Você está aqui: Home // Notícias // Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores

Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores

14 jun 2012 - 16:14 7 Comentários

com informações do site da APP-Sindicato

A fama de caloteiro do vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), está aumentando a cada dia que passa. Além dos prefeitos que cobram o pagamento das parcelas do transporte escolar, agora são os professores que lançam uma campanha para que o governo do estado honre os compromissos assumidos com a categoria. “Governador, pague o PDE do Professor!”, é o slogan lançado hoje pela APP-Sindicato.

De acordo com a entidade sindical, a cobrança pública ao governo do estado ocorre depois de diversas cobranças para o pagamento da promoção para o nível III aos professores que iniciaram o PDE em 2009 e o concluíram em 2011. Os educadores prometem fazer barulho em todos os eventos públicos que Arns e o governador Beto Richa (PSDB) participarem.

“Ainda no final de maio, mais uma vez exigimos o pagamento na folha de junho – o que não foi cumprido – e também uma proposta de pagamento em folha complementar até o 5º dia útil de junho, o que também não foi cumprido. A proposta de folha complementar é para que o acumulado não gere ainda mais descontos – como é o caso do aumento da alíquota do Imposto de Renda, o que causa ainda mais prejuízo. Só para lembrar, o governo tinha se comprometido a realizar estes pagamentos na folha de março e, nos meses que se seguiram, só adiou a dívida”, diz um comunicado divulgado no site da APP.

O sindicato informa que uma nova reunião com o governo acontecerá na próxima semana, mas, mesmo assim, a direção da APP está convocando todos os professores e professoras que concluíram o PDE para enviarem uma “chuva de fax” para o Palácio Iguaçu com a frase: “GOVERNADOR PAGUE O PDE DO/A PROFESSOR/A”.

Fax para o governador: [41] 3350-2527
Email para o governador: betoricha@betoricha.com.br

Fax para o vice-governador: [41] 3350-2526
Email para o vice-governador: vicegov@ccivil.pr.gov.br; flavioarns@seed.pr.gov.br

Garantia da Progressão em 2012 - A progressão de outubro de 2012 para os professores do PDE/2009, ou seja, que concluíram o PDE em 2011, está garantida. A avaliação de desempenho não foi enviada para as escolas com o nome dos professores. Em contato com a Seed, a APP obteve a informação de que o sistema ainda não foi adaptado para a regulamentação e inclusão do nome dos professores, mas a progressão está garantida, conforme ocorreu no ano passado com os professores que concluíram em 2010, que também receberam a progressão. A presidenta da APP, professora Marlei Fernandes de Carvalho está acompanhando os procedimentos para a implementação e discutirá mais uma vez o tema da regularização na próxima reunião de negociação com o Secretário Flávio Arns.

Promoções em Atraso - A mesma verificação realizada pela APP-Sindicato nessa semana sobre a implantação de promoções que foram protocolizadas desde janeiro na Seed apresentaram novamente um acúmulo significativo. São aproximadamente 8.400 protocolos de professores e cerca de 1000 protocolos de funcionários de escola, totalizando 9.500 protocolos que aguardam implantação.

O Secretário de Educação havia assumido o compromisso de que não teríamos atrasos na implantação. Já estamos há seis meses sem nenhuma nova concessão de promoção. Esse item também será debatido na reunião com o governo para providências para que não tenhamos atraso na progressão de agosto para os funcionários e em outubro para os professores.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS



7 Comentários para " Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores "

  1. […] semana passada, a APP-Sindicato denunciou em seu site que o vice-governador e secretário da Educação Flávio Arns (PSDB) deu calote nos professores. A […]

  2. […] obter conquistas pressionando Arns em reuniões bilaterais, embora também tenha reclamado do “tombo” levado do secretário da Educação — que não cumpriu os acordos […]

  3. divonzir luís dos santos disse:

    greve já

  4. […] Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores […]

  5. Srs Governantes, assim argumenta Paulo Freire pg.30 no livro Pedagogia do Oprimido: A violência dos opressores, que os faz também desumanizados, não instaura uma outra vocação – a do ser menos. Como distorção do ser mais, o ser menos leva os oprimidos, cedo ou tarde, a lutar contra quem os fez menos. Por isso a luta é libertar-se a si e aos opressores.
    Dirigentes da app-sindicato, professores e funcionários da educação, acredito que a ordem é fortalecer o nossa organização através da mobilização para o reconhecimento dessa nobre e árdua missão de educadoras/es.

Deixe um comentário

Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
2