Blog do Esmael Confusão na Câmara de Curitiba | Blog do Esmael Confusão na Câmara de Curitiba | Blog do Esmael

Confusão na Câmara de Curitiba

Empurrões e safanões na volta do recesso na Câmara Municipal de Curitiba. Estudantes e seguranças se estranharam há pouco na entrada do prédio durante manifestação contra o presidente da Casa, vereador João Cláudio Derosso (PSDB).

O presidente da União Paranaense dos Estudantes (UPE), Rafael Bogoni, disse que “é uma vergonha a direção da Câmara não deixar que os cidadãos assistam à  sessão. à‰ uma falta de democracia”.

O vereador Paulo Salumuni (PV) interveio na confusão. Ele impediu que os estudantes fossem agredidos pela segurança.

A vereadora Professora Josete (PT) denunciou que funcionários da prefeitura foram chamados para ocupar as galerias e limitar o acesso dos manifestantes.

“Esta que é a Casa do povo, infelizmente, virou a Casa dos amigos do rei”, criticou a vereadora na Rádio CBN.

José Ferreira Lopes, o Dr. Zequinha, presidente municipal do PCdoB, também reclamou das restrições à  entrada na Câmara. Segundo ele, apenas alguns manifestantes puderam entrar no prédio.

O presidente da Federação das Associações de Moradores (Femotiba) sugeriu ao vereador Algaci Túlio (PMDB) a apresentação de uma questão de ordem para impedir que Derosso presida a sessão de hoje.

O presidente da Câmara, João Cláudio Derosso (PSDB), não está presente na sessão.

O tucano é acusado de favorecer ilegalmente a empresa de publicidade da esposa em contratos de R$ 31 milhões e de contratar funcionários fantasmas oriundos da Assembleia Legislativa do Paraná.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Distribuiram várias credenciais para funcionários comissionados da Prefeitura para não sobrar lugar. É triste pensar que é só a ponta do iceberg que só vem à tona por puro interesse desta mídia “dona do poder”. NOJO!!!

  2. Todos os vereadores estão envolvidos pela omissão…
    Dizem que o povo do interior é matuto, mas esse pessoal da cidade grande não é muito esperto não….

  3. O que aconteceu na Câmara foi mais uma demonstração do receio que a Casa tem de que a voz da população seja ouvida. Limitar o acesso e proibir de mostrar uma bandeira foi uma grande afronta à liberdade de expressão, conseguida com tanto sangue e suor na história do Brasil. Os movimentos sociais demonstraram mais uma vez que não estão e não ficarão parados perante o desrespeito e a roubalheira que está acontecendo na Casa de Leis Curitibana!

    Rafael Bogoni
    Presidente da UPE

  4. O que eu assisti foi uma total falta de respeito por parte dos poucos integrantes dos movimentos que ali estavam. O local lá em cima não comporta tanta gente. O pessoal além de ficar gritando estava esmurrando o vidro que separa a ante sala do plenário e o plenário. Foi preciso os seguranças da casa agirem, as alguns exaltados partiram para cima da guarda municipal aos chutes e palavrões. Foi isso e que eu vi. Ah, vi também muita pouca gente lá do lado de fora querendo entrar.

  5. Esse rapazes não foram protestar e sim bagunçar, estragar, depredar o patrimonio público!!! Isso não pode!!!!!!!

  6. Derossuíno!!!!!!!!!!!!!