Definição de Fruet só em julho

Gustavo Fruet (PSDB).

O ex-deputado federal Gustavo Fruet (PSDB), pré-candidato a prefeito de Curitiba, resolveu esticar a corda e deverá se definir sobre a possibilidade de trocar de partido somente em julho.

Fruet vem sendo assediado por várias legendas diante do impasse no ninho tucano, que está dividido entre a candidatura própria e o apoio à  reeleição do prefeito Luciano Ducci (PSB).

Algumas siglas chegaram a estipular nesta semana um prazo de 15 dias para que o tucano desça do muro, mas, pelo andar da carruagem, terão que esperar mais de 60 dias.

Segundo correligionários do ex-candidato ao Senado, as agendas casadas, que aproximam Ducci ao governador Beto Richa (PSDB), ajudam formar opinião por causa da forte simbologia.

“à‰ natural que Beto participe de eventos com Ducci, mas isso ajuda na futura definição de Gustavo Fruet”, disse um dos partidários do ex-deputado, que vê “exploração da imagem do governador pelo prefeito”.

Neste final de semana, Fruet volta a se reunir com o presidente do PSDB e da Assembleia, deputado Valdir Rossoni, visando à  candidatura própria.

Paralelamente, Fruet intensifica contatos com outras agremiações e cumpre agenda política em vários bairros da capital e nas cidades no entorno.

O ex-parlamentar tucano conversou nesta semana com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, com João Arruda, secretário-geral do PMDB e com o deputado Fernando Giacobbo, presidente do PR.

Comentários encerrados.