um sistema de castas e, reservando para si, o topo desse sistema. A seus membros, se aprovadas algumas medidas pleiteadas até com apoio de marketing político, estarão garantidos direitos absolutos: I. poderão continuar recebendo salários ilimitados; II. para julgar os membros de casta inferior, poderão usar provas obtidas ilicitamente, quer dizer, qualquer prova obtida de boa fé terá validade e quem julgará se a prova é de boa fé é quem a obteve; III. para os membros dessa casta superior não será permitido processo por crime de responsabilidade já que, na casta superior, ninguém comete crime de responsabilidade; IV) em consequência do item III, ao membro dessa casta superior será permitido abusar da autoridade, ou melhor, o verbo abusar jamais será usado nesta circunstância; V) esse novo sistema de organização social permitirá que, em breve, não haverá intercâmbio de castas, os descendentes dessa casta superior terão vantagens em concursos públicos restritos. Tô exagerando?

  14. Pessoal vamos começar uma movimento para reforçar o combate a corrupção nas redes divulgar que o Presidente Temer precisa afastar o ministro Geddel assim novos políticos pensaram duas vezes em pedir vantagens. Depende de nós e mostrar que o povo tem força chega de pouca vergonha neste Brasil.

    NAS REDE SOCIAIS FORA GEDDEL.

  15. O mesmo sistema judicial que tem protagonizado espetáculos degradantes de desrespeito aos direitos mais básicos do ser humano, é o mesmo que abriga os maiores marajás do serviço público. Muitos blogs, e até a velha mídia, têm publicado contra-cheques mostrando os altíssimos salários de desembargadores e procuradores (que agridem os brasileiros que trabalham honestamente a troco de quase nada), mas esses contra-cheques são da arraia-miúda do sistema judicial. Os verdadeiros marajás ganham quase dez vezes mais do que tem sido denunciado:

    http://g1.globo.com/jornal-nac

    PS – Vamos meter na cadeia o juizeco da Guantánamo brasileira que comete uma ilegalidade na Farsa à Jato um dia e no outro também.

    • Tudo bem…
      Mas e o PT de Dilma?

      O PT não muda. Petista não muda nunca! Desejam

      o PODER como um PROJETO apenas. Tipo um

      prédio grandão — que é um projeto –, que faz

      uma SOMBRA terrível, em outrora lindo jardim

      e parque. PROJETO DE PODER (para até 2030).

      Não se pode mais derrubar o PRÉDIO PETISTA.

      Eis aí o PT de Dilma.

  16. Mete todo mundo na cadeia Moro vc é nosso capitão América do Sul

    • Capitão América do Norte, trabalha para os EUA destruindo o Brasil para que esses tenham Petróleo e mão de obra baratos . Foi mais fácil que fazer guerra no Iraque .

  17. A tal justiça no Brasil é uma quadrilha disfarçada de justiceiros olhando para o seu próprio umbigo.

    • Você tem toda razão, Luiz. E digo mais, se não colocarem na cadeia os traidores da pátria Moro e o Dallagnol, essa bagunça não termina.

    • Fonte: O Antagonista

      “Anistia ao caixa 2 deveria levar mais 1 milhão para a Paulista”

      Miguel Reale Jr afirma que manobra é um “tapa na cara dos brasileiros”

      Por Márcio Juliboni

      O jurista Miguel Reale Jr., que já garantiu seu lugar na história ao ser coautor do pedido de impeachment que cassou o mandato de Dilma Rousseff, defende que a sociedade não pode parar de combater a corrupção agora.

      O que preocupa Reale Jr., hoje, não são as manobras para esvaziar as medidas anticorrupção (até porque, o jurista não apoia muitas delas). O mais grave, segundo ele, é a anistia ao caixa 2. “Ela mostra o desprezo dos políticos pela sociedade”, diz. Leia, a seguir, os principais trechos da conversa com O Antagonista:

      O Antagonista: Como o sr. avalia a resistência do Congresso a aprovar as medidas anticorrupção?

      Miguel Reale Jr.: Na verdade, não sou favorável a muitas das medidas propostas. Como penalista, sou contra algumas, porque, tecnicamente, são impróprias. Acho muita prepotência do Ministério Público querer propor algumas medidas.

      O Antagonista: Mas elas não são importantes?

      Reale Jr.: Não me preocupo com essas medidas. A luta contra a corrupção está sendo travada, sem essas medidas. Já temos leis suficientes para combater a corrupção. As penas estão sendo aplicadas. Além disso, há essa tolice de querer transformar tudo em crime hediondo. Há crimes classificados como hediondos que estão entre os que mais crescem no país. Além disso, em alguns casos, a punição para corrupção é uma pena de 12 anos. É mais do que se aplica a um homicídio.

      O Antagonista: E a anistia ao caixa 2?

      Reale Jr.: Isso sim é preocupante. Essa anistia que está sendo cozinhada em Brasília… primeiro, que o caixa 2 é crime pelo artigo 350 do Código Eleitoral. Não é porque uma nova redação, uma nova figura é criada, que se apaga a figura anterior. Isso é um sofisma.Mas, mais do que isso, é um tapa na cara dos brasileiros. Isso mostra que os políticos querem, apenas, legislar em causa própria. Além disso, é inconstitucional, porque fere o princípio da moralidade pública.

      O Antagonista: Por que a sociedade não vai mais às ruas, como na época do impeachment? As pessoas se desencantaram?

      Reale Jr.: Primeiro, acho que havia um objetivo claro, na época do impeachment, e isso sempre ajuda a sociedade a se mobilizar. Depois, há um cansaço natural das pessoas. Mas eu continuo dizendo aos líderes dos movimentos sociais que devem continuar se movimentando. Não basta apenas se manifestar via redes sociais e whatsapp. Eles têm que convocar o povo para as ruas novamente. A anistia mostra o desprezo dos políticos pela sociedade. Insisto que é um tapa na cara, e os brasileiros precisam senti-lo para reagir. A tentativa de anistiar o caixa 2 deveria levar mais um milhão de pessoas à Paulista novamente.

      • O ‘povo’ não vai para a rua contra a anistia para o caixa dois por um só motivo: CAIXA DOIS NÃO VEM AO CASO!!!
        Esse ‘povo’ é uma piada!

    • Moro e Dallagnol, devolvam o dinheiro que receberam indevidamente (acima do teto constitucional).