Você está aqui: Home // Notícias // Professores deflagram greve semana que vem. A cavalaria vai ser convocada desta vez?

Professores deflagram greve semana que vem. A cavalaria vai ser convocada desta vez?

04 mar 2013 - 11:37 69 Comentários

Professores e funcionários da rede pública do Paraná prometem greve no próximo dia 13; só há uma maneira de evitar a paralisação nas 2,1 mil escolas: o governador Beto Richa cumprir com as promessas feitas nos últimos dois anos.

Professores e funcionários da rede pública do Paraná prometem greve no próximo dia 13; só há uma maneira de evitar a paralisação nas 2,1 mil escolas: o governador Beto Richa cumprir com as promessas feitas nos últimos dois anos.

Quando se fala em greve de professores no Paraná, necessariamente, vem à mente 30 de agosto de 1988. Naquele fatídico dia, educadores e cavalaria da PM entraram em confronto em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba, depois de 15 dias de paralisação. Na época, o governador era Álvaro Dias, hoje senador pelo PSDB.

Na semana que vem, dia 13 de março, vinte e cinco anos depois daquele triste dia, será a vez do governador Beto Richa (PSDB) encarar os cerca de 120 mil professores e funcionários das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná. Eles vão deflagrar nova greve por seus direitos negados nos últimos dois anos.

Como dantes, a cavalaria da Polícia Militar será convocada para recepcionar os mestres das escolas públicas em protesto na capital? Como eles serão tratados pelo neoaliado do senador Álvaro Dias?

O que querem desta vez os educadores com a greve vindoura?

Além da valorização profissional, vão lutar pelo cumprimento da Lei Nacional do Piso dos Professores (LNP) que prevê a implantação de 33,3% de hora-atividade (período dentro da jornada de trabalho do professor para atividades extraclasse); aumento salarial de 7,12% para se alcançar o novo valor do piso; aprovação de adequações na carreira e reajuste de 8,59% para os funcionários de escolas; instituição de um novo modelo de atendimento à saúde dos servidores. Outra demanda diz respeito à revisão e ao debate da matriz curricular do ensino fundamental, adotada no final do ano passado pelo governo sem a devida consulta aos educadores.

É bom frisar que o jornalista Sylvio Sebastiani, em seu último livro, isenta o senador Álvaro Dias de qualquer responsabilidade pelo confronto de 1988. Para os professores, no entanto, é a mesma coisa que negar a existência de Deus.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

69 Comentários para " Professores deflagram greve semana que vem. A cavalaria vai ser convocada desta vez? "

  1. Elias Cordeiro disse:

    E o aumento da gratificação dos diretores, virou pó? hehehe.

  2. José disse:

    Qual a fonte Esmael? Tu não percebe que vem perdendo credibilidade em passar informações que saem da sua cabeça? a APP nem confirmou a greve ainda haah

  3. marcelo santana disse:

    fosse no governo álvaro dias sim, no governo beto richa é capaz de fim a força nacional.

  4. Ruy Barbosa disse:

    E agora, José?

  5. Papai Noel Paulo Duarte disse:

    eu gostaria de ver o Esmael em uma posição de responsabilidade politica e Social, seria um grande desastre, pois ele não tem posição nenhuma em que possa somar para o bem do estado ( poder público ) ou da sociedade.
    Se ele fosse governo na época em que tal episódio aconteceu, teria fugido para não enfrentar os professores. Caro esmael vejo esse teu blog por ver , mas são rara aqs vezes que tem algo que vale a pena. Ele é tão preciso como as previsões do meu amigo Chik Jeitoso.

  6. PAULA FERNANDEZ disse:

    Quanto a GReve, penso que as nergociações estão sendo bem encaminhas pela Governo e APP. É preciso realmente negociar. Não creio que exista clima para uma Greve. Não vejo uma motivação intrínseca para Greve, tanto isto é verdade que a APP não tem demonstrado tanto empenho assim em deflagrar a greve. Pode ser um fiasco. Por outro lado, fui Policial Militar, hoje sou Professor e estive lá em 30 de Agosto de 1988. Não conheço o livro citado na matéria, mas comungo da mesma ideia. O governador Alvaro Dias em nada errou em 30 de Agosto de 1988. O erro foi político. Ele tomou para si a responsabilidade como comandante “Em Chefe” da Polícia Militar do Paraná, que bravamente cumpriu seu dever constitucional de garantir a ordem pública. A Professora Isolda, ex-presidente da APP tinha feito um acordo com o Coronel SEMER, que no dia comandava a Tropa de que não haveria instalação de barracas na frente do Palacio, não só descumpriu o acordo como também, infiltrou pedreiros, serventes e outras categorias na Greve dos Professores comandada pela CUT. É preciso deixar claro que, para a APP o dia 30 de Agosto se reveste de uma simbologia, entretanto, se vc procurar na APP documentos históricos, publicações acadêmicas sobre o tema vc não encontrará. POr que? Se isto ocorrer cai a simbologia. Alvaro Dias de fato foi vítima no episódio. Os militares que extrapolaram nas suas funções foram punidos e processados pela Justiça Militar e inclusive um oficial que comandou o Primeiro Pelotão do CFS no dia, não conseguiu chegar a Coronel. É preciso rever a história. Eu sou Professor com orgulho, estudante de Doutorado e não escrevi ainda sobre o tema por conta das minhas atividades acadêmicas. Mas ainda vou escrever sobre a dessacralização da profissão docente.

    • Vitor disse:

      EU ja escrevi varias vezes aqui, e sempre fui tripudiado…. a APP não defende os Professores, aparece apenas nas horas de Greve, sobre caminhões de Som, gritando palavras de ordem. Nâo sentam a (desculpe) Bunda na cadeira pra negociar algo com o Governo. A APP está virando uma espécie de instrumento politico eleitoral. Ou está recebendo subsidios do Governo do Estado, para ficarem MUDOS, nas reinvidicações dos Professores.

      • Eduardo disse:

        Meus Deus Vitor! Pelo visto você não cansa de falar asneiras. Você deve ser mais um dos que reclamam muito e nada fazem. Desconhece a história e pelo visto é analfabeto funcional, pois não tem a capacidade de entender que a negociação está ocorrendo. E a culpa pelo descaso na educação é do governo e não dos/as trabalhadores/as em educação do estado do Paraná do qual eu faço parte.

    • Robinho disse:

      Estimada Paula Fernandez!

      Vc faz um desserviço para a educação, tanto pelo seu perfil autoritario, como pela falta de ideologia critica.

    • Eduardo disse:

      Lastimável seu comentário! O que você disse não reflete a totalidade. Entre os devaneios foi ter afirmado que “Alvaro Dias de fato foi vítima no episódio”. Quem realmente tem compromisso a educação pública, gratuita e qualidade, assim como quem tem responsabilidade não diria uma coisa dessas. E não se esqueça, a APP somos todos nós, por isso se alguém não está cumprido o calendário deliberado em Assembleia, esse alguém é você. Não generalize culpabilizando a direção e o conjunto da categoria. Assuma sua omissões e não a terceirize-a.

    • Olho Vivo disse:

      Falou tudo Paula Fernandez, percebo que tens grande conhecimento na área e por certo deves ser professora, ou parente muito próxima de algum. Não acredito que esta greve dita pelo blogueiro possa acontecer, a menos que seja provocada pela esquerda encrenqueira que gosta de criar tumulto. Os bons professores não desjam greve, muito pelo contrário, estão apenas pensando em trabalhar, enquanto a galera do PT articula uma paralização vergonhosa. Alias, desde quando o PT teve vergonha de alguma coisa? Não é mesmo Lula e Zé Dirceu?

      • Carlos Noel Mazia disse:

        “[...]Os bons professores [...]” ou bois de presépio? Ah, tá bom….bons professores são aqueles que trabalham calados, acham que o governo é bonzinho, e que a situação está uma maravilha né! Será que é tão difícil aos direitopatas entenderem que queremos apenas que o governo do estado cumpra a lei? Ou são somente os pobres mortais aqui embaixo que devem cumprir a lei?
        Eu não quero greve, torço para que não seja preciso a gente usar deste recurso para o governo entender que a lei deve ser cumprida. Nunca falto à aula, nunca chego atrasado, trabalho até fora do meu horário de trabalho na escola, mas se for preciso parar, eu paro, tenho moral para isto.

        • Pensador disse:

          Carlos, você relatou o meu pensamento. Esse olho vivo, usa tapa olho, pois não entende que o valor do trabalho está atrelado aos benefícios da ordem capitalista, que vê qualquer organização social, política como “desordem”. Verdade, pois pretendemos uma outra ordem! Não pautada no privilégios de grandes grupos empresariais e governantes, mas da classe trabalhadora, explorada pelo sistema selvagem.

          só conseguiremos direitos com luta. Pois sem luta não há direitos! desafio o olho vivo me mostrar qual setor na sociedade conquistou direitos sem greves, protestos ou sem qualquer forma de resistência.

        • Pensador disse:

          Carlos, você relatou o meu pensamento. Esse olho vivo, usa tapa olho, pois não entende que o valor do trabalho está atrelado aos benefícios da ordem capitalista, que vê qualquer organização social, política como “desordem”. Verdade, pois pretendemos uma outra ordem! Não pautada no privilégios de grandes grupos empresariais e governantes, mas da classe trabalhadora, explorada pelo sistema selvagem.

          Só conseguiremos direitos com luta. Pois sem luta não há direitos! desafio o olho vivo a provar qual setor na sociedade conquistou direitos sem greves, protestos ou sem qualquer forma de resistência.

    • profa Taisa disse:

      Parabens Paula pela sua brilhante explanaçao e retrospectiva.
      Foi isso mesmo que aconteceu.
      Vasmos escrever sosbre isso sim.
      Contar a verdadeira história

    • dne disse:

      como policial ou como professora?

  7. PAULO FERNANDEZ disse:

    VAMOS… CADÊ A APP PARA DEFENDER A GRATIFICAÇÃO DE DIRETORES? NÃO DEFENDE OS DIRETORES E QUER APOIO. PARE COM ISSO… VAMOS TRABALHAR MOÇADA…

    • Douglas disse:

      Para que defender gratificação? Os diretores são tão importantes quanto os demais profissionais nas escolas. Não seja puxa saco…

  8. Cabralzinho disse:

    Se o governador fosse o que você apoiou, sr. Esmael, aí sim, provavelmente teria cavalaria.

  9. ziza lazara disse:

    Analisando o atual quadro politico no Parana e mais especificamente em Curitiba reforca a minha tese e, embora nao conheca a do jornalista Sylvio Sebastiani,por nao ter lido seu livro,a dele tambem em nao culpabilizar o ex-Governador e hoje Senador Alvaro Dias. Pois as liderancas ligadas ao partido que hoje detem o poder nacionalmente,estao compondo estes governos. Nao teriam sido os Professores e Professoras do tao comemorado 30 de agosto,alvos desta montagem para se galgar ao poder?

  10. JC 3zotti disse:

    MÃE DINÁ
    Isto está parecendo as previsões da “Mãe Diná”, dado as previsões furadas, frutos de ilação panfletária rs sr rs
    Ou será influencia do Chic Jeitoso?

  11. Eduardo disse:

    Devemos fazer um debate qualificado! A greve ainda não foi deflagrada. Depende da assembleia que será realizada, sábado, dia 09/03. A categoria estará reunida para o debate sobre os avanços que ocorreram nesse período. Ai sim, depois de um longo e intenso debate, efetivamente, teremos os próximos passos da luta. Por isso é de suma importância cada um dos trabalhadores em educação estarem presentes para manter a unidade da categoria, pois assim teremos toda a força necessária a favor da escola pública e de qualidade. Falar em greve, sem ter ocorrido a assembleia e sua efetiva deflagração é muito precipitado.

  12. +1Otario disse:

    Esmael também não podemos esquecer da cavalaria contra os professores da usp em são paulo com o serra como governador.
    Sera que o mecanismo anti greve da educação do PSDB seja a cavalaria?

  13. deividiferris@seed.pr.gov.br disse:

    Vou votar contra a greve. Tenho filho na escola pública e não pretendo perder além das férias, os dias parados. A APP esta conduzindo os acordos e o secretário da educação sempre tem recebido os representantes. O lugar de mostrar a desgracera deste governo é nas urnas em 2014 e lá sim vou votar não ao Sr. Richa Filho. Esperamos ter um candidato de peso para a guerra eleitoral. O importante é não sermos massa de manobra de partidos e coligações!!

  14. tadeu rocha disse:

    ESMAEL, TEU BLOG É BOM, EU ACHO QUE VOCE ESTA FAZENDO COISAS ERRADAS, ACREDITO QUE VOCE SAIBA, NOSSO GOVERNADOR É BETO RICHA NAO ALVARO DIAS, O BETO É POVO, A FERNANDA É POVO, JAMAIS ELES IAM FAZER ISSO ESMAEL, SAIU FORA, SÓ FALTA VOCE FALAR DO GUSTAVO,

    • Guilherme Zimermann disse:

      O Beto é povo?A Fernanda é povo? De qual povo você tá falando? É bem como diz o Esmael,o governo Beto Richa só funciona na propaganda da Globo! Venham ver o estado das escolas estaduais no interior do Estado,daí me digam se o nobre senhor Carlos Alberto Richa é POVO!

      • Allexia disse:

        Eu estou no interior do estado e entro em duas escolas todos os dias, aqui temos quadras novinhas, salas em ótimo estado, a escola foi toda reformada na metade do ano passado. Aqui os professores estão felizes e tirando três que são do PT e uma que é do PCdoB, o restante está trabalhando com extrema alegria e dedicação. Vocês escrevem qualquer merda aqui porque imaginam que o povo que lê o blog é todo da capital, mas se quebram quando alguém como eu leio os posts e desminto tudo que escrevem. Este pessoal do PT não tem mesmo vergonha de falar tanta mentira dos outros. Na minha cidade o Beto ganhou na ultima eleição e na próxima fará ainda mais votos, tudo porque o povo está vendo melhoras não só na educação, mas principalmente na segurança pública que era um caos.

        • Raphael disse:

          Se o pessoal do interior gosta de ganhar mal, problema é deles, há quem prefira a valorização do professor, e isso não tem nenhuma relação com essa esquizofrenia de PTPTPTPTPTPT

        • Raphael disse:

          A propósito, não sei aí no interior, mas acho que aí o povo prefere roubar caixas eletronicos. Aqui na capital a segurança é que está um caos. Alias, bem que poderia ser um caos, mas ela inexiste. É muito dificil ver um polical na rua, no centro, nos bairros. Parece que simplesmente deixaram de existir no governo Richa.
          Os únicos policiais que eu via eram os da UPSs, na época das eleições municipais.

      • Marcos LC disse:

        Esse Tadeu está falando do povo de Miami, Paris e etc, hahahahahahaha ….

  15. Professora do CEP disse:

    Aqui no Colégio Estadual do Paraná (CEP) vamos parar 100%. Obrigado pela divugação da nossa greve!

    • Professor do CEP disse:

      Também sou professor do CEP. Cuidado com suas fontes ilustríssima colega, pois você não fez uma consulta geral. Pois tem pessoas que entendem que é necessária a greve nesse momento e outras entendem que não. Mas a deflagração não depende de um colégio ou de outro. Dizer que a greve é necessária ou não é um debate de grande importância que já tem dia. Dia 09/03 na Assembleia Estadual, por isso compareçam.

    • Alexandre Montanha disse:

      Não minta moça que se diz professora do CEP, você quem até imagino quem seja e mais três ou quatro podem falar apenas por vocês e não por todos os outros professores.

    • profa Taisa disse:

      Tmbém sou professora do CEP e nao autorizei vc falar em meu nome. Nao vou aderir a greve.

    • profa Taisa disse:

      Como professora do CEP nao aderi e vou vou adererir a greve. Portando nao é 100% colega. Cuidaddo com o que fala.

    • Olho Vivo disse:

      Toma Professora do CEP, os teus 100% já cairam bastante. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  16. Creuza da Silva disse:

    O governo Beto Richa está cumprindo com as suas obrigações, mesmo sem o apoio dos senadores e do governo federal ao Paraná.

    • Olho Vivo disse:

      O Beto Richa vem fazendo verdadeiros milagres na administração do Estado, pois o governo federal joga contra o Paraná, o senador Lunático Requião joga contra o Paraná, o suplente Sergio Souza joga contra o Paraná, a ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann jogo contra o Paraná, seu “marido” aquele que o Requião acusa de exigir propina para liberar recursos para a Ferroeste, joga contra o Paraná. Para simplificar, o governo federal está todo contra o Estado do Paraná.

      É Beto Richa, você merece mesmo ser novamente governador, pois se consegue fazer tudo que está fazendo sem ter esse bando a favor, é sinal de que é um grande governador.

  17. Assembleia Geral Online disse:

    Por que os nobres colegas, professores e professoras, não informam aqui como estão a convocação da greve em suas escolas/municípios? Percebi que muitos querem a paralisação no dia 13. Começando por mim, C. E. P. Vicente Rijo, de Londrina, vai parar totalmente.

  18. Profa Vivi disse:

    Adoro dialogar, porém diálogo não melhora minhas condições de trabalho nem enche a minha barriga. O secretário Flavio Arns falou que a hora atividade seria implantada no começo de 2013. Tivemos paciência porque este direito, segundo o STF, começa em junho de 2011. A implantação não ocorreu e ainda tenho pseudo-colegas que acham que temos que dialogar mais? Não sei de todos os meus colegas, mas a maioria vai parar. Quem não para, eu respeito, mas acho muita falta de respeito consigo e com a categoria. Em tempo: não sou filiada a nenhum partido político, mas não preciso disto para ter lado.

  19. Paulo disse:

    Olho Morto ou Olho Revesguiado, olha só, Beto Richa é o pior governador que o Paraná ja teve e será só por esse mandato, sem mais.

  20. Professora Irene Vereadora Uniflor disse:

    Se o governo não ceder, os professores têm que entrar em greve. Se não entrarem, APP/Professores perderão a credibilidade!

    • Douglas disse:

      Entrar ou não em greve é uma decisão que cabe apenas a assembleia. A assembleia sim que é a instância deliberativa. Por isso local de fazer o debate e votar nos itens propostos é na Assembleia. Portanto, que não sejamos omissos, que todos compareçamos para realizar esse debate tão importante e sairmos unificados independente de qual seja a deliberação e assim respeitar uma decisão democrática e coletiva. Reforçando o sindicato somos todos nós como já disse Bertold Brecht.

  21. Carlos Noel Mazia disse:

    Os que se posicionam contra o movimento, se tiverem um mínimo de decência e vergonha na cara, deveriam redigir e assinar um documento abrindo mão dos benefícios advindos da luta dos que dão a cara a bater. Não acho justo que uma parcela que não se soma a luta acabe se beneficiando da luta dos demais.

  22. Marques disse:

    Dia 27 de fevereiro o Supremo Tribunal Federal decidiu por maioria de 8 votos conta 1, que o piso nacional do magistério deve ser pago por todos os estados retroativamente a 27 de abril de 2011 (obs: o único voto contra foi o do relator Joaquim Barbosa – ele queria que todos o estados pagassem os valores atrasados desde 2008).
    Segundo a CNTE, 17 estados já cumprem a Lei, apenas 10 estados não estão cumprindo a Lei do Piso, entre eles, o Paraná. Beto Richa que VERGONHA!!!!!!
    Estados da Região Norte, Cento-Oeste e Nordeste que possuem menos recursos que o Paraná horam a LEI, fico imaginando qual será a sua desculpa para o povo paranaense durante a Greve.
    Agora, não existe mais nenhuma possibilidade de calote governador, o STF determinou o pagamento retroativamente a abril de 2011.
    Não conheço nenhum professor que deseja entrar em greve, todos estão ansiosos, esperando que o governador honre as calças que veste e cumpra o que prometeu, ou pelo menos respeite a Lei e a determinação do Supremo Tribunal Federal, afinal decisão de STF se discute, muito menos se negocia, CUMPRE-SE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  23. Marques disse:

    Decisão do STF não se discute

  24. Vigilante disse:

    Beto e Fernanda do povo. Meu Deus. Aparece cada um por aqui..
    E falando nisso o Sr. Sylvio Sebastiani não tem credibilidade nenhuma para defender o Dias pois foi seu assessor desde a época que o rapaz foi governador. Sempre esteve mamando no governo, e, ultimamente, no senado.

  25. Furusho disse:

    A APP-Sindicato precisa quebrar o paradigma da Remuneração Injusta que todos os professores do Paraná recebem, não só lutar pela hora/atividades, mas principalmente por uma remuneração justa e digna.

    Vamos a algumas comparações:

    * Salário inicial do Professor padrão 20 horas, com curso Superior = R$ 1.044,94
    - fonte: http://www.pucpr.br/arquivosUpload/5373290551361651363.pdf

    * Diarista – não exige instrução, em média é R$ 80,00/dia + 2 passagens de ônibus = R$ 85,20. R$ 85,20 x 20 dias = R$ 1.704,00

    * Polícia Militar – Paraná, sem curso superior, salário inicial = R$ 3.225,99
    - fonte: http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2012/12/policia-militar-do-parana-abre-concurso-para-5264-vagas.html

    * Agente Penitenciário – Paraná, sem curso superior, salário inicial = R$ 3.568,45
    - fonte: http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2013/02/governo-do-parana-abre-423-vagas-para-agente-penitenciario.html

    Defendo que todo profissional, com instrução, sem instrução, com Ensino Médio, Curso Superior, deve ter uma Remuneração Justa e Digna.

    O Professor pela sua responsabilidade na Educação e Formação dos Futuros cidadãos, possui uma Remuneração Ridículo e Vergonhosa. Perguntaria ao Governador, Prefeito e Presidente do Brasil, os senhores acha justo uma remuneração de apenas R$ 1.044.94/mês e aceitaria trabalhar por esse salário?

    Defendo que o Policial, o Agente Penitenciário e a Diarista devem ter uma remuneração justa e digna também.

    PROFESSOR TEM A MENOR REMUNERAÇÃO DE TODAS AS CATEGORIAS.

    Alerta a APP-Sindicato, vamos lutar, parabéns pela luta. Mas, vamos lutar uma luta que dignifica a categoria dos Professores. Até agora, tem sido medíocre as lutas.

    Conte comigo.

    Abraços,
    Furusho

  26. PROFESSORA IRENE VEREADORA UNIFLOR disse:

    Se o governo não ceder, os presentes na Assembléia devem decidir pela greve. Se não entrarmos em greve, repito, perderemos a credibilidade!

  27. Sharles Oliveira disse:

    Na escola onde trabalho aqui em Mandirituba, por falta de salas nosso diretor teve de construir uma sala de madeira com o dinheiro da cantina, e está nos faltando mais de dez funcionários para todas as funções, por várias vezes a inspetora de alunos tem de trabalhar na secretária, por que estamos apenas com três funcionárias no administrativo em um colégio de mil alunos. Ainda nos enchem o saco na semana pedagógica que querem um trabalho de qualidade. Não queremos nada que não é nosso, somente nossos direitos.

  28. Lucas disse:

    Se fizerem manifestações anti-pacificas as atitudes do governo tem que ser anti-pacificas tambem

  29. Cleverson disse:

    É Incrível como existem pessoas alienadas. Ditos professores (ou seriam trolls, de cargos comissionados do governo), tentam deslegitimar um instrumento válido como a greve, sendo que esse processo também os beneficia? Existem sim, algumas escolas que hoje, estão em boas condições. Porém, sou categórico em falar, que não foram construídas nesse governo. Podem ter sido reformadas algumas poucas dezenas, o que é ínfimo diante do universo de 2100 escolas. Mais: os vencimentos melhoraram somente pela vinculação ao piso nacional (que muitos torciam o nariz, julgando-se superiores ao que tinham apenas magistério, das redes municipais). Então, os 34% em dois anos, são apenas cumprimento da lei. Nada além.
    No interior, existem escolas em situação crítica, com problemas sérios, até mesmo com falta de água, e não há, uma preocupação deste governo em resolver tais situações imediatamente.
    Ver alguns comentários, sobre o processo histórico de lutas, tentando rebaixá-lo, é feito porque ou não vivenciou, ou perdeu privilégios com isso. Ver aqui, pessoas dizendo que esse governo é povo, não tem conhecimento do que é o projeto da direita, nem do que seria realmente povo. Não dá para continuar repetindo, refrões e bordões da mídia. Ou olhando em volta, e percebemos a situação crítica que nos colocamos, ou iremos continuar acreditando que somos a “elite”, que se torna ilha deslocando-se da realidade.

  30. Paula fernandez disse:

    Volto somente para rebater alguns comentário que entendo ser equivocados. O fato de ter sido Policial Militar e hoje ser professor não faz de mim uma pessoa não crítica ideologicamente. Primeiro, discordar faz parte do processo democrático. Estando lá no 30 de agosto de 1988, vivenciando a situação, sabedor que sou que o Governador não estava no Palácio e diga-se de passagem em 1988 não havia celular, a ordem para agir não partiu do Governador, portanto, dizer que o Governador Alvaro Dias mandou soltar cavalops em cima dos professores é no mínimo equivocado. Já que um colega disse que presto um desserviço a educação vou relatar o que vi quando entrei na assembléia legislativa do Paraná por ocasião da greve de 1988, qu estava ocupada a 30 dias pelos professores. Pasmem, mas o que a PM encontrou foi uma destruição generalizada do patrimônio público, microfones quebrados, mesas destruídas e marmitex por todos os cantos e pasmem “fezes” professores literalmente “cagaram” nas mesas da Assembléia Legislativa do Paraná. Este foi o retrato que encontramos por conta da desocupação que fora realizada por ORDEM JUDICIAL. Se querem mais, posso relatar, era comum quando da instalação das barracas na frente do Palácio ‘Professores e Professoras” cometerem todo o tipo de abuso que vcs podem imaginar, confesso que fiquei com vergonha de relatar pois hoje pertenço a Categoria. Portanto, colegas desserviço é não conhecer a história. Em nome da luta não vale tudo. Discordar é democrático. Quanto a APP de fato é um sindicato que tem por obrigação representar a categoria, agora, eu e nem ninguém é obrigado a acompanhar a defesa que a APP faz dos seus ideais. Existe uma luta política sim, se a APP quisesse ver os nossos direitos respeitados já teria entrado na justiça para garantir os 33% de hora atividade, mas assim não faz, por que faz-se necessário fazer a luta política visando uma eleição de governador e a própria manutenção dos seus apadrinhados nos quadros da APP. O bom debate se faz com conhecimento e muita leitura. É preciso estudar mais. Muitos dos que aqui escrevem se quer leram os recortes de jornais de 1988. Outros se quer sabem qual era a conjuntura política da época (aprovação da CF em 05 de Outubro de 1988), etc. Vamos estudar, aí sim, podemos querer ganhar bem, do contrário as diaristas continuarão ganhando mais do que a gente mesmo…

  31. veronica disse:

    que merda eu nao agunto ficar se aula que chato

Deixe um comentário

Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.
2