CPI do Cachoeira: Delta Construção tem contratos no Paraná

Clique na imagem para acessar o blog Fernando Cavendish.

A empreiteira Delta Construção, de Fernando Cavendish, envolvido até a medula com a máfia de Carlinhos Cachoeira, alvo de investigação de CPI no Congresso Nacional, tem um braço no Paraná. Quem revela é o próprio proprietário da Delta, que postou a informação em seu blog no dia 26 de agosto de 2011:

Delta Construção no Paraná

LINHA VERDE
UF: PR
Cidade: Curitiba

A obra foi formada por cinco pistas de tráfego paralelas. A via central, com 4,7 km de extensão, tem duas faixas de tráfego destinadas exclusivamente à  circulação de ônibus. Completam o sistema duas vias marginais e duas laterais destinadas ao tráfego local. O sexto corredor tem três estações de integração de ônibus, passeios para pedestres, ciclovias e um parque verde ao longo de todo o trecho.

CONSERVAà‡àƒO E MANUTENà‡àƒO RODOVIàRIA DA BR 376
UF: PR
Cidade: Curitiba

Serviços de conservação para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit) em 14,6 kms da BR-376 no trecho urbano da capital do Paraná. Os trabalhos no Contorno Sul de Curitiba, localizado entre as BR-116/Sul e BR-277/Oeste, vão da conservação !“ remoção de entulhos e limpeza de valas de drenagem !“ ao fechamento de buracos e correção de defeitos nas pistas.

CONSERVA, RESTAURAà‡àƒO E MANUTENà‡àƒO RODOVIA BR 487
UF: PR
Cidade: Campo Mourão

Obras e conservação durante dois anos de um trecho de 107,4 km. Já foram executados os serviços de reconstrução parcial da pavimentação e recapeamento, além da recuperação da estrutura dos acostamentos e da sinalização.”

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. disse:
    20 de abril de 2012 às 12:58
    O Cachoeira, por ser um arquivo vivo pode ser um “defunto morto”. A quadrilha já eliminou oito arquivos, o que é mais um? Matam o cara e daqui tres meses ninguém mais fala do caso. Tenho para comigo que a instalação da Comissão Parlamentar Mista origina competência, para solicitação, no sentido de que a segurança pessoal e integridade física do reu, que é também uma testemunha importante para o Ministerio Público seja preservada, ficando sob a custódia da Policia Federal em cela isolada. O Meretíssimo que determinou a transferêrencia do acusado para a Pampulha se me afigura um total irresponsável, senão; conivente com os bandoleiros. Qual ínfima consciência não percebe o perigo? Além do que, os antecedentes estão aí, claros como as águas límpidas de um riacho intocável. A preservação do depoimento de Cachoeira na referida Comissão, é de extremo interesse público, vislumbrando-se daí, a obrigatoriedade da disposição do mesmo em isolamento total e guardado por armas. Se assim não fôr poderemos assistir a repetição do evento Celso Daniel. Acredito que aquí, temos inserido uma total responsabilidade da própria autoridade no sentido de que seja assegurado o citado interesse da sociedade. Com a palavra, os membros da CPMI, o Ministério Público e o Poder Judiciário.

  2. Pô, a Dilma paga os caras pra manter esse trecho e ali é uma buraqueira só, mato sempre encobrindo tudo…