Temer não governa o país, diz Requião, “é o capital vadio”

requiao_capital_vadioO site de Paulo Henrique Amorim, o Conversa Afiada, publica uma autópsia do governo interino de Michel Temer (PMDB) realizada pelo senador Roberto Requião (PMDB) após o lançamento do “pacote econômico” pelos golpistas. Sim, autópsia, porque o golpe provisório já é considerado natimorto em virtude do receituário neoliberal e do vazamento de gravações dos senadores Romero Jucá (PMDB-PR) e Renan Calheiros (PMDB-AL). “Noventa e seis bilhões de meta fiscal pedidos por Dilma são irresponsabilidade, mas os 170 bilhões pedidos por Temer transmudam-se em virtude”, reage Requião, ao comentar o cheque branco dado pelo Congresso à junta provisória. O senador do Paraná trabalha com a hipótese de volta da presidente eleita Dilma Rousseff, mas alerta para armadilha montada pelo ministro interino da Fazenda, Henrique Meirelles, visando deixá-la refém — outra vez — dos congressistas e do “mercado”. Abaixo, leia a íntegra da análise de Requião:

Ouça o áudio:

Houve quem se surpreendesse quando a equipe econômica de Meirelles pediu autorização ao Congresso para fixar uma nova “meta” fiscal extremamente folgada, uma meta de 170 bilhões de reais. Afinal, o valor é o dobro da meta que a presidente Dilma pediu e que na época foi considerado “irresponsabilidade fiscal” pela imprensa e pelo Congresso.

O que Meirelles quer não é uma meta, é uma autorização para gastar à vontade. Os tais 170 bilhões de reais certamente correspondam ao maior déficit primário da nossa história, em valores correntes. Muito estranho para um governo que foi alçado ao poder em meio a uma campanha pela austeridade fiscal, a que Dilma, supostamente, era avessa.

Se a Dilma está sofrendo processo de impeachment por ter dado as tais pedaladas, na ânsia de cumprir uma meta fiscal muito ambiciosa, que sentido faz dar um imenso cheque em branco para o governo interino?

Tanta incoerência explícita, escancarada, tanto cinismo militante incomodam. As réguas e as regras que valem para uma não valem para outros? Noventa e seis bilhões de meta fiscal pedidos por Dilma são irresponsabilidade, mas os 170 bilhões pedidos por Temer transmudam-se em virtude.

Enfim, considera-se normal que os políticos, na luta pelo poder, façam pronunciamentos incoerentes, contraditórios. Desdizem hoje com toda ênfase o que declaravam com fervor ainda ontem. Políticos que queriam o impeachment diziam uma coisa antes. Agora dizem o contrário.

No entanto, o que mais assusta é que a mídia, os economistas e “o mercado” finjam que não há incoerência, que não usam dois pesos e duas medidas. Da crítica azeda, desaforada de antes ao entusiasmo de hoje não decorreram sequer 30 dias.

Isso é grave, gravíssimo, pois indica que faziam terrorismo com o déficit menor de antes e agora nem se importam com o déficit muito maior. Enfim, ao que tudo indica, os políticos, “o mercado” e seus economistas investiram pesado, até mesmo sua credibilidade, para viabilizar o impeachment e agora investem pesado para viabilizar o novo governo.

Há anos, todo santo dia, estamos acostumados a ler nos jornalões, a ver e ouvir na mídia monopolista que o terror dos terrores para os economistas, para o mercado, para as agências de risco, para os investidores, que o terror dos terrores para eles é o déficit público crescente. Mas, agora, nada comentam sobre o crescimento exponencial desse déficit proposto por Meirelles.

Isso significa que esperam ganhar algo muito maior? O que será?

Antes de conjecturar sobre isso, faço uma pequena explanação a respeito dos fatos já conhecidos, para entender as estratégias que movem a atual equipe econômica:

1) A previsão de um déficit primário colossal mostra que o governo está se preparando para adotar uma simulação de política fiscal contra-cíclica keynesiana muito mais arrojada do que a estratégia fiscal adotada por Dilma em seu primeiro mandato. Estratégia essa, sabemos, objeto de todos os tipos de críticas e xingamentos por parte da imprensa, dos economistas de mercado e da antiga oposição.

2) Se o governo busca adotar uma política fiscal arrojada, infere-se que ele esteja disposto a usar todos os meios para fazer a economia crescer, inclusive radicalizar aqueles meios usados por Dilma e que foram a base para o horror que “o mercado” e a “elite” têm da presidente.

3) Mas isso seria considerado uma loucura, que precipitaria a explosão da dívida pública, se não fosse esperado pelo “mercado” uma redução abrupta e substantiva dos juros.

4) Como a duplicação da previsão de déficit foi digerida amistosamente pelo “mercado”, a redução dos juros já está acertada entre “equipe econômica” e “mercado”.

5) Porém, o governo é fraco e continua na mão de todos que viabilizaram o impeachment. Isso significa que o “mercado”, que se regozija com os juros altos, está ganhando em troca algo muito melhor.

6) O que seria? O Pré-Sal? A radicalização das privatizações? A suspensão dos direitos trabalhistas e dos direitos previdenciários? A apropriação de uma gorda fatia dos recursos que iriam para educação e saúde? Tudo isso e um tanto mais. Na verdade, essas medidas já foram anunciadas pelo novo governo. Então, para ganhar tais prebendas, o mercado aceita política fiscal contra-cíclica e juros baixos. Esse é o pacto de que tanto se fala nesse novo ambiente político, o “pacto entreguista”.

7) Mas isso não é muito impopular para ser realizado por um governo interino? Sim. E pode não dar certo e não dando certo sempre existe a possibilidade da volta do governo eleito.

8) Nesse caso, a equipe econômica do Meirelles estaria preparando uma armadilha para manter Dilma amarrada aos compromissos e políticas neoliberais propostas pelos interinos.

9) A armadilha chama-se “mecanismo de fixação do teto da dívida” obrigando que os gastos públicos fiquem congelados em 2017, em termos reais!

10) Sabemos que a trégua do “mercado” à política fiscal irresponsável do governo interino se deve ao “pacto entreguista”. No entanto, na mídia, Meirelles vende que a trégua do mercado se deve à proposição do “mecanismo de fixação do teto da dívida”. Ou seja, o “mercado” está dizendo: “Eu não me preocupo com o fato de Temer ter um déficit duas vezes maior do que Dilma, porque Meirelles vai aprovar no Congresso um mecanismo que congela os gastos públicos em 2017, mesmo se Dilma voltar ao governo”.

11) Se isso acontecer, o Estado e o país ficarão ingovernáveis, no caso de volta de Dilma. Ou no mínimo, colocará Dilma novamente de joelhos frente ao Congresso e ao dono do Congresso, a mídia.

12) Caso Dilma não volte, Temer fulmina essa armadilha facilmente com o apoio que tem no Congresso, na mídia e no “mercado”.

13) Mas, antes disso, irão aprovar todo tipo de entrega do país. E Dilma, caso volte, estaria tão fraca e tão à mercê Congresso que não poderia reverter nada e teria que dar continuidade e implementar as políticas neoliberais de Meirelles.

14) O ex-ministro Nelson Barbosa já deu indicações de que deve continuar a mesma política de Meirelles, caso volte, pois, segundo ele, o que o governo interino está fazendo “não é novidade” e que propostas que ele mesmo lançou em março, como ministro de Dilma, Meirelles está anunciando agora.

15) Meirelles quer colocar o país entre o fogo e a frigideira. Logo, precisamos combater essas medidas.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ilustre senador, o que você fez de produtivo no Congresso?

  2. ILUSTRE SENADOR CONVOQUE A POPULAÇÃO PARA AS RUAS UNINDO-NOS CONTRA ESSA POLÍTICA NEFASTA.

  3. Casio cunha lima do P S D B tem cara de coveiro psdb não governa destrói onde poem as mãos cresse como Rabo de CAVALO para baixo psdb e ruim em,golpistas AÉCIO e incrível sempre se postando de santo VIRA e mexe O nome de AÉCIO esta sempre misturado mas ele nunca faz nada sempre e COITADO de Aécio o maior ladrão de furnas,você já assistiu (LISTA DE FURNAS).

  4. O mais preocupante do discurso de Requião, de longe o maior parlamentar do atual Congresso, é que Nélson Barbosa acha normal tudo o que Meirelles propõe. Portanto caso a Presidenta legítima reassuma, sua primeira providência deveria ser não renomear Barbosa e colocar um ministro antiaustericídio.

  5. só um estrangeiro que não vive no Brasil, é que não aceita que houve um golpe parlamentar midiático, com o apoio do judiciário..Os golpistas há muito estavam de olho no poder e nas benesses que o poder pode proporcionar..Por isso tramaram e se uniram para afastar Dilma e por fim a VAZAJATO..

  6. VOcê ja tentou entrar na internet e pedir loterias caixa digite resultados pergunte timemania você vera o resultado de meses atras isso e de proposito eles sabem que o povo costuma não olhar o número do concurso e confere os que aparece em primeiro,da uma olhada vem não e os números de costume de jogar e joga o bilhete fora,todos os anos mais de 200.000.000.milhoes todos os anos viram pó,isso e golpe.

  7. Requiao,
    Coloque um projeto de lei (ou reforma) onde cidadãos podem comprar titulos do tesouro nacional a 30% ao ano, pessoa jurídica não pode comprar e limita a quantidade de titulos por CPF.
    Vantagens:
    – o governo terá dinheiro para cumprir os compromissos
    – nossos cidadãos terão de volta os impostos que pagam
    – a propriedade do Brasil volta para o povo
    – os bancos não terão tanto poder sobre o governo porque emprestar direto de quem paga imposto e não de quem quer só lucrar e levar a riqueza para fora.
    – Inverte a inflação que hoje é provocada pelas elites.

  8. Gente Maldosa .. claro que o TEMER e bando (CUNHA-RENAN-SERRA-AÈCIO e comparsas) GOVERNAM o BRASIL .. vai ver só hoje, 4a. feira a noite, 20hs prestem atenção (o POVO não presta atenção em nada do que ocorre no país) no SORTEIO da MEGA SENA com PRÊMIO acumulado de várias semanas que está em mais de 40 milhões pra ver se eles GOVERNAM ou NÃO .. HOJE 4a feira, véspera do FERIADÃO de Corpus Cristh .. o POVÃO, já a partir de hoje a tarde estará nas ESTRADAS fugindo das grandes cidades, SEM PRESTAR ATENÇÃO em NADA e OCUPADO dirigindo, aí vem amanhã .. levanta tarde .. na 2a. feira quando voltar e acordar .. já era .. o PRÊMIO ACUMULADO saiu na vistosa cidade de 113 habitantes em “CHIMBOCA da SERRA” na ILHA de SÃO PEDRO-SÃO PAULO pra um funcionário da QUADRILHA que agora GOVERNAM o BRASIL (mas eles já FRAUDAM as LOTERIAS da CAIXA desde a década de 90 .. quer APOSTAR .. HOJE o PRÊMIO da MEGA SENA NÃO ACUMULA .. .SAI pra algum funcionário (LARANJA), a mando da QUADRILHA que tem representantes em todos os Municipios brasileiros e onde tem uma Casa Lotérica, lá estão eles também !!
    Simples assim ! É só PRESTAR ATENÇÃO .. ´´e que o POVO JOGA, não PRESTA ATENÇÃO em NADA e pior, as vezes nem confere o jogo .. MAS HOJE é SÓ ALEGRIA na CÚPLUA CENTRAL .. HOJE o PRÊMIO da MEGA SENA SAI .. pra elçes COMEMORAREM a DEPOSIÇÃO da DILMA com LÇOUVOU e com o DESODORANTE debaixo do braços(só gente honesta “UNGIDA pelo SENHOR” SENHOR do MALATRAIA) ..! E VIVA o BRASIL .. que agora MUDOU ..o LEMA não é mais “ORDEM e PROGRESSO” .. mudou pra: É ORDEM pra FRAUDAR, ROUBAR, CORRUPTAR, SONEGAR, TRAFICAR, CONTRABANDEAR e FARREAR com o dinheiro do POVO (incluído do PRÉ-SAL) !!

  9. Eu não sei como isto foi acontecer, como conseguiram afastar a Dilma??? E por mais que façam para provar que o que fazem é um Golpe que Dilma mereça ficar de onde a tiraram o MPF, o STF não quer ver, tudo para eles o que o Temer fizer o PSDB e todos está válido é normal. Só não é normal o que Dilma e o PT fizer. Nossa situação está complicada diante de muitos corruptos. Creio que vai ser difícil tirar o Temer de lá, a não ser a força, igual fez com Dilma, tomou o poder a força. Só que não sei qual seriam nossas forças????

    • Pois é, para que afastar a coitada que não fez nada além de arrasar o país economicamente por falta de administração e omissão???

      • E TEMER ESTA FAZENDO CERTO?EM TIRA TODOS OS NOSSOS DIREITOS. E. PROVAR QUE ELES SAO. CORUPTOS E ENCAPASSES PRA SENTAR NA CADEIRA DE COMANDO. FAZEM TODO TIPO DE ACORDO ATÉ. MESMO VENDER O PAÍS

    • 170 BILHOES CONTRA 96 de DILMA, MAS ELES NAO APROVARAM, AGORA DA NOITE PRO DIA, E QUEM AFUNDOU, DESGOVERNOU FOI DILMA? QUANTA INOCENCIA, QUEM NAO SABE QUE AFUNDARAM O PAIS, POR MEIO DA LAVA JATO ( DESEMPREGO, CRISE, ETC) ATE CHEGAR AO IMPITI MENTE,CONSOLIDADO O GOLPE, ESTAO 300 ENROLADOS NESSA CORRUPCAO, E AGORA QUEREM PARAR AS INVESTIGACOES. PARAR PORQUE? TEM PEIXE GRANDE? A LEI E PRA TODOS, (IMPARCIAL). FORA GOLPISTAS/MIDIA MANIPULADORA.

  10. VIVA LA REVOLUCIÓN….VIVA EL BOLIVARIANISMO,PT, MST,LGBT, PCC, ETC….

  11. KKKK dar ouvidos ao caquético Requião é igual ouvir um cão ladrando!!! Esse comedor de mamona está defendendo o falecido governo que lhe proporcionou benesses não só a ele como a seu mano véio. O Temer está mais que certo em adotar a política neoliberal! Temos que fazer girar a economia, atrair investimentos e resgatar os empregos perdidos durante a desastrada experiência bolivariana.

  12. Sim. Fato.

    A mafia não pôde se apegar a dívida ou outra cousa como fez com a Grécia, então contratou os pistoleiros.

    Nos órgãos republicanos os pistoleiros se acotovelam para pegar parte da propina.

    Escárnio.

    Socorro, Suécia.Socorro, Requião. Socorro, Ciro.