Candidatura de Barros à  Fiep naufraga

A bola era a única companhia de Tom Hanks no filme 'O náufrago".

O político Ricardo Barros, do PP, ao que parece, não está conseguindo êxito na empreitada de tomar a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Na quinta-feira (21), o ex-deputado e secretário da Indústria e Comércio deslocou-se até Ponta Grossa, nos Campos Gerais, com o objetivo de arregimentar apoios.

Pois bem. Cinco pessoas atenderam ao chamado de Barros. Dessas, apenas uma era presidente de sindicato, portanto, com direito a voto na eleição da entidade no dia 3 de agosto.

Você acha que acabou? Nada. Na quarta (20), um jantar da chapa “Nova Fiep”, no buffet Ilha do Mel, na capital, reuniu a impressionante quantia de quatro pessoas.

Do outro lado da rua, o presidente da Fiep, Rodrigo Rocha Loures, vai fechando a gestão com chave de ouro. Logo mais, à s 20 horas, ele recebe 500 empresários em jantar de homenagem à  ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil).

Pelo jeito, a candidatura de Barros já naufragou.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A campanha do Ricardo pra Fiesp, terá o mesmo resultado que teve a do Senado. Um 4º lugar estaria de bom tamanho..

  2. Uma coisa não foi tratada nessa matéria, A idoniedade do Candidato Edson Campagnolo! Ele é simplesmente uma das pessoas mais corretas e admiráveis que eu tive o prazer de conhecer. Parabéns Edson! Além de todos os sucessos de sua vida, mais um está próximo de somar em seu inquestionável curriculo.

  3. Luz para a FIep. a ENTIDADE e os empresário do Paraná, enfim, o estado por completo, não merece que esse Ricardo Barros se torne o Sarney local. Acho que os empresários do Paraná finalmente mostram que tem bom senso.

  4. Se ainda não naufragou a candidatura está, digamos, atolada no barro. Chama o trator com o tratorista…Wilsooooon!