Blog do Esmael Dilma participa da posse de Ollanta Humala no Peru | Blog do Esmael Dilma participa da posse de Ollanta Humala no Peru | Blog do Esmael

Dilma participa da posse de Ollanta Humala no Peru

da Agência Brasil

Dilma Rousseff.

A presidenta Dilma Rousseff inicia hoje (28) uma agenda de dois dias voltada para as relações com vizinhos da América do Sul ao participar da posse do presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, em Lima. A cerimônia começa no Congresso Nacional e termina com um almoço oferecido por Humala, no Palácio do Governo. Amanhã (29), Dilma recebe a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, como parte da agenda periódica de encontros bilaterais.

A presidenta está no Peru desde a noite de ontem (27) e retorna ao Brasil no fim do dia. Dilma deve participar ainda de uma reunião extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). Um dos temas será a necessidade de integração regional para fazer evitar consequências da crise que afeta os Estados Unidos e países da União Europeia.

“O continente tem que estar preocupado com a situação mundial porque estamos assistindo a modelos econômicos derretendo”, disse o assessor especial da Presidência, Marco Aurélio Garcia, em entrevista a imprensa.

Segundo ele, uma recessão nos países desenvolvidos afetara a região !“ especialmente as economias de países como o Peru, que dependem mais de exportações. Daí a importância de uma maior integração regional e da busca de novos mercados, como China e àndia.

Marco Aurélio também falou da tendência de aliar crescimento econômico à  melhor distribuição de renda. Não basta só crescer e a população ficar ao Deus dará”, disse ele. Como exemplo, citou o caso de Humala, que inspirou-se no ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e prometeu ampliar os projetos sociais, sem mexer no modelo econômico.

O nacionalista Ollanta Humala assume a presidência do Peru após ter vencido uma disputa acirrada com a conservadora Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000).

Humala escolheu o Brasil como destino para a primeira visita após a eleição e explicou ter feito a opção por considerar o país modelo de desenvolvimento econômico com inclusão social. Durante a visita, em junho, Humala declarou a intenção de reforçar a atuação do Peru na Unasul e no Mercosul, onde é membro associado. Citou ainda o narcotráfico como um dos desafios a ser enfrentado em conjunto com os países vizinhos.

Analistas políticos e econômicos avaliam que, internamente, um dos principais desafios de Ollanta Humala será a falta de emprego no Peru e o elevado percentual de pobreza no país !“ aproximadamente 30% da população são considerados na faixa de pobreza.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. husmalas teem o rspeito ,nunca ajoelharam diante do fmi!

  2. HUSMALAS SE REUNEM NO PERU.
    O PT VAI INDICAR UM NOME PARA A CASA CIVIL DO PERU.